Estado é condenado a reajustar salários de policiais militares em 11,98%

Estima-se que o impacto financeiro será de mais de R$ 150 milhões.

25/02/2017 - 12:49:31

   

Transitou em julgado uma decisão do desembargador Márcio Vidal, da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que manteve o Estado de Mato Grosso condenado a pagar aos policiais militares a reposição salarial decorrente da conversão do Cruzeiro para Real em 11,98%, que deverá ser calculado retroativo à 2008. Estima-se que o impacto financeiro será de mais de R$ 150 milhões.

“Na reestruturação da carreira, os servidores públicos obtiveram generoso aumento, o que implica reconhecer a inexistência de perda salarial”, registrou em sua apelação a PGE.

A cobrança do pagamento era feita pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar, que ganhou a causa na 3ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá. No entanto, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) entrou com recurso no ano passado, mas acabou perdendo novamente a ação.

Dentre os argumentos utilizados para conseguir a prescrição do processo, a PGE defendeu que não houve perda salarial dos policiais militares, já que o Estado havia concedido o reajuste por meio da reestruturação das carreiras dos servidores.

“Na reestruturação da carreira, os servidores públicos obtiveram generoso aumento, o que implica reconhecer a inexistência de perda salarial”, registrou em sua apelação a PGE.

Para o desembargador Márcio Vidal, a alegação de que os servidores públicos estaduais tiveram “generoso” aumento, quando da reestruturação da carreira, não corrige “eventual equívoco advindo da conversão da moeda em URV, e de forma alguma pode servir como compensação porque se tratam de parcelas de natureza jurídica diversas”.

Imbróglio
Ocorre que após a decisão, a PGE informou ao TJ que interpôs agravo regimental e que o mesmo não havia sido juntado ao processo.

Consta nos autos que Márcio Vidal determinou que o documento fosse localizado, mas a secretaria informou que o agravo não existia. O que foi constatado foram apenas dois embargos de declaração. Diante de tal situação, o desembargador pediu que a PGE se manifestasse e, após cinco meses, chegou à conclusão de que o documento apresentado pelo Estado não se tratava de documento oficial de protocolo. Por conta disso, determinou o trânsito em julgado e a devolução do caso à vara de origem.

A determinação foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico nº 9959, que circulou no dia 10 de fevereiro.

“Tendo em vista que o documento apresentado pelo Estado de Mato Grosso (fls. 215/250) não se trata de documento oficial de protocolo de peticionamento eletrônico, determino à secretaria que, transcorrido o prazo recursal, certifique-se o trânsito em julgado e, em seguida, devolva os autos à comarca de origem, com as cautelas de praxe”.

Outro lado
À reportagem,  a Procuradoria Geral do Estado informou que entregou novos documentos ao desembargador e está na expectativa de que o caso seja reavaliado pelo relator, com a abertura de um novo prazo. Também estuda a possibilidade de, não obtendo êxito no TJ, recorra junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).  

MT Agora - Repórter MT

Mais Noticias

Morte no Trânsito

Mulher morre esmagada por carreta na MT-449

Assalto

Estabelecimento comercial é invadido por marginal

Homicídio

Preso acusado de matar colega de trabalho por causa de garrafa de cachaça em Lucas do Rio Verde

Drogas

Motorista abandona carro com 264 kg de droga após ser perseguido e foge

17/03/2017 -

Dupla é presa pela PM em Lucas com drogas e uma balança de precisão

O condutor dispensou um objeto durante a fuga, que os Policiais constataram que se tratava de uma balança de precisão.

14/03/2017 -

Golpe da lista telefônica chega a Lucas do Rio Verde e assusta empresários

Suposta agência de publicidade oferece serviço gratuito, mas cobra em seguida. Golpe existe há mais de 10 anos e já fez vítimas em todo o país.

09/03/2017 -

Dois são presos com Supermaconha em Lucas

A maconha teria vindo para Lucas do Rio Verde em forma de encomenda despachada pelos Correios.

09/03/2017 -

Homens armados praticam roubo a estabelecimento comercial

Os marginais foram bastante truculentos, com os funcionários e proprietários e desferiram uma coronhada na cabeça do proprietário.

09/03/2017 -

Conselho de Segurança debate ações e planeja intensificar operações integradas

Três bairros irão receber as bases, sendo o Bandeirantes, Tessele Junior e Cerrado.

07/03/2017 -

Homem é detido por tráfico de entorpecente

Na abordagem os policiais encontraram 11 trouxinhas de substâncias análogas a maconha e R$ 40 reais em dinheiro

07/03/2017 -

Indivíduos são detidos por porte ilegal de arma de fogo

Três indivíduos estavam em um Fiat Pálio, nas proximidades de um bar, no bairro Veneza, exibindo uma arma de fogo e fazendo ameaças.

06/03/2017 -

Esposa descobre mensagens no celular e agride marido em Lucas

O homem disse aos policiais que não queria dar prosseguimento ao caso.

06/03/2017 -

Homem é esfaqueado, tem mandíbula quebrada e morre em Lucas

O homem já havia entrado em óbito, devido à gravidade dos ferimentos.

04/03/2017 -

PM prende dupla com produtos roubados e drogas em Lucas

Ele foi encontrado em um bar e nas buscas pessoais, foi encontrada em seu bolso uma quantia de uma substância aparentando ser pasta base

03/03/2017 -

Dupla assalta empresa, bandido se atrapalha e quase atira nele mesmo em Lucas do Rio Verde

Um dos criminosos estava com um revólver, acabou se atrapalhando com a arma e fez um disparo acidental

03/03/2017 -

Jovem é encontrado morto a tiros no meio de avenida em Lucas do Rio Verde

Até o momento, não se sabe quem praticou o homicídio e nem qual seria a motivação.

01/03/2017 -

Crimes são cometidos por motivos cada vez mais banais em Lucas

Vários fatores colaboram para com o crescimento dos índices, como o uso excessivo de álcool e drogas, que causa instabilidade social.

01/03/2017 -

De caminhão, ladrões invadem escola federal e roubam vacas

Animais eram utilizados para o ensino dos estudantes; prejuízo beira os R$ 85 mil

01/03/2017 -

Homem invade velório e espanca a ex com socos e pontapés

Vítima terá que passar por cirurgia para reconstituir dois ossos da face; polícia procura acusado