Política

Acordo dos EUA com União Europeia não prejudica negociações do Mercosul com o bloco, avalia Temer

Presidente deu a declaração na África do Sul, onde participa da 10ª cúpula do Brics. Acordo dos EUA com União Europeia foi anunciado nesta nesta quarta (25) com objetivo de evitar guerra comercial.

Declaração | 27 de Julho de 2018 as 23h 56min
Fonte: G1

O presidente Michel Temer, nesta quinta-feira (26), durante entrevista na África do Sul (Foto: Rogério Melo/PR)

O presidente Michel Temer avaliou nesta quinta-feira (26) que o acordo comercial entre Estados Unidos e União Europeia não atrapalha as negociações entre o Mercosul e o bloco.

Temer deu a declaração em Joanesburgo, onde participa da 10ª Cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O acordo da União Europeia com os EUA foi anunciado nesta quarta (25) pelo presidente Donald Trump e pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. O objetivo é avançar rumo à "tarifa zero" e evitar uma guerra comercial.

"As questões relativas à aliança do Mercosul com a União Europeia ainda estão em tratativas. Agora, nada atrapalha o fato de os Estados Unidos fazerem uma aliança com a União Europeia. Uma aliança, aliás, tarifária. [...] Não há prejuízo nenhum", afirmou Temer.

A guerra comercial que envolve Estados Unidos e outros países tem colocado a economia mundial em alerta.

Em março, por exemplo, Trump criou novas taxas para importação de aço e alumínio, medida que afetou o Brasil. Em retaliação, a China também sobretaxou 659 produtos americanos.

Negociações com União Europeia

As negociações para um acordo de livre comércio entre Mercosul (Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina) e União Europeia se arrastam há quase duas décadas, chegaram a ser interrompidas e, depois, retomadas.

Ao comentar nesta quinta a negociação entre os blocos, Temer disse que as tratativas continuam e que ele e o presidente da Argentina, Mauricio Macri, se esforçam para haver um desfecho positivo.

"As conversações continuam. Há uma reunião novamente marcada em setembro. Não é improvável que em setembro se consiga fechar esse acordo" declarou o presidente.

Em julho, o colunista do G1 e da GloboNews João Borges informou ter terminado sem acordo uma reunião em Bruxelas (Bélgica) entre ministros do Mercosul e a comissária de comércio da União Europeia, Cecília Malmström.

Conforme o Blog do João Borges, o Brasil e demais países do Mercosul querem maior abertura do mercado europeu para produtos agrícolas, enquanto o bloco europeu oferece um sistema de cotas para produtos como carne bovina, carne de franco, etanol e arroz.

Um novo encontro está marcado para setembro.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quinta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

22º

COTAÇÃO