Policia

HOMICÍDIO - Comando do Corpo de Bombeiros deve apurar demora no atendimento de jovem de 23 anos em Lucas

Todas essas circunstâncias passam a ser investigadas pela Polícia Civil.

Investigação | 07 de Agosto de 2018 as 21h 44min
Fonte: Rádio Atitude FM | Expresso MT

O comando do Corpo de Bombeiros de Lucas do Rio Verde deverá instaurar um procedimento administrativo para apurar os motivos pelos quais a guarnição de plantão não atendeu de imediato uma ocorrência que resultou na morte de um homem de 23 anos, na noite de sábado (04), na região de chácaras da Rua Constantina.

Ele foi agredido com pauladas e buscou apoio em uma das residências, onde acabou indo a óbito. A guarnição chegou ao local, novamente após ser acionada, por volta de 7 horas da manhã deste domingo. 

De acordo com o comandante da corporação, capitão Alex Queiroz, houve o chamado para o resgate, porém, faltaram detalhes para definir o tipo de atendimento a ser realizado. Segundo o plantonista, no chamado a pessoa não especificou que o homem havia sido atingido e sofrido ferimentos graves na cabeça. “Por esse motivo a viatura não foi enviada e orientamos a chamar a PM para que pudesse verificar, pois poderia se tratar de um crime de invasão de domicílio e aí não caberia a nós fazermos esse tipo de atendimento”, relatou o oficial. 

“Instaurar a abertura de um procedimento para verificar o que ocorreu e isso será realizado. Na conclusão do trabalho informaremos o resultado. Não me cabe aqui fazer nenhum julgamento prévio antes dos esclarecimentos do fato”, explicou Queiroz, ao falar sobre a apuração do caso. “Eu como Comandante da unidade sou o maior interessado em também saber o que realmente aconteceu”, conclui.

Já a Polícia Militar, segundo o Major PM Secchi, teria recebido uma ligação por volta das 21h, e por telefone a pessoa relatava que um homem estaria na rua Constantina bastante exaltado, diante deste fato, uma viatura foi para o local e encontrou um grupo de pessoas que informaram que viram uma briga, onde um rapaz teria levado uma paulada na cabeça, mas não sabiam dizer onde era a casa. Os Policiais fizeram rondas na região, mas não conseguiram encontrar a vítima. Diante do fato, a PM deixou o local para continuar o patrulhamento na cidade.

A Politec esteve no local onde o homem procurou refúgio, e de acordo com o perito, o homem teve várias lesões na cabeça, costela e mãos, e durante os trabalhos da perícia, foi possível constatar que a vítima foi agredida com algo contundente.

Todas essas circunstâncias passam a ser investigadas pela Polícia Civil.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO