Advogados deixam Silval após ele dizer que irá confessar crimes

Decisão se deve à recente postura do ex-governador em admitir confessar crimes

25/04/2017 - 06:11:20

   

Réu em todas as ações oriundas das cinco fases da Operação Sodoma, o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) terá uma nova defesa. Composta por cinco advogados, a banca que o representa protocolou renúncia ao trabalho.

De acordo com nota enviada à imprensa, o motivo é a nova postura do ex-governador, que vem admitindo fatos relacionados à investigação e já considera uma confissão.

“A defesa técnica vem sustentando versão oposta perante o Poder Judiciario, e considerando, ainda, a divergência atual entre a orientação destes advogados e o exercício pessoal da autodefesa, informamos que foi protocolada nos autos da mencionada operação renúncia ao mandato outorgado por ele nas respectivas ações penais”, diz trecho da nota.

Valber Melo, Ulisses Rabaneda, Francisco Faiad, Artur Osti e Renan Serra pontuam que ainda permanecerão responsáveis pela defesa de Silval nas ações oriundas da Operação Sodoma – que teve cinco fases até momento – pelo prazo de 10 dias ou até que novos advogados sejam constituídos pelo ex-governador.

Também que respeitam a nova postura adotada por Silval “um dos pressupostos inerentes ao exercício da ampla defesa” e agradecem publicamente a “confiança depositada em nosso trabalho”.

Confissão
Em uma carta aberta divulgada neste sábado (22), Silval negou que esteja fechando um acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Estadual (MPE). Admitiu, no entanto, pela primeira vez, “confessar” ilícitos de sua gestão à frente do Palácio Paiaguás.

A carta foi uma reação às notícias veiculadas ao longo da última semana dando conta de que ele estaria em fase avançada de tratativas junto ao MPE. Segundo as informações até então divulgadas, o ex-governador teria provas que poderiam ser juntadas ao acordo. Entre elas, estariam vídeos feitos por ele próprio entre os anos de 2010 e 2014.

No documento público, Silval afirmou que pretende assumir sua responsabilidade. Decisão tomada, segundo ele, após um período de reflexão e orientação com sua família. Pontuou, todavia, que irá continuar a se defender de “acusações injustas”, assim como permanecerá calado nos inquéritos criminais.

Acusações
De acordo com o Ministério Público Estadual, Silval Barbosa foi o chefe de uma organização criminosa que contou com a participação de diversos agentes públicos – entre ex-secretários de Estado e ex-presidentes de autarquias – durante o período em que comandou o governo de Mato Grosso.

Ao todo, o ex-governador já foi alvo de cinco mandados de prisão. Atualmente, está detido, desde setembro de 2015, no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC).

Somente oriundas da Operação Sodoma, Silval responde a 5 ações penais. As acusações, em geral, são de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa. São apurados esquemas diversos de desvio de dinheiro público por meio de fraude a licitações, concessão de incentivos fiscais e até desapropriações de áreas urbanas.  

O ex-governador é acusado ainda em duas ações penais e uma cível oriundas da Operação Seven, que apura um suposto desvio de R$ 7 milhões dos cofres do Estado. De acordo com as investigações, o esquema teria como base a compra de uma área rural de 727 hectares na região do Manso, que já pertenceria ao Estado e foi adquirida novamente com preço superfaturado em R$ 4 milhões.

A primeira prisão de Silval, no entanto, se deu no bojo das investigações da Operação Ararath, deflagrada pela Polícia Federal quando ele ainda comandava o Estado. Na época, o ex-governador foi alvo de mandado de busca e apreensão e acabou detido por porte ilegal de arma de fogo.

Leia a nota à imprensa:
"Tendo em vista a nova postura pessoal, amplamente repercutida na imprensa, do Sr. Silval da Cunha Barbosa pela qual passa a admitir, pontualmente, fatos no bojo da operação Sodoma, onde a defesa técnica vem sustentando versão oposta perante o Poder Judiciario ciário, e considerando, ainda, a divergência atual entre a orientação destes advogados e o exercício pessoal da autodefesa, informamos que foi protocolada nos autos da mencionada operação renúncia ao mandato outorgado por ele nas respectivas ações penais, com a devida e prévia aquiescência do constituinte.

Ao tempo em que respeitamos a nova postura adotada, como um dos pressupostos inerentes ao exercício da ampla defesa, agradecemos, publicamente, a confiança depositada em nosso trabalho por Silval Barbosa, desejando êxito no prosseguimento de sua defesa.                      

Informamos, por fim, que, por força do artigo 5º, §3º da Lei 8.906/94, estes profissionais permanecerão acompanhando os atos processuais nas respectivas ações penais pelo prazo de 10 dias, ou até a constituição de novo advogado, caso esta ocorra antes."

Valber Melo, Ulisses Rabaneda, Francisco Faiad, Artur Osti e Renan Serra

MT Agora - Laura Nabuco | Mídia News

Mais Noticias

Eleições 2018

Pivetta entra na disputa ao Paiaguás

Creche

Durante visita do governador em Lucas, vereador Marcos Paulista assevera: “O que nossa cidade precisa é de creche”

Tabuleiro Eleitoral

“Não tenho conversado com Mauro por opção minha”, diz Taques

Delação Da JBS

Aécio Neves vira réu no Supremo por corrupção e obstrução de Justiça

16/04/2018 -

Pivetta: “Estou pronto para qualquer função que for escalado”

Ex-prefeito diz que "só restou decepção" em relação a Taques

11/04/2018 -

Lucas: Câmara aprova mudanças no projeto que regulamenta funcionamento do comércio aos sábados

Oito vereadores participaram da sessão extraordinária realizada na tarde desta quarta-feira.

11/04/2018 -

Prefeito Binotti organiza vinda do governador a Lucas do Rio Verde

O governador Pedro Taques estará em Lucas nos dias 13 e 14 apresentando juntamente com o prefeito Luiz Binotti importantes obras e projetos

11/04/2018 -

Lucas: Prefeitura realiza audiência pública para debater a LDO 2019

Audiência foi realizada com a população para debater diretrizes orçamentárias

11/04/2018 -

Binotti avisa que Patrulha Rural de Lucas do Rio Verde será entregue esta semana

Prefeito ainda informou que recursos para a construção do CIEC já estão disponíveis

11/04/2018 -

Advogado de Lula diz que defesa prepara recursos a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazos para defesa apresentar recorrer se encerra no próximo dia 23. Recursos terão de ser protocolados no TRF-4, que decidirá se os envia aos tribunais superiores.

11/04/2018 -

Temer pede otimismo e diz que país não está em ''desgraça absoluta''

Segundo o presidente, assim como todos os países, Brasil tem dificuldades. Ele participou de um evento do setor de cooperativas em um hotel em Brasília.

11/04/2018 -

Moro e advogado de Lula discutem em audiência de Marcelo Odebrecht

Discussão começou logo no início da audiência de empresário Marcelo Odebrecht, após o advogado Cristiano Zanin dizer que a defesa foi prejudicada.

11/04/2018 -

Câmara dos Deputados aprova projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública

Projeto de lei permite a integração de informações de inteligência entre governo federal e estados. Com aprovação dos deputados, texto segue agora para análise do Senado.

11/04/2018 -

Visitas para Lula são adiadas por questões de segurança, diz PF

Presos da Polícia Federal, em Curitiba, recebem visitas às quartas-feiras; as de Lula foram mudadas desta quarta-feira (11) para quinta-feira (12).

11/04/2018 -

Membro do MBL MT é ameaçado por militante comunista após ser agredido em manifestação

A manifestação de esquerda aconteceu no dia 06 de abril, na Praça Alencastro, em Cuiabá e tinha como objetivo defender a inocência do ex-presidente Lula.

10/04/2018 -

Lucas do Rio Verde terá uma unidade da Escola Estadual Militar Tiradentes

O decreto, criando a escola, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (05)

09/04/2018 -

Defesa de Lula tem até 23 de abril para recorrer a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazo passou a contar à 0h desta segunda. Recursos terão de ser protocolados na segunda instância e caberá à vice-presidente do TRF-4 decidir se serão enviados aos tribunais superiores.

09/04/2018 -

PT anuncia transferência simbólica da sede do partido para Curitiba

Segundo o partido, mudança vai fazer com que as decisões sejam discutidas e divulgadas pelas lideranças na capital paranaense. Fisicamente, sede segue em São Paulo.

09/04/2018 -

''Manda esse lixo janela abaixo''; áudio durante voo de Lula para Curitiba entra na frequência do aeroporto de Congonhas

FAB confirmou a autenticidade da gravação e diz que não foi de controladores de voo; especialistas dizem que é quase impossível identificar autoria das ofensas.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora