Polícia Civil prende 14 pessoas envolvidas em esquema milionário no Norte de Mato Grosso

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.

31/03/2017 - 14:08:52

   

Quatorze pessoas envolvidas em um esquema milionário de desvio de mercadorias foram presas na operação "Confidere", deflagrada nesta sexta-feira (31.03), pela Polícia Judiciária Civil de Sorriso  (442 km ao Norte), para cumprimento de mandados de prisão preventiva, sequestro de mais de R$ 7 milhões em  bens e 9 buscas e apreensões em três cidades do Nortão de Mato Grosso, no Médio-Norte e no Sul do Estado.

Os suspeitos foram presos em Sorriso, Sinop, Tangará da Serra e Rondonópolis. O delegado de Sorriso, Bruno Sérgio Magalhães Abreu, confirmou que cinco dos preso são gerentes da empresa vítima e tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos. Os demais foram autuados em flagrante por receptação qualificada.

Os cinco gerentes são: Fernando Rodrigues da Silva, apontado como o líder da quadrilha e gerente de vendas da empresa; Marcos Silva (gerente); Ricardo Alves de Oliveira Ferreira (gerente de expedição), Fábio dos Santos Alexandre (representante comercial da empresa, em Tangará da Serra) e Márcio Boria (gerente de expedição em Rondonópolis).

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

As buscas foram realizadas nas cidades de Sorriso, Sinop, Alta Floresta e Tangará da Serra, em empresas e residências dos suspeitos ligados ao esquema. Nos locais foram apreendidos folhas de cheques de bancos diversos e vários metais como tubos, bobinas entre outros.

A investigação iniciou em janeiro deste ano, depois de denúncia de uma empresa do ramo de fabricação e exportação de Açometal, sediada em Sinop (500 km ao Norte), por suspeita de que gerentes de alta confiança do estabelecimento estariam desviando materiais, por meio do cancelamento de notas fiscais.

A vítima é um empresário renomado da cidade, que já ocupou cargo público no município, e que teve prejuízo que ultrapassa os R$ 15 milhões.  

Em 2015, essa mesma empresa entrou com pedido de recuperação judicial por dívidas de R$ 38 milhões. Mas esse não seria o motivo da denúncia e, sim, o fato de inúmeras reposições no estoque sem aparentes explicações e também o cancelamento de notas fiscais emitidas pela própria empresa vítima, como se o material comercializado não tivesse saído do depósito.

Na investigação, presidida pelo delegado Bruno Sérgio Magalhães Abreu, foi detectado 1.200 notas fiscais emitidas e canceladas pelas empresa credora no período de 2 anos, totalizando mais de R$ 13,5 milhões em mercadorias supostamente devolvidas ou desistência de  compras.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

A Polícia Civil apurou o envolvimento de empresas de Sorriso, na receptação dos produtos comercializados fraudulentamente. "A vítima detectou uma nota cancelada em uma empresa de Sorriso, fizemos vigilância e comprovamos que o material foi entregue e a nota cancelada", explicou o delegado.  

Conforme o delegado, recentemente foi descoberto um furto na empresa da vítima  e na apuração chegou-se a empresa receptadora dos produtos em Sorriso. "A partir daí iniciamos uma investigação mais detalhada e foi descoberto que 5 gerentes vêm há anos roubando de forma gritante a empresa que trabalham", disse.

Os produtos desviados eram receptados por empresas da região, sendo identificadas 4 empresas na cidade de Sorriso, 3 em de Lucas do Rio Verde, 1 em Alta Floresta, 1 pessoa física em Tangará da Serra, 1 empresa em Barra do Bugres e suspeita de outra em Tapurah,  que agem em concluío com os gerentes da Açometal. 

Os funcionários desde que passaram a operar o esquema acumularam patrimônios milionários, incompatíveis com os salários de R$ 4 mil, que cada um ganham. Eles responderão por crimes de organização criminosa, mediante a distribuição de tarefas, furto mediante fraude, abuso de confiança e concurso de pessoas.

"Estamos também investigando alguns crimes de lavagem de dinheiro praticados por um deles, tendo em vista que estão tentando ocultar bens em nome de terceiros. As empresas receptadoras vão responder por receptação qualificada e todas por crimes contra a ordem tributária, em razão dos produtos entrarem e sairem das empresas sem que o fisco fique sabendo. Será solicitada uma autoria em todas as empresas, por suspeita de irregularidades cometidas", finalizou o delegado Sergio Abreu.  

Na investigação, a Polícia Civil representou pelo sequestro de mais de R$ 7 milhões em bens, referentes a carros de luxo, como BMW e fazendas, adquiridas ilicitamente pelos envolvidos.

Participaram da operação policiais da Regional de Sinop com apoio das Regionais com pessoas presas e da Polícia Rodoviária Federal.

Foto: Investigador Cleverson Hanse/Sorriso

MT Agora - PJC-MT

Mais Noticias

Corpo Encontrado

Encontrado corpo de mulher desaparecida em Lucas

Maníaco

Acusado de estuprar enteadas, rapaz é preso tentando deixar MT

Flagrante

FAB intercepta avião que saiu de MT com 500 kg de cocaína

Nova Sede

Guarda Municipal inaugura nova sede neste sábado, dia 24

23/06/2017 -

Presa em Lucas dupla responsável por crimes de furtos e roubos

Antes de ser capturado, ele resistiu, expondo ao risco uma criança que dormia na casa.

22/06/2017 -

Menina tem celular furtado e corre atrás de autores em Lucas; PM prende um

O homem estaria disposto a realizar novos furtos em Lucas, antes de voltar para sua cidade de origem, Ipiranga do Norte.

20/06/2017 -

Carro da PRF fica com as rodas para cima após acidente na BR-364 em MT

De acordo com a PRF, veículo colidiu com uma carreta e capotou nesta segunda-feira (19). Apenas o agente que conduzia o carro teve escoriações.

20/06/2017 -

Guarda Municipal e PM participam de capacitação para moto patrulha

A Prefeitura é apoiadora desta capacitação

20/06/2017 -

Polícia Civil prende homem que matou com barra de ferro em Lucas

Como justificativa para matar, o homem disse que a motivação foi uma dívida que havia entre ambos.

18/06/2017 -

Trio é detido por tráfico, associação ao tráfico de drogas e corrupção de menores

Os policiais chegaram até o local após denúncias e monitoramento do local.

16/06/2017 -

Homem é preso suspeito de tentar abusar de filhas em Lucas

A mãe das menores acionou a Polícia Militar que conduziu o suspeito

15/06/2017 -

Idoso é encontrado carbonizado dentro de carro em MT após denunciar ameaça

Nelci Musa, de 63 anos, já tinha registrado boletim de ocorrência por ameaça, segundo a polícia. Ele estava desaparecido desde quarta-feira (14).

15/06/2017 -

Acusado de enganar vítima e furtar moto em Lucas do Rio Verde é preso

Outros boletins com casos bastante semelhantes foram registrados nos últimos dias em Lucas do Rio Verde

14/06/2017 -

Caso de extorsão a autoridades em Lucas pode ser levado a Delegacia Especializada

Esse processo deve se desenvolver em cerca de 15 dias, podendo se prorrogar, já que há a possibilidade da dependência de uma perícia para análise de elementos como áudio, vídeo

14/06/2017 -

Homem é preso em flagrante após furtar moto à venda em Lucas do Rio Verde

O suspeito já era monitorado há alguns dias, onde algumas pessoas prestaram queixa na delegacia sobre o ocorrido

12/06/2017 -

Polícia identifica suspeito de matar trabalhador em Lucas do Rio Verde

"Inicialmente, estamos descartando a possibilidade de acerto de contas"

10/06/2017 -

Policia registra o vigésimo assassinato em Lucas do Rio Verde

Adeílson Souza Rosário 29 anos de idade estava caído ao lado da cama com várias perfurações pelo corpo ocasionados por golpes de faca.

08/06/2017 -

Jovem é preso acusado de tentar extorquir Vice Prefeito e Vereador em Lucas

o Vereador Airton Callai recebeu o jovem em seu gabinete na Câmara de Vereadores, onde recebeu novamente a ameaça pelo conteúdo do vídeo editado.

08/06/2017 -

Foragido da Justiça há 22 anos ganha prêmio e acaba preso pelo Gaeco em Lucas do Rio Verde

Imagens divulgadas nas redes sociais contribuíram para localização do criminoso

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora