Polícia Civil prende 14 pessoas envolvidas em esquema milionário no Norte de Mato Grosso

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.

31/03/2017 - 14:08:52

   

Quatorze pessoas envolvidas em um esquema milionário de desvio de mercadorias foram presas na operação "Confidere", deflagrada nesta sexta-feira (31.03), pela Polícia Judiciária Civil de Sorriso  (442 km ao Norte), para cumprimento de mandados de prisão preventiva, sequestro de mais de R$ 7 milhões em  bens e 9 buscas e apreensões em três cidades do Nortão de Mato Grosso, no Médio-Norte e no Sul do Estado.

Os suspeitos foram presos em Sorriso, Sinop, Tangará da Serra e Rondonópolis. O delegado de Sorriso, Bruno Sérgio Magalhães Abreu, confirmou que cinco dos preso são gerentes da empresa vítima e tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos. Os demais foram autuados em flagrante por receptação qualificada.

Os cinco gerentes são: Fernando Rodrigues da Silva, apontado como o líder da quadrilha e gerente de vendas da empresa; Marcos Silva (gerente); Ricardo Alves de Oliveira Ferreira (gerente de expedição), Fábio dos Santos Alexandre (representante comercial da empresa, em Tangará da Serra) e Márcio Boria (gerente de expedição em Rondonópolis).

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

As buscas foram realizadas nas cidades de Sorriso, Sinop, Alta Floresta e Tangará da Serra, em empresas e residências dos suspeitos ligados ao esquema. Nos locais foram apreendidos folhas de cheques de bancos diversos e vários metais como tubos, bobinas entre outros.

A investigação iniciou em janeiro deste ano, depois de denúncia de uma empresa do ramo de fabricação e exportação de Açometal, sediada em Sinop (500 km ao Norte), por suspeita de que gerentes de alta confiança do estabelecimento estariam desviando materiais, por meio do cancelamento de notas fiscais.

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.  

Em 2015, essa mesma empresa entrou com pedido de recuperação judicial por dívidas de R$ 38 milhões. Mas esse não seria o motivo da denúncia e, sim, o fato de inúmeras reposições no estoque sem aparentes explicações e também o cancelamento de notas fiscais emitidas pela própria empresa vítima, como se o material comercializado não tivesse saído do depósito.

Na investigação, presidida pelo delegado Bruno Sérgio Magalhães Abreu, foi detectado 1.200 notas fiscais emitidas e canceladas pelas empresa credora no período de 2 anos, totalizando mais de R$ 13,5 milhões em mercadorias supostamente devolvidas ou desistência de  compras.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

A Polícia Civil apurou o envolvimento de empresas de Sorriso, na receptação dos produtos comercializados fraudulentamente. "A vítima detectou uma nota cancelada em uma empresa de Sorriso, fizemos vigilância e comprovamos que o material foi entregue e a nota cancelada", explicou o delegado.  

Conforme o delegado, recentemente foi descoberto um furto na empresa da vítima  e na apuração chegou-se a empresa receptadora dos produtos em Sorriso. "A partir daí iniciamos uma investigação mais detalhada e foi descoberto que 5 gerentes vêm há anos roubando de forma gritante a empresa que trabalham", disse.

Os produtos desviados eram receptados por empresas da região, sendo identificadas 4 empresas na cidade de Sorriso, 3 em de Lucas do Rio Verde, 1 em Alta Floresta, 1 pessoa física em Tangará da Serra, 1 empresa em Barra do Bugres e suspeita de outra em Tapurah,  que agem em concluío com os gerentes da Açometal. 

Os funcionários desde que passaram a operar o esquema acumularam patrimônios milionários, incompatíveis com os salários de R$ 4 mil, que cada um ganham. Eles responderão por crimes de organização criminosa, mediante a distribuição de tarefas, furto mediante fraude, abuso de confiança e concurso de pessoas.

"Estamos também investigando alguns crimes de lavagem de dinheiro praticados por um deles, tendo em vista que estão tentando ocultar bens em nome de terceiros. As empresas receptadoras vão responder por receptação qualificada e todas por crimes contra a ordem tributária, em razão dos produtos entrarem e sairem das empresas sem que o fisco fique sabendo. Será solicitada uma autoria em todas as empresas, por suspeita de irregularidades cometidas", finalizou o delegado Sergio Abreu.  

Na investigação, a Polícia Civil representou pelo sequestro de mais de R$ 7 milhões em bens, referentes a carros de luxo, como BMW e fazendas, adquiridas ilicitamente pelos envolvidos.

Participaram da operação policiais da Regional de Sinop com apoio das Regionais com pessoas presas e da Polícia Rodoviária Federal.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

MT Agora - PJC-MT

Mais Noticias

LSD e Ecstasy

Jovem é preso ao receber encomenda de LSD e ecstasy pelos correios em MT

Frustrada

Homem é baleado por agente prisional durante tentativa de introduzir celular em CDP de Lucas do Rio Verde

Tráfico

Dupla é presa suspeita de tráfico em Lucas

Drone

Polícia usa drone em mata e consegue prender assaltante que bateu veículo na fuga em Lucas do Rio Verde

16/05/2018 -

Policial atira e ladrões fogem em carro com pneus furados em Lucas do Rio Verde; um preso

A Guarda Municipal ajudou nas buscas e conseguiu prender um assaltante que não havia conseguido fugir com os comparsas.

16/05/2018 -

Fotógrafo condenado por furto e roubo é preso em delegacia enquanto cobria apreensão de 250 kg de droga em MT

Segundo a Polícia Civil, ele era foragido da cidade de Estreito, no Maranhão. Fotógrafo registrava prisão de casal flagrado com droga em carro.

16/05/2018 -

Família do jogador Valdívia é mantida refém por 4 horas durante roubo a residência em MT

Eles levaram uma BMW, uma Land Rover, equipamentos eletrônicos e joias. Ladrão disse à família que levariam carro 'porque o Valdívia tem condições de comprar outro'.

16/05/2018 -

Três ladrões que furtavam residência são surpreendidos por policial civil; um suspeito já foi preso

Os PMs continuam as buscas aos dois suspeitos que fugiram.

15/05/2018 -

Preso por agredir esposa, homem invoca ‘Lúcifer’ na frente da PM

A esposa relatou aos policiais que o marido é usuário de drogas, estava desesperado em abstinência e, por isso, descontou nela

15/05/2018 -

Polícia faz barreira em Nova Mutum e recupera caminhonete furtada em Lucas; 4 detidos

Os três confessaram participação no roubo e informaram que um adolescente estaria levando a S-10 para Nova Mutum.

15/05/2018 -

Homem foragido da justiça é preso em Lucas do Rio Verde

Foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto conta ele.

14/05/2018 -

Agentes apreendem celulares camuflados em bebedouro entregue em penitenciária

A direção da penitenciária identificou o preso que seria destinatário do bebedouro e registrou um boletim de ocorrência

14/05/2018 -

Homem é baleado durante assalto em Lucas do Rio Verde; três presos

O trio chegou armado ao estabelecimento e durante o assalto fizeram um disparo que atingiu um homem no braço

14/05/2018 -

Caminhonete roubada em Lucas é recuperada em Nova Mutum, um menor é apreendido

A Força Tática de Nova Mutum foi acionada e ficou no aguardo da camionete, a guarnição de serviço da PM

13/05/2018 -

Presos suspeitos de assalto à fazenda em Lucas

Detidos, os três indivíduos foram submetidos ao reconhecimento pelas vítimas dos dois crimes, e houve a confirmação da participação nos roubos.

09/05/2018 -

Madrasta espanca enteado de 5 anos com cinto e é presa por tortura em MT

Conselho Tutelar denunciou o caso após diretora da escola perceber que ele sofria maus-tratos. Menino havia contado que a madrasta se irritou por ele ter deitado na cama dela.

07/05/2018 -

Padrasto é acusado de estuprar enteada

Os abusos consistiam em acariciar o corpo da criança, sexo oral, acariciar seu membro e passar o membro e mãos nas nádegas da criança.

07/05/2018 -

Homicídio teria ocorrido depois de atentado em Lucas

07/05/2018 -

Moradores denunciam violência em Lucas

Os moradores cobram um policiamento mais intenso na região, justamente pela movimentação de estudantes, moradores, frequentadores de bares e famílias nas igrejas das imediações.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora