Estado é condenado a reajustar salários de policiais militares em 11,98%

Estima-se que o impacto financeiro será de mais de R$ 150 milhões.

25/02/2017 - 12:49:31

   

Transitou em julgado uma decisão do desembargador Márcio Vidal, da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que manteve o Estado de Mato Grosso condenado a pagar aos policiais militares a reposição salarial decorrente da conversão do Cruzeiro para Real em 11,98%, que deverá ser calculado retroativo à 2008. Estima-se que o impacto financeiro será de mais de R$ 150 milhões.

“Na reestruturação da carreira, os servidores públicos obtiveram generoso aumento, o que implica reconhecer a inexistência de perda salarial”, registrou em sua apelação a PGE.

A cobrança do pagamento era feita pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar, que ganhou a causa na 3ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá. No entanto, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) entrou com recurso no ano passado, mas acabou perdendo novamente a ação.

Dentre os argumentos utilizados para conseguir a prescrição do processo, a PGE defendeu que não houve perda salarial dos policiais militares, já que o Estado havia concedido o reajuste por meio da reestruturação das carreiras dos servidores.

“Na reestruturação da carreira, os servidores públicos obtiveram generoso aumento, o que implica reconhecer a inexistência de perda salarial”, registrou em sua apelação a PGE.

Para o desembargador Márcio Vidal, a alegação de que os servidores públicos estaduais tiveram “generoso” aumento, quando da reestruturação da carreira, não corrige “eventual equívoco advindo da conversão da moeda em URV, e de forma alguma pode servir como compensação porque se tratam de parcelas de natureza jurídica diversas”.

Imbróglio
Ocorre que após a decisão, a PGE informou ao TJ que interpôs agravo regimental e que o mesmo não havia sido juntado ao processo.

Consta nos autos que Márcio Vidal determinou que o documento fosse localizado, mas a secretaria informou que o agravo não existia. O que foi constatado foram apenas dois embargos de declaração. Diante de tal situação, o desembargador pediu que a PGE se manifestasse e, após cinco meses, chegou à conclusão de que o documento apresentado pelo Estado não se tratava de documento oficial de protocolo. Por conta disso, determinou o trânsito em julgado e a devolução do caso à vara de origem.

A determinação foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico nº 9959, que circulou no dia 10 de fevereiro.

“Tendo em vista que o documento apresentado pelo Estado de Mato Grosso (fls. 215/250) não se trata de documento oficial de protocolo de peticionamento eletrônico, determino à secretaria que, transcorrido o prazo recursal, certifique-se o trânsito em julgado e, em seguida, devolva os autos à comarca de origem, com as cautelas de praxe”.

Outro lado
À reportagem,  a Procuradoria Geral do Estado informou que entregou novos documentos ao desembargador e está na expectativa de que o caso seja reavaliado pelo relator, com a abertura de um novo prazo. Também estuda a possibilidade de, não obtendo êxito no TJ, recorra junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).  

MT Agora - Repórter MT

Mais Noticias

Violência

Mulher denuncia suposta tentativa de estupro em Lucas do Rio Verde

Mais Um Caso

Mais um posto de combustível registra assalto em Lucas do Rio Verde

Crime Brutal

Homens são executados dentro de caminhão no nortão de Mato Grosso

Tentativa De Estupro

Menino de 8 anos sofre tentativa de estupro em Colíder

20/11/2017 -

Mulher é presa em MT ao tentar entrar em cadeia com droga no corpo

Jovem tentava entrar com porção de maconha em Cadeia Pública de Comodoro.

20/11/2017 -

Vítima ficou em quarto escuro e rezou por criminoso, diz delegado

Segundo Luiz Damasceno, empresária Milene Eubank ainda relatou que foi bem tratada pelos sequestradores

20/11/2017 -

Operação fiscaliza venda de álcool para menores e apreende armas em MT

A ação resultou em quatro pessoas conduzidas e na apreensão de sete adolescentes.

20/11/2017 -

Presos tentam fazer buraco em cela de cadeia de MT e tampam com papel higiênico e sabão

Presos fizeram pequenos furos, na forma de um retângulo, para quebrarem a estrutura. Cadeia de Alto Garças abriga 60 presos.

20/11/2017 -

Presos fazem motim após agentes descobrirem buraco em parede de cadeia em Colniza (MT)

A situação ocorreu no domingo (19) e foi controlada pelas forças de segurança. Presos abriram buraco na parede da cadeia durante banho de sol e horário de visita.

20/11/2017 -

Sorriso: Bandidos rendem família em residência

A ação ocorreu por volta das 21h30 quando os indivíduos surpreenderam os moradores, ao pularem o muro e entrar pela porta da sala que se encontrava aberta.

20/11/2017 -

Sorriso: Não contente com término de namoro, namorado é suspeito de queimar moto de ex

A moto ficou totalmente queimada.

20/11/2017 -

Menor de 15 anos apontado em roubo é apreendido em Sorriso

Um adolescente de 15 anos, apontado como um dos autores do roubo na residência do secretário de administração da Prefeitura de Sorriso foi apreendido por policiais da Delegacia da Polícia Civil, no sábado (18).

20/11/2017 -

Vizinho é acusado de estuprar menores de 11 e 14 anos

Foi a mãe das menores, quem denunciou o caso na última sexta-feira (17).

20/11/2017 -

Mulher é presa ao esfaquear marido que tentou agredi-la em Cuiabá

Carlos Paraba Hurtado, de 32 anos, levou três facadas e foi levado para policlínica. Mulher disse que vítima gritou com ela em uma discussão e tentou uma agressão.

20/11/2017 -

Homem é encontrado morto com dois tiros na cabeça ao lado de rodovia

Um homem de 34 anos, foi encontrado morto às margens da BR-158, na manhã deste domingo (19), próximo a cidade de Vila Rica.

20/11/2017 -

Homem é degolado com golpe de canivete em Alta Floresta

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e chegou ao Hospital Regional em óbito.

20/11/2017 -

Sinop: jovem diz ter sido dominada ao chegar em casa, colocada em carro e estuprada por quatro homens

Uma jovem de 23 anos procurou a delegacia municipal, ontem, e afirmou ter sido vítima de um possível estupro coletivo.

20/11/2017 -

Ex-estagiário da Justiça Federal é preso por acesso ilegal a processo envolvendo um dos maiores traficantes do país

Estudante de direito foi detido na universidade onde estuda, na manhã desta segunda-feira (20), em Londrina, no norte do Paraná.

20/11/2017 -

Autores de roubo a posto de combustível são identificados

Um menor de 16 anos, e um jovem de 22 anos, foram reconhecidos e durante trabalho de investigação

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora