Política

AL-MT aprova pedido de informações dos contratos do governo com Delta

Deputados querem saber quais os contratos existentes no estado de MT. Governo informou que mantém apenas locação de veículos da Delta.

Ericksen Vital | 11 de Maio de 2012 as 08h 49min
MT Agora - G1

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) aprovaram, na sessão desta quinta-feira (10), um requerimento pedindo informações ao governo do estado sobre os contratos em vigência mantidos com a empresa Delta Construções. A empreiteira teria supostas ligações com o empresário Carlinhos Cachoeira, preso por supostamente manter relações suspeitas com políticos e outras empresas. Em entrevista à TV Centro América, o governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou que já tomou medidas para apurar possíveis irregularidades nos contratos.

Silval Barbosa afirmou que a Auditoria Geral do Estado (AGE) já abriu procedimento para analisar minuciosamente o contrato firmado entre a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e a empresa Delta, envolvida nacionalmente em denúncias de corrupção. A pedido do governador, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) também está auditando o contrato da Sesp com a Delta. O governador disse que existe apenas um contrato com o estado. Porém, ele também determinou a suspensão do processo de criação da Loteria do Estado de Mato Grosso após a Polícia Federal flagrar que a Lemat interessava ao Cachoeira.

Em nota oficial divulgada à imprensa, a empresa Delta lamentou o envolvimento da empresa nestes episódios. Informou ainda que a empresa determinou uma ampla auditoria na Diretoria do Centro-Oeste e que as medidas serão colocadas à disposição das autoridades.

Segundo a assessoria de imprensa da assembleia, no requerimento aprovado constam pedidos de informações sobre possíveis contratos vigentes, além de cópias de documentos e processos licitatórios realizados pelo governo. O requerimento estabelece o prazo de 30 dias para a resposta dos pedidos. Enquanto isso no Congresso Nacional está em andamento uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para apurar os possíveis crimes cometidos por Cachoeira, que supostamente tem ligações com a Delta.

Em Mato Grosso, a Polícia Federal também está investigando o contrato firmado entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Delta para realizar a obra de duplicação da BR-364, na região da Serra de São Vicente, próximo a Rondonópolis, a 210 km de Cuiabá. Além disso, a Delta executa o serviço de coleta de lixo na capital do estado.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO