Policia

PM prende 11 pessoas por divulgação de ameaças em vídeos

Polícia Militar ainda acredita que trabalhos de investigação têm dado resultado.

Facções | 11 de Abril de 2018 as 14h 40min
MT Agora - Mídia News

A Polícia Militar comunicou em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (11) que já prendeu 11 pessoas envolvidas em “salves” e espancamentos por meios de vídeos, entre o mês passado e o início deste, em Cuiabá e Várzea Grande.

Salves são avisos mandados por integrantes de facções criminosas.

Segundo o comandante adjunto da Polícia Militar, coronel Henrique Santos, o resultado veio por meio de operações, frutos do serviço de investigação do setor de Inteligência da PM.

“O nosso serviço de Inteligência tem trabalhado incansavelmente para identificar essas pessoas, tentar levantar informações sobre essas facções criminosas”, afirmou.

Conforme o comandante, dos recentes vídeos divulgados na mídia, como o do "salve"  em uma escola pública, no Bairro CPA, e outro em que dois irmãos são torturados em Várzea Grande, entre outros, já foram identificados.

Um dos presos, inclusive, que teria o cabelo comprido, raspou a cabeça, na tentativa de não ser identificado pelas imagens.

Além disso, o coronel observou que a divulgação desses vídeos de agressão e ameaças cessou. Isso, conforme ele, devido ao trabalho de prevenção da Polícia Militar, para combater a propagação dessas organizações.

“A gente não tem mais visto, nem tomamos conhecimento de novos vídeos nessa linha. Então a gente acredita que o trabalho tem dado resultado e nós vamos continuar caso apareçam novos vídeos”, afirmou.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO