Menores e mulheres vencem o medo e passam a denunciar mais casos de violência

Delegada aponta que pais também passaram a observar melhor o comportamento dos filhos

27/02/2017 - 19:26:43

   

Delegada Ana Paula de Faria Campos, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso de Várzea Grande - Foto por: Ascom/PJC-MT

O número de casos registrados de violência envolvendo mulheres e vítimas menores de 18 anos vem aumentando desde 2014 em Mato Grosso. Por sentimento de vergonha ou medo, por muitos anos, boa parte dessa violência não era levada até o conhecimento da polícia. Mas esse cenário está mudando.

Dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) apontam que, em 2016, foram registradas 43.804 mil ocorrências envolvendo vítimas femininas de 18 a 59 anos em Mato Grosso. Já em 2015, foram 34.720 mil e em 2014 foram 29.229 mil registros.

Em relação às vítimas menores de 18 anos, em 2016, foram 10.645 mil ocorrências registradas no Estado. Em 2015 foram 8.493 mil casos e 7.451 casos em 2014.

Em todos os anos citados, as ocorrências mais registradas com vítimas femininas e menores de 18 anos foram de ameaça, com 55.016 mil casos registrados na somatória dos anos de 2014, 2015 e 2016, seguido de lesão corporal com 31.107 mil registros, também na soma dos três anos.

No crime de estupro foram 227 registros em 2016, de vítimas femininas de 18 a 59 anos. Na mesma faixa etária foram levados até a polícia 22 casos de estupro de vulnerável e 151 de estupro tentado.

Em relação às vítimas menores de 18 anos, em 2016, foram registrados 174 casos de estupro e 264 tentativas de estupro. O que mais chama atenção são os casos de estupro de vulnerável, que teve 942 registros.

A delegada Ana Paula de Faria Campos, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso de Várzea Grande, atribui o número expressivo de registro de estupro de vulnerável às informações de esclarecimento sobre crimes sexuais, que vem alcançando um maior número de crianças e adolescentes.

“Hoje as crianças e adolescentes estão recebendo mais informações nas escolas, por meio de palestras e cartazes, de como se prevenir de crimes sexuais. São informações educativas para que elas possam compreender em quais situações elas podem se encontrar em risco sexual”, disse.

Segundo a delegada, muitas pessoas chegam hoje na delegacia dizendo que percebeu mudança no comportamento do filho ou neto, depois de terem visto um cartaz educativo ou recebido alguma orientação. Com essa informação, identificaram que essas crianças ou adolescentes estavam sofrendo algum tipo de abuso sexual.

“Então, a questão educativa e de orientação, tem ajudado no esclarecimento das pessoas e levado às vítimas a procurar ajuda”, acredita Ana Paula.

Para a delegada, outros fatores também estão contribuindo para que as vítimas femininas e menores de 18 anos estejam procurando ajuda nas redes de proteção.

“Hoje temos um número maior de Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher no Estado. Isso também contribui para o aumento do registro desses crimes, uma vez que a demanda que estava reprimida começou a aparecer”, destacou a delegada.

Fora isso, segundo Ana Paula, a confiança da população nos órgãos de Segurança Pública está aumentando.

“As vítimas estão perdendo o medo de procurar a polícia. O conhecimento da Lei Maria da Penha, o esclarecimento de como funcionam as delegacias e toda a rede de proteção para esse tipo de violência, estimulam as vítimas a procurar ajuda e a denunciar seu agressor ”, falou.

A maior parte dos agressores nos casos de violência contra mulheres, crianças e adolescentes são pessoas muito próximas, como parentes e amigos. Por isso, a vítima muitas vezes não tem coragem de ir às delegacias ou procurar ajuda.

A delegada alerta que em casos de violência sexual, a vítima pode comunicar qualquer órgão da rede de proteção, serviço de saúde, delegacia, conselho tutelar (se for menor de idade), para os procedimentos iniciais, que devem ser feitos no máximo em até 72 horas. 

MT Agora - Lidiana Cuiabano | Sesp-MT

Mais Noticias

Ocorrências Policiais

Três são presos por roubo a motocicleta, resistência e porte ilegal de arma de fogo

Homicídio

Polícia registra 24º homicídio do ano em Lucas

Acidente

Criança fica em estado grave após ser atropelada por veículo em Lucas do Rio Verde

Abuso

Na web, jovem relata abusos que sofreu do pai por quase 10 anos em MT

10/07/2017 -

Homem invade residência e estupra duas jovens em Lucas do Rio Verde

As vítimas foram dominadas e obrigadas a manter relações sexuais com o acusado. Este ainda teria proferido ameaças contra as duas.

10/07/2017 -

Homem é preso no bairro Tessele Junior após efetuar disparos com arma de fogo

Varias denúncias foram realizadas por moradores informando que um homem estava efetuando disparos de arma de fogo em via pública.

06/07/2017 -

Autoridades do município buscam melhorias para a área de segurança

A prefeitura pretende fornecer uma área para a implantação da unidade de segurança em Lucas

05/07/2017 -

Caminhoneiro morre atropelado em Lucas do Rio Verde

O veículo, que não foi identificado, fugiu do local sem prestar socorro às vítimas

04/07/2017 -

Homem é amarrado e tem caminhonete roubada em Lucas do Rio Verde; vítima pediu ajuda em rodovia

Buscas foram realizadas, porém, ninguém localizado até o momento.

30/06/2017 -

Suspeitos são conduzidos com simulacro e material furtado em Lucas

O êxito da ação Policial pode ser creditado também à participação popular, que denunciou de forma anônima uma movimentação suspeita

28/06/2017 -

Encontrado corpo de mulher desaparecida em Lucas

A vítima teria sido morta com golpes de facão, que a atingiram no pescoço, tórax e abdômen.

26/06/2017 -

Acusado de estuprar enteadas, rapaz é preso tentando deixar MT

Mãe das menores afirma que marido foi vítima de armação da filha mais velha

26/06/2017 -

FAB intercepta avião que saiu de MT com 500 kg de cocaína

O avião havia decolado da Fazenda Itamarati do Norte, em Campo Novo do Parecis (MT), com destino a Santo Antonio Leverger (MT)

23/06/2017 -

Guarda Municipal inaugura nova sede neste sábado, dia 24

No novo ambiente também funcionarão serviços do Corpo de Bombeiros

23/06/2017 -

Presa em Lucas dupla responsável por crimes de furtos e roubos

Antes de ser capturado, ele resistiu, expondo ao risco uma criança que dormia na casa.

22/06/2017 -

Menina tem celular furtado e corre atrás de autores em Lucas; PM prende um

O homem estaria disposto a realizar novos furtos em Lucas, antes de voltar para sua cidade de origem, Ipiranga do Norte.

20/06/2017 -

Carro da PRF fica com as rodas para cima após acidente na BR-364 em MT

De acordo com a PRF, veículo colidiu com uma carreta e capotou nesta segunda-feira (19). Apenas o agente que conduzia o carro teve escoriações.

20/06/2017 -

Guarda Municipal e PM participam de capacitação para moto patrulha

A Prefeitura é apoiadora desta capacitação

20/06/2017 -

Polícia Civil prende homem que matou com barra de ferro em Lucas

Como justificativa para matar, o homem disse que a motivação foi uma dívida que havia entre ambos.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora