Policia

Jovem é preso por roubar R$ 75 mil em joias e tentar matar ex-patroa

Suspeito havia trabalhado na loja de joias, em Cuiabá, como menor aprendiz. À polícia, rapaz disse tentou matar a ex-patroa após ''perder o controle''.

Tentativa De Latrocínio | 30 de Agosto de 2016 as 16h 33min
MT Agora - G1 MT

Loja em Cuiabá foi asssaltada por ex-funcionário (Foto: Reprodução/Facebook)

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (30), um jovem de 18 anos suspeito de roubar R$ 75 mil em joias de uma loja em Cuiabá e tentar matar a proprietária do local, a designer de joias Carmem D’Lamonica, no dia 30 de julho. De acordo com a polícia, o suspeito é ex-funcionário da loja, onde trabalhou como menor aprendiz e foi identificado após passar pelo reconhecimento fotográfico.

Segundo o delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), o suspeito confessou, durante interrogatório, a participação no roubo e disse ter planejado o crime, uma vez que tinha informações privilegiadas após ter trabalho no local.

“Ele disse que pretendia apenas roubar a joalheria, mas acabou perdendo o controle, e tentou matar a ex-patroa, devido a desavenças anteriores”, afirmou o delegado.

De acordo com a polícia, o crime foi cometido pelo ex-funcionário com a ajuda de um comparsa, que já foi identificado. No dia, a dupla obrigou funcionários e clientes a se deitarem no chão, ameaçando matar a proprietária da loja caso alguém olhasse para o rosto deles.

A todo momento durante o assalto, segundo a polícia, a dupla perguntava pelo cofre, dinheiro, ouro e joias, até o momento em que o ex-funcionário foi até a cozinha do estabelecimento e pegou uma faca, usada para ameaçar a ex-patroa.

De acordo com a polícia, o suspeito chegou a passar, por duas vezes, a faca próximo a jugular e várias vezes atrás do pescoço da vítima, dizendo que, se não matasse naquele momento, voltaria em outra ocasião para assassiná-la.

Os suspeitos fugiram do local, conforme as investigações, levando aproximadamente R$ 50 mil em joias que pertenciam à propriedade da designer e mais R$ 25 mil em joias consignadas de outros fornecedores, peças de clientes que estavam na empresa para serem consertadas, além de dinheiro, relógios e aparelhos celulares das vítimas que estavam na loja no momento do assalto.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

23º

COTAÇÃO