Na web, jovem relata abusos que sofreu do pai por quase 10 anos em MT

Kéllory Medrado Marques, de 19 anos, conta em post que abusos começaram em 2006 e que já tentou suicídio. O caso está sob sigilo e é investigado pela Polícia Civil.

14/07/2017 - 18:33:40

   

Kéllory Medrado Marques, que tem 19 anos e mora Mato Grosso, guardou para si por quase 10 anos os abusos que sofreu do pai desde os oito anos de idade. Recentemente, porém, ela quebrou o silêncio e relatou em uma publicação nas redes sociais os sucessivos abusos que sofreu e, inclusive, as tentativas de suicídio motivada pelos estupros. "Hoje o sentimento é de raiva por não ter denunciado antes", contou Kéllory ao G1. A jovem também procurou a Polícia Civil e denuncidou o caso. A investigação segue sob sigilo.

No post, a jovem narra que os abusos começaram por volta de 2006, quando ela se mudou para a casa do pai, em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Antes disso, Kéllory morava com a avó. Segundo ela, o sonho de infância dela era morar com o pai.

"Até que aconteceu. E eu estava tão feliz por ter minha mãe e meu pai por perto todos os dias. Mas um dia aquela felicidade se transformou em um inferno de dor que até hoje eu vivo", diz trecho da publicação que tem 21 mil curtidas e quase 10 mil compartilhamentos até a publicação desta reportagem.

Kéllory conta que, à época, o pai se deitou na cama dela e alegou que os dois iriam brincar. Ela diz que fechou os olhos e ele começou a acariciar o corpo dela. No dia seguinte, a jovem narra que a situação voltou a acontecer.

"E todos os dias eu chorei. Eu estava tão assustada para dizer para alguém e eu tinha tanta vergonha de mim mesma e dessa situação. Ele sempre me dava dinheiro depois, ou me deixava sair pra brincar", conta Kéllory no texto publicado na internet.

A jovem afirma que aos 12 anos chegou a relatar os abusos para a mãe, na esperança que ela se separasse e que as duas fossem embora.

"Ninguém nunca fez nada. Todos ignoraram a minha dor como se eu fosse nada. E continuou. Todos os dias na hora do almoço, ele me levava para dentro do quarto, trancava a porta, me deitava e eu tampava os olhos e chorava ali mesmo. Ele roubou minha infância e minha adolescência", diz a jovem.

Aos 15 anos, Kéllory diz que tentou revidar e ameçou denunciar o pai, caso os abusos continuassem acontecendo. "Ele [o pai] me agarrou pelo braço e me jogou no chão pra fora do quarto e me chamou de ingrata", lembra.

Em outubro do ano passado, segundo a jovem, ela tentou - pela primeira vez - suicídio. "Tomei trinta compridos de um remédio. Me levaram para o hospital e os médicos decidiram me internar em um manicômio. Fiquei lá por quatro dias", conta na publicação.

Em abril deste ano uma nova tentativa de suicídio. "Comprei lâminas e cortei meus pulsos. Mas acordei no hospital com o medico dando pontos nos cortes. Estava tão desesperada que gritei por ajuda naquele hospital e ninguém mais uma vez fez nada", narra Kéllory.

A ajuda veio de uma tia que procurou um delegado e contou o caso da sobrinha. Em seguida, Kéllory foi chamada para depôr na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças.

Atualmente, Kéllory mora com a avó e pede por Justiça. "Hoje, o sentimento é de raiva, mágoa, tristeza e desespero. Tenho raiva de não ter denunciado antes e dos prejuízos que isso me trouxe. Hoje o que quero é Justiça", conta ao G1.

"Eu escrevi esse texto para tentar ajudar de algum jeito as vítimas de abuso, que vivem o que vivi. Você é forte menina! Você é muito forte, então se levante e não se esconda. É o seu corpo e é você quem decide quem o toca. Se ninguém te ajuda, ajude a si mesma. Você é linda e é digna de amor", finaliza Kéllory.

MT Agora - André Souza | G1

Mais Noticias

Tentativa De Homicídio

Jovem é vitima de tentativa de homicídio em Lucas do Rio Verde

Prisão

Homem envolvido com roubo de agência bancária é preso em Lucas do Rio Verde

Violência

Produtor rural é amarrado por bandidos durante roubo em Lucas do Rio Verde

Noite Sangrenta

Sorriso: PM registra dois baleados e dois mortos em noite violenta

16/11/2017 -

Carro de eletrecista é furtado em Sorriso

A Polícia Civil está buscando pistas para tentar achar o veículo, ano 2000.

16/11/2017 -

Homem é preso com 80 kg de maconha avaliados em R$ 80 mil em Sorriso (MT)

Moisés Nunes de Oliveira, de 41 anos, disse à polícia que venderia a maconha na região. A droga foi encontrada em uma casa alugada pelo suspeito para esconder o entorpecente.

16/11/2017 -

Pai é preso suspeito de abusar e engravidar a filha de 15 anos em Rondonópolis (MT)

À polícia, a adolescente contou que era abusada pelo pai desde que tinha 8 anos. Caso foi denunciado pela mãe e o suspeito foi preso em flagrante.

16/11/2017 -

Pai tranca filha e 2 netos em casa para afastá-los das agressões do ex-genro

Em um ato de desespero, pai trancou a filha e 2 netos em casa na manhã desta quarta-feira (15), após o ex-marido dela tentar vê-la mais uma vez e reatar o relacionamento.

16/11/2017 -

Dois são presos por assassinar idoso a pauladas e facadas e arrastar corpo de idoso por mais de 50 metros em chácara em Sinop

Joaquim Palhão, de 69 anos, foi morto em Sinop no dia 31 de outubro. À polícia, os dois presos confessaram o crime.

16/11/2017 -

Homem é preso com sêmens e embriões bovinos avaliados em R$ 1,5 milhão que foram furtados de empresa em Cuiabá

Polícia diz que a quadrilha não sabia o que era material furtado. Botijões estavam em uma casa no Bairro Santa Isabel.

16/11/2017 -

Foragido, suspeito de mandar matar personal trainer em Cuiabá tem foto divulgada pela polícia

Danilo Campos foi assassinado a tiros na noite de quarta-feira (8), na capital. Suspeito é marido de aluna de academia onde a vítima trabalhava, diz polícia.

16/11/2017 -

Homem suspeito de matar a ex na frente da família morre em acidente em MT

Mulher tinha denunciado o ex várias vezes por agressão e foi morta na frente da mãe e dos filhos. José Antônio Caetano pilotava moto que bateu em caminhão.

16/11/2017 -

Mulher espancada pelo ex-marido em MT clama por socorro no Facebook

No post, ela quebra o silêncio e denuncia os maus-tratos sofridos por ela e pelo filho pequeno ao longo dos últimos 8 anos, dentro de casa.

16/11/2017 -

Força-tarefa com mais de 150 policiais recaptura 13 foragidos de cadeia

Um dos foragidos se apresentou espontaneamente na delegacia da Polícia Civil de Poconé.

16/11/2017 -

Delegados e policiais em Mato Grosso serão qualificados em ações antisequestro

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil fará o 1º curso de Operações Antissequestro para propiciar conhecimentos técnicos básicos a 21 investigadores e delegados.

16/11/2017 -

Policiais levam orientações sobre violência sexual contra crianças e mulheres em MT

A apresentação foi bem sucedida e os trabalhos sociais e preventivos serão expandidos.

14/11/2017 -

Adolescente suspeito de diversos roubos é apreendido em Lucas do Rio Verde

O rapaz estava em um grupo com outros cinco adolescentes quando foi apreendido.

14/11/2017 -

Polícia de Sorriso investiga hipótese de dívida patrimonial motivada na morte de ex-jogador

Leonir Elwanger, mais conhecido como Toto, foi assassinado a tiros.

14/11/2017 -

Tráfico de drogas causa 95% dos homicídios em Sorriso, diz PJC

A maioria dos assassinatos está associada à venda ou consumo de entorpecentes.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora