Polícia Civil prende 14 pessoas envolvidas em esquema milionário no Norte de Mato Grosso

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.

31/03/2017 - 14:08:52

   

Quatorze pessoas envolvidas em um esquema milionário de desvio de mercadorias foram presas na operação "Confidere", deflagrada nesta sexta-feira (31.03), pela Polícia Judiciária Civil de Sorriso  (442 km ao Norte), para cumprimento de mandados de prisão preventiva, sequestro de mais de R$ 7 milhões em  bens e 9 buscas e apreensões em três cidades do Nortão de Mato Grosso, no Médio-Norte e no Sul do Estado.

Os suspeitos foram presos em Sorriso, Sinop, Tangará da Serra e Rondonópolis. O delegado de Sorriso, Bruno Sérgio Magalhães Abreu, confirmou que cinco dos preso são gerentes da empresa vítima e tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos. Os demais foram autuados em flagrante por receptação qualificada.

Os cinco gerentes são: Fernando Rodrigues da Silva, apontado como o líder da quadrilha e gerente de vendas da empresa; Marcos Silva (gerente); Ricardo Alves de Oliveira Ferreira (gerente de expedição), Fábio dos Santos Alexandre (representante comercial da empresa, em Tangará da Serra) e Márcio Boria (gerente de expedição em Rondonópolis).

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

As buscas foram realizadas nas cidades de Sorriso, Sinop, Alta Floresta e Tangará da Serra, em empresas e residências dos suspeitos ligados ao esquema. Nos locais foram apreendidos folhas de cheques de bancos diversos e vários metais como tubos, bobinas entre outros.

A investigação iniciou em janeiro deste ano, depois de denúncia de uma empresa do ramo de fabricação e exportação de Açometal, sediada em Sinop (500 km ao Norte), por suspeita de que gerentes de alta confiança do estabelecimento estariam desviando materiais, por meio do cancelamento de notas fiscais.

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.  

Em 2015, essa mesma empresa entrou com pedido de recuperação judicial por dívidas de R$ 38 milhões. Mas esse não seria o motivo da denúncia e, sim, o fato de inúmeras reposições no estoque sem aparentes explicações e também o cancelamento de notas fiscais emitidas pela própria empresa vítima, como se o material comercializado não tivesse saído do depósito.

Na investigação, presidida pelo delegado Bruno Sérgio Magalhães Abreu, foi detectado 1.200 notas fiscais emitidas e canceladas pelas empresa credora no período de 2 anos, totalizando mais de R$ 13,5 milhões em mercadorias supostamente devolvidas ou desistência de  compras.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

A Polícia Civil apurou o envolvimento de empresas de Sorriso, na receptação dos produtos comercializados fraudulentamente. "A vítima detectou uma nota cancelada em uma empresa de Sorriso, fizemos vigilância e comprovamos que o material foi entregue e a nota cancelada", explicou o delegado.  

Conforme o delegado, recentemente foi descoberto um furto na empresa da vítima  e na apuração chegou-se a empresa receptadora dos produtos em Sorriso. "A partir daí iniciamos uma investigação mais detalhada e foi descoberto que 5 gerentes vêm há anos roubando de forma gritante a empresa que trabalham", disse.

Os produtos desviados eram receptados por empresas da região, sendo identificadas 4 empresas na cidade de Sorriso, 3 em de Lucas do Rio Verde, 1 em Alta Floresta, 1 pessoa física em Tangará da Serra, 1 empresa em Barra do Bugres e suspeita de outra em Tapurah,  que agem em concluío com os gerentes da Açometal. 

Os funcionários desde que passaram a operar o esquema acumularam patrimônios milionários, incompatíveis com os salários de R$ 4 mil, que cada um ganham. Eles responderão por crimes de organização criminosa, mediante a distribuição de tarefas, furto mediante fraude, abuso de confiança e concurso de pessoas.

"Estamos também investigando alguns crimes de lavagem de dinheiro praticados por um deles, tendo em vista que estão tentando ocultar bens em nome de terceiros. As empresas receptadoras vão responder por receptação qualificada e todas por crimes contra a ordem tributária, em razão dos produtos entrarem e sairem das empresas sem que o fisco fique sabendo. Será solicitada uma autoria em todas as empresas, por suspeita de irregularidades cometidas", finalizou o delegado Sergio Abreu.  

Na investigação, a Polícia Civil representou pelo sequestro de mais de R$ 7 milhões em bens, referentes a carros de luxo, como BMW e fazendas, adquiridas ilicitamente pelos envolvidos.

Participaram da operação policiais da Regional de Sinop com apoio das Regionais com pessoas presas e da Polícia Rodoviária Federal.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

MT Agora - PJC-MT

Mais Noticias

Confusão

Homens são levados para delegacia após confusão por programa sexual em Lucas do Rio Verde

Assalto

Em Lucas do Rio Verde: criminosos rendem clientes e funcionários de lanchonete

Agressão

Homem não identificado agride mulher em via pública em Lucas

Assalto

Mulheres têm celulares roubados enquanto faziam caminhadas em Lucas

20/09/2017 -

Homem invade casa, tenta estuprar mãe e filha de 3 anos e é agredido pela vítima, diz PM de MT

Jovem, de 19 anos, aproveitou o momento em que suspeito ficou de costas, pegou um pedaço de madeira e conseguiu golpeá-lo na cabeça. Ele disse à PM que estava embriagado.

20/09/2017 -

Boliviana é encontrada morta com o rosto desfigurado em Sinop

Rosto de Eugênia Surubí Parabá, de 45 anos, estava com marcas de pedradas. Suspeito do crime ainda não foi identificado.

20/09/2017 -

Mãe confessa ter matado o filho no interior do Estado

Empresária disse à Polícia Civil que jovem tinha problemas psiquiátricos e abusava do álcool.

20/09/2017 -

Polícia faz operação e investiga fraude, desvio de dinheiro e pagamentos ilegais em prefeitura de MT

Operação ''Loki'' deve cumprir 12 mandados de busca e apreensão em Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e em Sorriso. Fraude teria envolvimento de prefeito, prestadores de serviço e funcionários públicos.

20/09/2017 -

Fazendeiro é agredido pelo próprio filho a cadeiradas; vitima leva 16 pontos

O fato ocorreu em na fazenda na estrada do Pau Oco, no município de Vera.

20/09/2017 -

Sozinho no bar, homem é cercado por dupla em moto e baleado 18 vezes

As testemunhas não informaram o destino que eles fugiram após cometer o crime.

20/09/2017 -

Homens matam e ''descarnam'' vaca no pasto e deixam apenas a ''barrigada''

Os suspeitos deixaram um facão no local, o que deverá auxiliar a investigação a localizar os responsáveis.

20/09/2017 -

PM prende homem com cinco pistolas e 400 munições em residência em MT

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia, onde os policiais constataram que o suspeito já possui passagens criminais por receptação e porte ilegal de arma de fogo.

20/09/2017 -

Operação ''Bairro Seguro'' tem balanço parcial com 38 prisões e 1.416 abordagens

A ação integrada, que conta com mais de 1.100 profissionais das forças de segurança, entre Policia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec e Detran, tem como objetivo a redução da criminalidade.

20/09/2017 -

Polícia segue com investigações a roubo de R$ 182 mil de residência

Vítima sofreu várias coronhas que resultou em aprofundamento craniano

18/09/2017 -

Dono de academia de Lucas do Rio Verde é preso após entregar documentos falsos ao CREF/MT

O empresário apresentou documentação falsa ao Conselho Regional de Educação Física – CREF/MT e estaria exercendo de forma irregular a profissão.

18/09/2017 -

Após colheita, polícia faz novas buscas por agrônomo que sumiu há 3 meses após deixar sinais em lavoura em MT

Polícia realizou novas buscas após a colheita da lavoura de milheto, onde a caminhonete dele foi encontrada abandonada, mas ainda não encontrou nenhuma pista.

18/09/2017 -

Menor usa arma de brinquedo para cometer roubo de motocicleta

Momento antes de roubar a motocicleta, o menor teria cometido outro roubo, no bairro Veneza, contra uma senhora.

18/09/2017 -

Polícia de Sinop cumpre ordem judicial e apreende mais de R$ 30 mil roubados em Lucas do Rio Verde

Não foi informado se a caminhonete e o restante do dinheiro foram recuperados.

15/09/2017 -

Vítima de calote denuncia golpe em Lucas do Rio Verde

A Polícia Militar fez a condução de uma das envolvidas para a delegacia judiciária civil, onde as providências cabíveis ao caso foram tomadas.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora