Congresso Nacional

Câmara volta ao trabalho com expectativa de instalação da CCJ

Plenário poderá votar pautas prioritárias da bancada feminina.

10 de Março de 2019 as 17h 30min

Após o recesso de carnaval, os deputados retomam os trabalhos esta semana com a expectativa de instalação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para dar início à tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, na sexta-feira (8), que espera instalar nesta quarta-feira (13) as 12 principais comissões permanentes da Câmara, inclusive a CCJ, a primeira a analisar a reforma da Previdência. A proposta ainda passará por uma comissão especial antes de seguir para o Plenário, onde precisa ser aprovada por três quintos dos deputados em dois turnos de votação.

Maia reforçou que os partidos esperam o envio do projeto de lei que altera o regime previdenciário dos militares para que tramite de forma conjunta com a PEC. Segundo ele, o encaminhamento da proposta dos militares pelo governo é fundamental para dar garantia a alguns partidos e para que haja mais conforto na tramitação das duas matérias.

O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), reiterou que a tramitação da PEC só vai caminhar de fato após o governo federal enviar o projeto dos militares. “Eu penso que o Rodrigo pode até instalar, mas os líderes não vão fazer as indicações para a composição da CCJ enquanto o governo não mandar a proposta dos militares”, disse o líder do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Para o líder do DEM na Câmara, Elmar Nascimento (BA), o Palácio do Planalto precisa se debruçar e lutar por sua principal pauta econômica, que é a reforma previdenciária. “O ideal é a mobilização das redes e das ruas para um tema central, mostrando disposição para o debate e a articulação política”, disse o líder, por meio de sua assessoria.

Pautas femininas

O plenário poderá votar pautas consideradas prioritárias pela bancada feminina. Três projetos tramitam em regime de urgência e poderão ser analisados esta semana, entre eles a proposta que determina ao juiz do caso de violência contra a mulher ordenar a apreensão de arma de fogo eventualmente registrada em nome do agressor. A proposição insere dispositivos na Lei Maria da Penha para prevenir o feminicídio.

Outra matéria que pode ser apreciada é a que altera as regras da reforma trabalhista sobre trabalho insalubre para gestantes ou lactantes. Se hoje a mulher grávida ou lactante pode trabalhar em área insalubre, a não ser que haja atestado médico contrário, o projeto estabelece que apenas um atestado pode permitir o trabalho insalubre para essas mulheres.

Os deputados também poderão analisar projeto que quer combater acusações falsas de alienação parental e abuso sexual contra crianças e adolescentes, tornando obrigatória a realização de uma perícia. A ideia é evitar que o agressor de uma mulher a ameace com a perda da guarda dos filhos se ela denunciar agressões.

Brumadinho

A comissão externa da Câmara criada para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, volta a se reunir na terça-feira (12).

Foram convidados o subprocurador-geral da República e coordenador da 4ª Câmara – Meio Ambiente e Patrimônio Cultural, Nívio de Freitas Silva Filho, o superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Joaquim Mendanha de Ataides, o presidente da seção brasileira da Associação Internacional de Direito de Seguros, Inaldo Bezerra Silva Júnio, entre outros.


Fonte: Ana Cristina Campos | Agência Brasil

COMENTARIOS

Mais de Política

Verba Indenizatória

Deputados de MT têm maior verba indenizatória do Brasil, com R$ 65 mil enquanto média nacional é de R$ 31 mil

Além do salário de R$ 25 mil, os parlamentares recebem verbas complementares para custeio. A maior delas é a verba indenizatória. que subiu mais de 300% entre 2010 e 2015.

18 de Maio de 2019 as 17h04

Redução de V.I

Janaina vê demagogia; Ulysses rebate: “De Riva quero distância”

Cada parlamentar tem direito a R$ 65 mil de verba para cobrir despesas do exercício da função

17 de Maio de 2019 as 09h54

Investimento

Projeto pretende destinar 50% da arrecadação de multas pagas por gestores municipais à saúde

Atualmente, os recursos provenientes das multas são transferidos ao Fundo de Reaparelhamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

16 de Maio de 2019 as 21h44

Gestão

Vereadores aprovam projeto e servidores municipais terão 4.58% de RGA

O índice corresponde a reposição inflacionária dos últimos 12 meses, medida pelo IPCA. A data base do funcionalismo público municipal é o mês de maio

16 de Maio de 2019 as 20h59

Verba Indenizatória

Comissão aprova pela 2ª vez projeto que prevê redução da verba indenizatória de deputados de MT de R$ 65 mil para R$ 32,5 mil

O relator do projeto na CFAEO, o deputado estadual Sílvio Fávero (PSL), emitiu parecer favorável à aprovação da propositura, sendo acompanhado pelos deputados Valmir Moretto (PRB) e Nininho (PSD).

16 de Maio de 2019 as 10h41

Retratação

Após emitir nota, presidente da Assembleia quer retratação oficial da Aprosoja

Janaína Riva deixou claro que ficou “chateada” com os memes e que se cogitou a tomar uma ação além da nota de esclarecimento.

16 de Maio de 2019 as 10h29

Saúde

Carteira de vacinação torna-se documento obrigatório para a matrícula nas escolas

O projeto é de autoria do vereador Airton Callai e tem como objetivo fazer com que os pais mantenham a vacinação dos filhos em dia

08 de Maio de 2019 as 18h33

Grampos

Ex-governador de MT fala pela primeira vez sobre esquema de grampos ilegais e se diz inocente

Ex-governador Pedro Taques diz que quer ser ouvido no caso, com imparcialidade.

15 de Maio de 2019 as 09h59

Locação de Carros

ALMT diz que vai cobrar de ex-deputados valores de locação de carros pagos pelo órgão após fim do mandato

Caso o acordo não seja cumprido, a Corregedoria da ALMT deve tomar outras medidas necessárias, de acordo com a assessoria da Casa de Leis.

15 de Maio de 2019 as 09h50

Voto Secreto

Comissão aprova fim do voto secreto para a escolha de conselheiros do TCE e presidente da ALMT

Na Assembleia, o voto secreto ainda está vigente na aprovação dos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado indicados pelo governador, na cassação de mandato de deputado e na apreciação de vetos do governador.

09 de Maio de 2019 as 09h39

Títulos de Eleitores

Cerca de 43 mil eleitores terão título cancelados por não votarem nas últimas três eleições, diz TRE-MT

Prazo para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral acabou na segunda-feira (6). O eleitor com título cancelado está impedido de exercer direitos, como: obter passaporte e exercer cargo público.

08 de Maio de 2019 as 10h14

Despesas

Despesas dos deputados de MT em 2019 ultrapassam R$ 2 milhões; veja quanto cada um gastou

Juntos, os oito deputados gastaram R$ 403.144,60 com verba indenizatória. A maior parte foi usada para a locação de automóveis e divulgação da atividade parlamentar.

08 de Maio de 2019 as 10h04

Medidas Contra Corrupção

Selma Arruda se reúne com Moro para discutir medidas contra a corrupção

O relatório da MP 870 deve ser votado nesta quarta-feira, na comissão parlamentar mista que analisa o assunto. A medida vence no dia 3 de junho.

08 de Maio de 2019 as 09h57

Gestão

Vereadores aprovam as contas de governo do prefeito Luiz Binotti, referentes a 2017

As contas vieram com parecer favorável a aprovação por parte do TCE, porém com recomendações. No Legislativo, o relatório foi aprovado com sete votos favoráveis e dois contrários

07 de Maio de 2019 as 18h55

Gestão

Vereadores aprovam projeto autorizando a venda da área do antigo Posto Central

Serão vendidos por meio de concorrência pública cinco terrenos. A expectativa é arrecadar aproximadamente R$ 6 milhões

07 de Maio de 2019 as 18h53

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você acha que Bolsonaro está certo ao contingenciar verbas das Universidades federais?

Sim

Não

Não sei

Parcial
veja +

COTAÇÃO