Repercussão

Bolsonaro conversará com Moro sobre vazamentos da Lava Jato

O Palácio do Planalto informou hoje (10) que o presidente Jair Bolsonaro não vai comentar o vazamento de supostas conversas entre o ministro Sergio Moro e procuradores da Lava Jato, divulgadas pelo The Intercept Brasil.

10 de Junho de 2019 as 23h 35min

O Palácio do Planalto informou hoje (10) que o presidente Jair Bolsonaro não vai comentar o vazamento de supostas conversas entre o ministro Sergio Moro e procuradores da Lava Jato, divulgadas pelo The Intercept Brasil. Uma reportagem publicada pelo site de notícias revelou trechos de mensagens atribuídas a Moro e a membros da força-tarefa da operação que apontariam para uma suposta “colaboração proibida” entre o então juiz federal da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba e os procuradores. Bolsonaro e Moro deverão se reunir amanhã (11), no Palácio do Planalto, para tratar do assunto. 
 
"Em relação às notícias referentes ao vazamento de informações sobre a Operação Lava Jato, o presidente da República não se pronunciará a respeito do conteúdo de mensagens e aguardará o retorno do ministro Moro para conversar pessoalmente, em princípio amanhã", informou o porta-voz da Presidência da República, Octávio Rêgo Barros.

Segundo o porta-voz, só a partir da conversa com Moro é que o presidente deverá definir o que fazer em relação ao caso, para que o episódio não atrapalhe os planos do governo para retomar a economia do país. 

"A importância [dessa reunião] é o presidente conhecer, do próprio ministro Sérgio Moro, sua percepção e, a partir dessa conversa, traçar linhas de ação e estratégias para avançar no sentido de que tenhamos o país no rumo certo, em particular, no tema economia e, obviamente, outros temas que possam estar tangenciando esse tema e precisam ser solucionados o mais rapidamente possível", disse. 

Questionado sobre eventual possibilidade de afastamento de Moro do cargo, Rêgo Barros foi taxativo: "jamais foi tocado neste assunto".

Pacto entre Poderes

O porta-voz do governo informou que representantes dos três Poderes da República deverão assinar, na semana que vem, um pacto de entendimento com metas e ações que as instituições vão buscar, em conjunto, em favor da retomada do crescimento do país. A carta-conjunta estava prevista para ser assinada essa semana, mas Otávio Rêgo Barros disse que o texto ainda passa por ajustes. 

"O presidente e ministros do governo, em especial, o ministro Onyx Lorenzoni, mantém um intento de buscar um pacto para que as principais necessidades da população brasileira sejam colocadas em prioridade nas discussões e decisões dos três Poderes nacionais. Em relação ao prazo, nós temos uma previsão, ainda a confirmar-se, de que na semana que vem, a efetivação desse pacto se faça por meio da firma do documento", informou. 


Fonte: Pedro Rafael Vilela | Agência Brasil

COMENTARIOS

Mais de Política

Trânsito

Vereadores aprovam alterações na lei que regulamenta o transporte por aplicativo

As mudanças foram solicitadas pelos condutores. Entre as principais alterações, está o aumento para oito anos no tempo de uso do veículo

25 de Junho de 2019 as 14h39

Devido A Viagem

Sergio Moro adia ida à Câmara para falar sobre troca de mensagens

O ministro já se colocou à disposição para participar da audiência em outra data a ser definida.

24 de Junho de 2019 as 23h17

Nova Lei

Cartórios devem informar óbitos em até 24 horas, diz Bolsonaro

No Twitter, ele citou nova lei de combate a fraudes previdenciárias.

24 de Junho de 2019 as 23h12

Agências Reguladoras

Bolsonaro diz que vai vetar lista tríplice para agências reguladoras

Presidente quer manter poder de influência nos órgãos.

24 de Junho de 2019 as 23h02

Reforma Da Previdência

Governo deve apresentar mudanças na reforma da Previdência

Devem ser feitas alterações em regras do BPC e para policiais federais.

24 de Junho de 2019 as 22h50

Secretaria Geral

Jorge Oliveira assume a Secretaria-Geral que passa a ter novas atribuições

Secretaria passa a abranger a Subchefia para Assuntos Jurídicos (SAJ) e a Imprensa Nacional, responsável pelo Diário Oficial da União.

24 de Junho de 2019 as 21h41

Cerimônia De Posse

Novo ministro da Secretaria-Geral toma posse no Palácio do Planalto

Na cerimônia, Floriano Peixoto assume presidência dos Correios.

24 de Junho de 2019 as 21h33

Xingamentos

Deputado é acionado por quebra de decoro e pode perder mandato

PSB diz que José Medeiros quebrou decoro na discussão em que chamou colega de

24 de Junho de 2019 as 10h58

Declaração

Bolsonaro diz que Legislativo quer deixá-lo como rainha da Inglaterra

Bolsonaro diz que Legislativo quer deixá-lo como rainha da Inglaterra

22 de Junho de 2019 as 16h15

Projeto De Lei

Bolsonaro vai enviar projeto para dar garantia jurídica a policiais

Ele quer militares ''condecorados e não processados'' após uma missão

22 de Junho de 2019 as 01h25

Mudança No Poder

Sem falar em privatização dos Correios, novo presidente diz que missão é resgatar ''credibilidade''

Sem falar em privatização dos Correios, novo presidente diz que missão é resgatar 'credibilidade'

22 de Junho de 2019 as 01h13

Governo Bolsonaro

Jorge Oliveira é o novo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República

O presidente Bolsonaro anunciou ainda que o ex-ministro Floriano Peixoto irá presidir os Correios

21 de Junho de 2019 as 23h18

Governo Bolsonaro

Floriano Peixoto, ministro da Secretaria-Geral, deve ser nomeado presidente dos Correios

General da reserva, Peixoto assumirá no lugar do general Juarez Cunha, cuja demissão foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada.

20 de Junho de 2019 as 23h42

Governo Bolsonaro

Bolsonaro: abro mão da reeleição se Brasil passar por reforma política

Presidente participou da Marcha para Jesus em São Paulo.

20 de Junho de 2019 as 23h07

Aeronáutica

Presidente participa de Formatura de Sargentos da Aeronáutica em São Paulo

''Eu conto com vocês para que, juntos, façamos realmente um Brasil melhor para todos'', disse Bolsonaro

19 de Junho de 2019 as 22h44

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você é a favor ou contra a greve na Educação em Mato Grosso?

A favor

Contra

Tanto faz

Parcial
veja +

COTAÇÃO