Advogado protocola pedido de impeachment do governador de MT após grampos clandestinos

Petição foi protocolada na Assembleia Legislativa nesta sexta-feira (26). O pedido foi motivado pelo esquema de escutas clandestinas denunciadas pelo Fantástico.

29/05/2017 - 06:52:21

   

Pedido de impeachment de Pedro Taques foi protocolado nesta sexta-feira (26) (Foto: José Medeiros/Gcom MT)

Um pedido de impeachment do governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), foi protocolado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta sexta-feira (26), após grampos clandestinos. O esquema funcionou no Núcleo de Inteligência da Polícia Militar e veio à tona há pouco mais de uma semana com uma reportagem do Fantástico. A petição é assinada pelo advogado Edno Damascena de Farias. O pedido deve seguir para análise do presidente da Casa de Leis.

O G1 procurou o governo, mas não obteve resposta até a publicação destar reportagem. Por meio de assessoria, o presidente da ALMT, Eduardo Botelho (PSB), da base governista, afirmou que ainda não recebeu o documento, mas que deve analisar o pedido.

No documento, que tem 50 páginas, o advogado argumenta que o governador cometeu improbidade administrativa, violando os incisos II, III e V do artigo 85 da Constituição Federal. No pedido, Edno afirma que, “em tese, o governador serviu-se ou omitiu-se diante da utilização de policiais militares em cargos de confiança para praticar abuso de poder”.

O suposto esquema vigorou entre outubro de 2014 e agosto de 2015 e foi denunciado à Procuradoria-Geral da República pelo promotor de justiça Mauro Zaque, que foi secretário de Segurança Pública em 2015, na gestão de Taques. Ele alega que recebeu a denúncia do caso naquele ano e alertou o governador.

Pelo menos 80 pessoas tiveram conversas grampeados no período em que o esquema funcionou. Entre elas, políticos de oposição ao atual governo, advogados, médicos e jornalistas. Além disso, o celular de uma agente do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, também foi grampeado.

A PGR investiga se Taques sabia do crime e de quem partiu a ordem para as interceptações. O governador, por sua vez, nega que tinha conhecimento sobre o caso.

Para o autor do pedido, no entanto, o caso é inadmissível. “Na minha leitura, esse fato é um atentado à democracia e aos direitos pessoais de cada cidadão. As escutas telefônicas geram uma onda de insegurança coletiva, porque o governo pode estar bisbilhotando tudo por aí”, declarou o advogado.

Ainda como argumento, Edno cita o artigo 5 da Constituição Federal, que afirma ser “inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial”.

Os telefones foram incluídos indevidamente em uma investigação sobre tráfico de drogas que teria o envolvimento de policiais militares. O resultado dessa investigação, porém, não foi informado pelo governo até hoje.
Comandante da Polícia Militar de Mato Grosso em 2015, coronel Zaqueu Barbosa (Foto: Gcom-MT)
Prisões
Na terça-feira (23), o ex-comandante da PM, Zaqueu Barbosa e o cabo da PM Gerson Luiz Ferreira, que atualmente é lotada na Casa Militar de Mato Grosso, foram presos após determinação judicial.

Zaqueu ocupava a função no período em que o esquema de interceptações funcionou. Já o cabo Gerson Luiz foi quem pediu à Justiça autorização para grampear os números.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Reforma Política

Senado aprova voto distrital misto para escolha de deputados e vereadores

Planejamento

Lucas: Vereadores aprovam planejamento do município para os próximos quatro anos

Educação

Lucas: Vereadores destinam R$ 150 mil para a conclusão das obras da Creche Municipal Girassol

Infraestrutura

Secretário de Política Agrícola participa de Estradeiro na BR 163

20/11/2017 -

Planalto anuncia Alexandre Baldy como novo ministro das Cidades; posse será nesta quarta-feira

Atualmente sem partido, deputado de Goiás substituirá Bruno Araújo (PSDB-PE), que pediu demissão na semana passada. À frente do ministério, Baldy chefiará Minha Casa, Minha Vida, por exemplo.

20/11/2017 -

''Ele se inteirou disso ou ele está falando por ordem de alguém?'', diz Janot sobre declaração de Segovia

Mais cedo, novo diretor-geral da Polícia Federal questionou inquérito que culminou com acusação contra Michel Temer. Ao jornal ''Folha de S.Paulo'', ex-PGR criticou declaração.

20/11/2017 -

Procurador da Lava Jato critica declarações de novo diretor-geral da PF sobre investigações

Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou que não cabe a Fernando Segóvia emitir opinião sobre as denúncias na operação; diretor-geral da PF questionou investigação contra o presidente da República.

20/11/2017 -

Segovia diz que Temer ''continuará a ser investigado, sem nenhum problema''

Delegado assumiu oficialmente o comando da Polícia Federal e defendeu o direito de a corporação fechar delações premiadas.

20/11/2017 -

CPMI da JBS quer pedir prisão de Janot, diz jornal

De acordo com informações do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Janot e pessoas próximas a ele poderão ser indiciados pela comissão, presidida pelo senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO).

20/11/2017 -

Segovia põe em dúvida se ''uma única mala'' é suficiente para apontar se Temer praticou corrupção

Novo diretor-geral questiona assim trabalho da própria Policia Federal, que conduziu parte da investigação. Ele criticou PGR e disse que, 'sob a égide da PF', investigação teria durado mais tempo.

20/11/2017 -

Segóvia defende prerrogativa da PF de fechar delações premiadas

O assunto é motivo de divergências entre o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal.

20/11/2017 -

''Estou pronto para ficar e estou pronto para sair'', diz ministro da Agricultura

Blairo Maggi participou de Conferência Internacional sobre cooperação entre países em Brasília. ''O cargo é do presidente e ele determina o que pode ser feito'', disse, sobre reforma ministerial.

20/11/2017 -

Meirelles diz que nova versão da reforma da previdência ''deve ser apresentada ainda esta semana''

Idade mínima, regime único para servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada e regra de transição 'certamente' vão constar na versão, segundo ministro.

20/11/2017 -

Ministro dos Transportes participa de debate sobre a BR-163 nesta terça-feira (21), em Sinop

O debate será na Câmara de Vereadores de Sinop a partir das 9h.

20/11/2017 -

Segóvia defende atribuição da PF de fechar delações premiadas e diz que recebeu ''carta branca'' de Temer

Delegado assumiu oficialmente o comando da Polícia Federal e disse que a corporação não pode ter posicionamento político-partidário. Segóvia afirmou que terá atuação ''republicana''.

20/11/2017 -

Fernando Segóvia assume direção da PF e diz que combate à corrupção continuará ''agenda prioritária''

Delegado sucedeu Leandro Daiello, que comandou a PF por 6 anos. Novo diretor-geral prometeu 'continuidade' de operações, como a Lava Jato, e disse que há ''infeliz'' disputa com MP.

20/11/2017 -

No Dia da Consciência Negra, Temer destaca importância do combate ao preconceito

No Dia da Consciência Negra, o presidente Michel Temer usou sua conta no Twitter para destacar a importância do respeito à diversidade e do combate ao preconceito.

20/11/2017 -

Desde FHC, Temer é o presidente que, em média, mais edita medidas provisórias

Excesso de MPs provocou rusgas na relação de Temer com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Em 18 meses, peemedebista editou 83 MPs, média de uma a cada 6,5 dias de governo.

20/11/2017 -

Governador de MT participa de Missa de Ação de Graças em alusão aos 300 anos de Cuiabá

Cerimônia foi realizada na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus, no domingo.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora