Policia

Delegado não descarta homicídio de empresário e já tem suspeitos em Sorriso

O empresário está desaparecido desde o último sábado.

Empresário Desaparecido | 09 de Fevereiro de 2019 as 17h 09min
Fonte: Cleber Romero | Só Notícias

Fernando Marques da Silva foi visto pela última vez na quinta-feira (31) — Foto: Facebook/Reprodução

O delegado de Polícia Civil, Nilson Farias, informou, há pouco, em entrevista coletiva, que mesmo os bombeiros encerrando, nesta quinta-feira (07), as buscas por Fernando Marques da Silva, de 39 anos, às margens e no Rio Verde, nas proximidades de Tapurah,  não está descartada a possibilidade dele ter sido vítima de homicídio. Além disso, já existe suspeitos de envolvimento com o crime e estão sendo definidas as linhas de investigações. O empresário está desaparecido desde o último sábado.

“Ele fazia diversas negociações e existe ao menos seis linhas de investigações. O que deixa mais complexo o caso é que temos vários suspeitos. No início, colocamos todos em uma vala e vamos peneirando até chegar em denominador comum. Nós não temos a localização do corpo, mas indícios suficientes pelo que investigamos até agora, que ocorreu um crime de homicídio. Se não encontrar o corpo tem a possibilidade de identificar quem fez essa crueldade e chegar até os autores. Temos que ter algo material para caracterizar o crime. É uma investigação complexa, mas estamos caminhando, evoluindo e avançando referente ao caso. Acredito que teremos informações positivas em poucos dias”.

Farias explicou que a arma calibre 22, encontrada por mergulhadores, durante as buscas no rio, e que estava enrolada em uma calça pode não ter sido usada no crime. “Os bombeiros mergulharam e encontram uma espingarda que não tem correlação com o provável crime, mas não descartamos nada ainda. Também foi encontrada a lona da caminhonete, que será encaminhada para ser periciada para tentar encontrar vestígios de sangue”.

A Ford Ranger branca de Fernando foi retirada do Rio Verde com auxílio de um guincho, no último domingo (3). “No primeiro mergulho que fizemos conseguimos encontrar o veículo. Tivemos um pouco de trabalho porque foi necessário amarrá-lo no fundo, para depois puxar”, disse, anteriormente o sargento do Corpo de Bombeiros, Celso Ribeiro. A caminhonete foi encaminhada para ser analisada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

No sábado, a Polícia Civil também fez buscas para localizar Fernando em uma mata próximo ao rio Lira, com ajuda do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO