STJ nega liberdade a investigado por falsidade ideológica e organização criminosa

Provas materias analisadas pela Politec subsidiaram a investigação.

11/04/2018 - 15:04:25

   

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o habeas corpus impetrado pela defesa de Wagner Florencio Pimentel, acusado de liderar uma organização criminosa destinada à sonegação de impostos na venda interestadual de grãos em Mato Grosso, entre os anos de 2016 e 2017. Em sua decisão, o Ministro Reynaldo Soares da Fonseca indeferiu o pedido da substituição da prisão preventiva do acusado, e manteve a Decisão Liminar do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

O réu é investigado pela “Operação Crédito Podre” conduzida pela Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) e que contou com o apoio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). De acordo com as investigações, o indivíduo expedia documentos fiscais falsos, que teria movimentado mais de um bilhão de reais no período de um ano, entre 2016 e 2017, deixando de recolher aproximadamente R$ 100 milhões em tributos aos cofres públicos estaduais.  

A Gerência de Perícias em Documentoscopia da Politec constatou a falsificação de diversos documentos como RG, CNH e títulos de eleitor. Com o subsídio das provas materiais analisadas pela Politec, Wagner Florêncio Pimentel, foi denunciado por falsidade ideológica, tendo usado os nomes Wagner Fernandes Kielingm Wagner Fiorêncio Pimenteli, Wagner Kurtembach, Wagner Van Dorf Bauer e Laércio Laurenti Nalini Júnior.

Wagner foi denunciado pela suposta prática dos crimes de organização criminosa, falsificação do selo ou sinal público, falsidade ideológica, falsa identidade coação no curso do processo. Além dele, outras 17 pessoas também foram denunciadas pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Durante a operação, dois peritos da Gerencia de Perícias em Computação Forense acompanharam a Polícia Judiciária Civil nas buscas às empresas. Foram analisados diversos computadores no local, dispensando a necessidade da apreensão dos objetos.  

Investigação

Na investigação, segundo o delegado da Defaz, Sylvio do Vale Ferreira Junior, foi descoberto a constituição de mais de 30 empresas, de fachada ou mesmo fantasmas, com a finalidade de simular operações internas de venda de grãos, para criação de créditos inidôneo de ICMS, ou seja, elas documentavam toda a operação simulada como tributada, lançando o ICMS devido, mas o recolhimento não era feito. "Assim a operação antecedente com destaque de imposto gera crédito para a operação subsequente", explicou.

As empresas, em sua maioria de fachada, optavam pelo diferimento do pagamento do ICMS, gerando o crédito sobre o produto. Contudo, o pagamento do imposto nunca era feito, gerando o chamado crédito podre.

MT Agora - Politec-MT

Mais Noticias

Tráfico De Drogas

Homens são presos e adolescente é apreendido com maconha e mais de R$3 mil em Lucas

Foi Preso

Jovem é preso suspeito de atirar no pescoço da ex-namorada em Sinop (MT)

Atos Obscenos

Passageiros expulsam homem flagrado se masturbando dentro de ônibus em MT

Apreensão

Lucas: Menor de 15 anos é apreendido com trouxa de maconha

18/07/2018 -

Lucas: Mãe aciona PM para conter filho alcoólotra no Bairro Bandeirantes

O rapaz que usa tornozeleira eletrônica, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia.

18/07/2018 -

Dupla tenta fugir da polícia com moto e documentos vencidos em Lucas

Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia onde o condutor, deverá responder por direção perigosa.

18/07/2018 -

Esposo chega em casa embriagado, discute com a mulher e quebra móveis em Lucas do Rio Verde

Segundo a vítima, o fato teria acontecido assim que ele chegou em casa por volta das 21h,.

17/07/2018 -

Lucas: Guarda Municipal encaminha para Delegacia moto furtada abandonada no Parque das Américas

O veículo estava abandonado no bairro Parque das Américas.

17/07/2018 -

Em Lucas: jovem faz racha, cai no chão, é flagrado bêbado e com maconha

O fato ocorreu na avenida Mato Grosso, em Lucas do Rio Verde.

17/07/2018 -

Lucas: Operação estoura ''boca de fumo'' no Bairro Jaime Seiti Fuji

Uma Operação conjunta das Polícias Civil e Militar para o combate ao tráfico de drogas em Lucas do Rio Verde, se iniciou por volta das 9h desta segunda-feira (16).

17/07/2018 -

Três menores são apreendidas com drogas e dinheiro em Lucas do Rio Verde

As três menores foram apreendidas pela polícia.

17/07/2018 -

Bandido ameaça ''retalhar'' vigilante com faca e rouba televisão de escola em Lucas do Rio Verde

Na ação, uma das salas de aula foi arrombada e uma televisão foi levada pelo bandido.

17/07/2018 -

Lucas: Rapaz de 22 anos é flagrado com tornozeleira eletrônica desligada

Ele foi encaminhado para a Delegacia para as medidas que o caso requer.

16/07/2018 -

Motociclista sem CNH cai na rua e é flagrado na Lei Seca em Lucas do Rio Verde

O acidente envolvendo o condutor de uma Yamaha Factor roxa ocorreu, ontem à noite, na rua das Samambaias, no bairro Bandeirantes.

16/07/2018 -

Lucas: Homem e ex-mulher discutem e trocam empurrões no Bairro Cidade Nova

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil para as providências que o caso requer.

15/07/2018 -

Sorriso: homem mata colega de quarto após vítima retirar roupas sujas do quarto sem permissão

Colega disse que foi ele que fez isso porque o quarto não era local para guardar roupas sujas. Suspeito deu um golpe de faca no pescoço da vítima e fugiu.

15/07/2018 -

Bandidos pulam muro e furtam residência no Centro de Nova Mutum

A Polícia Militar foi acionada e está à procura dos suspeitos, até o momento ninguém foi preso.

15/07/2018 -

Menina de 4 anos é encontrada andando sozinha durante a madrugada

Ela foi entregue ao Conselho Tutelar, que tenta encontrar seus pais.

15/07/2018 -

Jovem de 21 anos é assassinada a tiros por homem durante festa em restaurante em MT

Testemunhas disseram que homem que atirou estava na festa desde o começo. Thainara Aline Oliveira Silva foi socorrida e morreu no hospital.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora