Faixa Preta

Alunos Judô Bope são consagrados faixas pretas

Luiz Gustavo Silva e os irmãos Natassiia e Gabriel Felsky são os primeiros judocas da academia, consagrados com um dos mais altos graus da modalidade esportiva, ao longo dos 9 anos de criação do projeto Judô Bope.

Fonte: Joelma Pontes | Assessoria
03 de Outubro de 2019 as 14h 20min

Os 9 anos do projeto Social Judô Bope renderam à academia de arte marcial, três novos senseis voluntários. Essa é a primeira vez, em quase uma década de existência do Judô Bope, que alunos são consagrados à faixa preta, ou yodansha, como é conhecido na cultura japonesa, o aluno formado que não tem apenas habilidades técnica, mas uma infinidade de razões para merecer um dos mais altos graus da modalidade esportiva, entre elas a disciplina e a humildade. A troca de faixa aconteceu nesta segunda-feira (30.09).

Luiz Gustavo, 24 anos, acadêmico de Direito, primogênito no Judô Bope, fala com propriedade quando o assunto é a sua troca de faixa. Ele foi um dos primeiros alunos da academia. Viu crescer o projeto, embora já conhecesse outras modalidades das artes marciais. Emocionado, ele contou dos momentos difíceis em que a decisão de seguir com o judô e ainda conciliar os três dias de treinos durante a semana, as aulas na escola e ainda ter que trabalhar.

“Para mim, chegar até aqui já é um passo gigantesco. Eu abdiquei de muitas coisas para me dedicar aos treinos porque sempre fui determinado e sabia onde queria chegar. Hoje, devo essa honra de ser um faixa preta, aos meus senseis, em especial o sensei Adalberto, que sempre me incentivou a não desistir, a minha família e amigos que até hoje torcem muito por mim e torcem comigo. Meus adversários também me fizeram chegar aqui”, observou Luiz.

Segundo o coordenador e um dos idealizadores do projeto, o subtenente do Bope, Adalberto Correa Junior, a consagração de um aluno é uma satisfação muito grande. Para ele, isso representa quase uma década de muito trabalho e reforça que o esporte quando bem aplicado é instrumento de doutrina e educação.

“Não é só entender de técnicas. É preciso socializar, entender de cultura, saber as técnicas e como aplicá-las. Saber evitar lesão, se recuperar e ainda continuar em frente mesmo com dores. Judô é evolução dentro e fora do tatame. E claro, o aluno precisar ter um sensei que possa graduá-lo e reconhecer sua evolução. Atrelado a isso, ainda trabalhamos o aspecto educacional. E, também a formação de bons cidadãos, pois os principais fundamentos são disciplina, coragem, hierarquia e lealdade”, pontou Adalberto.

Irmãos na vida e parceiros no tatame – Natassiia Feslky e Gabriel Felsky, unidos pela maternidade, os irmãos dividem o convívio dentro e fora do tatame. A dupla também foi consagrada com a faixa preta, responsabilidade que prometem levar para o resto de suas vidas, a exemplo dos pais, que também são judocas. No Judô Bope os irmãos Felsky já treinam há 8 anos.

Com lágrimas nos olhos, Natassiia, 19 anos, acadêmica de medicina, conta que a paixão pela modalidade esportiva falou mais alto. Para isso precisou abrir mão de muitos momentos para dedicar-se aos treinos puxados. São pelo menos 350 alunos divididos em três tatames (adolescentes, intermediário e kids), todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 18h30 às 20 horas. As aulas são gratuitas.

“Não tenho palavras para definir isso aqui (troca de faixa). Não é simplesmente uma faixa, não é a cor da faixa que me emociona. É olhar para um dos mais altos graus do judô e olhar para trás e lembrar todos os meus sacrifícios, dedicação, esforço e assiduidade aos treinos para conquistá-la. Quero levar para minha vida, com humildade sempre, a premissa de que todo faixa preta é o faixa branca que nunca desistiu”, observou a judoca, que agora é oficialmente sensei. 

De 2010 para cá, o projeto só cresceu. Já passaram pelos tatames mais de 4 mil alunos. O Judô Bope nasceu sem grandes pretensões, mas ao longo dos anos a busca incessante por treinar com excelência seus judocas, fez de Gabriel Felsky, 16 anos, um medalhista em potencial. O acadêmico de medicina já conquistou mais de 30 medalhas, inclusive em evento internacional, o ‘US-open’, realizado em Miami, nos Estados Unidos. Além disso, o futuro médico deixa de ser aluno para dar aulas, voluntariamente, no Judô Bope. 

“O caminho é longo, mas não é impossível. Amo o que faço e o judô é uma das minhas prioridades na vida. E ser consagrado faixa preta, para mim, é mais que uma honra. É resultado de tantas renúncias que já fiz. A vida é isso, feita de renúncias foco e persistência. É lutar pelo que quer”, Gabriel Felsky.

Exame de faixa – Além dos três alunos que começaram praticamente no mesmo ano que nasceu o projeto Judô Bope, em 5 de outubro de 2010, também foram consagrados mais quatros judocas adultos, voluntários da academia. No total, foram 23 candidatos de Mato Grosso se qualificaram para o certame. A avaliação teórica abordou conhecimentos sobre judô, arbitragem, teve também prova prática das técnicas do judô e kata.


COMENTARIOS

Mais de Política

Fundo Antidroga

Arrecadação para Fundo Antidrogas dobra em 2019

Ministro Moro promete quintuplicar valor até 2022

14 de Janeiro de 2020 as 19h09

Desenvolvimento Econômico

Paulo Nunes irá assumir a secretaria de Desenvolvimento em Lucas Rio Verde

Formado em Direito e com Pós-Graduação em Gestão Pública. É empresário e comerciante, tendo atuado no ramo de combustível e imobiliário

14 de Janeiro de 2020 as 07h50

Contas Aprovadas

Deputados de MT aprovam contas do ex-governador Pedro Taques referentes ao exercício 2018

Contas haviam sido reprovadas na Comissão de Fiscalização e Orçamento pela relatora do processo, deputada Janaína Riva (MDB).

13 de Janeiro de 2020 as 14h34

Segurança Pública

141 cidades mato-grossenses serão contempladas por lei de Fávero

Silvio Fávero recebeu apoio dos colegas e conseguiu derrubar veto do governo de projeto que destina recurso para Saúde

11 de Janeiro de 2020 as 19h42

Saúde

AL garante que 50% das multas arrecadas pelo TCE vão para Saúde de MT

Atualmente, recursos vão integralmente para fundo de reaparelhamento do TCE

11 de Janeiro de 2020 as 17h51

Eleição Senado

Data para eleição de senador em MT deve ser definida após recesso do TRE

Mato-grossenses irão às urnas para eleger o senador que deve assumir o lugar de Selma Arruda.

07 de Janeiro de 2020 as 15h12

Inativos do Estado

Mais de 77% se aposentaram antes de completar 60 anos em MT

A informação consta em levantamento feito pelo Mato Grosso Previdência (MT Prev)

06 de Janeiro de 2020 as 21h23

De volta ao trabalho

Deputados de MT devem votar contas de ex-governador e LOA após pausa para festas de fim de ano

Segundo a assessoria da Assembleia Legislativa, nenhum deputado vai receber a mais por trabalhar em janeiro, além do salário deles.

06 de Janeiro de 2020 as 20h51

Saúde

Geller anuncia recurso no valor de R$ 1,5 milhões para Hospital São Lucas

O valor é oriundo de recurso extra-orçamentário, o qual o parlamentar trabalhou para beneficiar a população luverdense.

29 de Dezembro de 2019 as 08h21

Limpa Pauta

Vereadores fazem 5 sessões no mesmo dia para limpar pauta após feriado de Natal

Depois da 'limpeza', o vereadores entram em recesso e devem retornar as atividades no início de fevereiro.

27 de Dezembro de 2019 as 08h39

Impeachment de Trump

Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump; processo segue para o Senado

Ele foi acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso e foi o terceiro presidente na história do país a sofrer impeachment. Trump continua no cargo enquanto espera julgamento no Senado, que deve acontecer em janeiro.

18 de Dezembro de 2019 as 23h03

Visita

Deputado estadual Silvio Favero visita FCDL/MT

Esse é um trabalho que vem somar com a entidade e que trará bons resultados para a classe empresarial.

18 de Dezembro de 2019 as 00h50

Comissão

CCJR aprova derrubada de veto a projeto que autoriza criação de aplicativo em defesa da mulher

Colegiado analisou 20 matérias em reunião ordinária

18 de Dezembro de 2019 as 00h39

Emendas

Emendas de Fávero priorizam segurança, saúde e educação

Parlamentar também indica aporte financeiro à agricultura familiar e esporte.

18 de Dezembro de 2019 as 00h38

Multa

Gestor da Câmara de Lucas e fiscal de contrato são multados em 10 UPFs

As contas de gestão de 2018, de responsabilidade de Mano, foram julgadas pela 1ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso em sessão ordinária na semana passada.

17 de Dezembro de 2019 as 07h54

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO