Câmara de Vereadores aprova Moção de Repúdio contra a Reforma da Previdência

A moção tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a proposta que mexe nos direitos do trabalhador

10/04/2017 - 05:55:03

   

Como forma de protestar contra o modelo de reforma estabelecido na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) n. 287/2016, os vereadores de Lucas do Rio Verde elaboraram e aprovaram uma Moção de Repúdio contra a Reforma da Previdência.

De autoria dos vereadores, professora Cristiani Dias e dr. Jaime Floriano, o documento tem como objetivo, chamar a atenção da sociedade para o projeto que retira direitos conquistados pelos trabalhadores.

Um dos principais pontos da proposta, que tramita no Congresso Nacional, é o aumento da idade mínima para a aposentadoria. Com a nova regra, 65 anos, os homens terão cinco anos a mais de trabalho e as mulheres, dez anos.

“Nós, enquanto militantes de sindicato, conhecedores do sacrifício que o trabalhador teve nesses anos de luta para garantir os seus direitos, não podemos aceitar que a Reforma da Previdência venha retirar direitos constituídos ao longo dos anos. Existe uma discordância muito grande entre a proposta do governo e se manter a dignidade do trabalho no Brasil”, ressaltou a vereadora.

Além da moção de repúdio, estão sendo programadas, em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), outras manifestações que serão realizadas ao longo do mês de abril.

A programação inclui também uma audiência pública, ainda sem data definida, com a participação de deputados federais. “A nossa intenção, é reunir as entidades e trabalhadores e fazer um grande movimento, mostrando para o Brasil que Lucas do Rio Verde não concorda com a reforma”, destacou a professora Cristiani.

Para o vereador dr. Jaime Floriano, da forma como está sendo apresentada, a Reforma da Previdência significa um grande retrocesso nas relações trabalhistas do Brasil, o que possibilita, em médio e longo prazo, o agravamento da crise econômica e social brasileira.

“É preciso buscar outras formas para resolver o déficit da previdência, que não penalizem o trabalhador. Não podemos aceitar que aqueles que ganham menos, paguem pela má gestão da previdência.”

Aprovada na última sessão, realizada no dia 3 de abril, a Moção de Repúdio será encaminhada aos deputados e senadores para que tomem conhecimento do ato e votem contra a reforma.

MT Agora - Marcello Paulino | Ascom

Mais Noticias

Legislativo

Vereadores aprovam um projeto, uma Moção e apresentam três indicações

Baleia Azul

Vereadores, Educação, Saúde e órgãos de segurança se unem contra os jogos da internet

Renúncia Coletiva

Advogados deixam Silval após ele dizer que irá confessar crimes

Casa de Apoio

Vereador dr. Jaime solicita a criação de uma casa para abrigar os familiares dos pacientes internados no HSL

23/04/2017 -

Silval nega acordo de delação, mas diz que vai confessar crimes

Ex-governador do Estado afirma que nova postura é fruto de "reflexão" e orientação da família

23/04/2017 -

“Pró-família” vai custar R$ 48,6 milhões e atender 35 mil famílias

Auxílio será de R$ 100 mensais, conforme o Governo do Estado; beneficiários receberão cartões

19/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Lucas do Rio Verde será a “Capital da Agroindústria”

Ainda no segmento da produção de alimentos, foi aprovada uma Moção de Aplausos ao Show Safra BR 163

19/04/2017 -

PF combate fraudes no seguro-desemprego em MT e mais 3 Estados

Investigações apontam rombo de mais de R$ 3 milhões por meio de benefícios concedidos de maneira irregular

19/04/2017 -

Vereador cobra redução do pedágio na BR-163 entre Sinop e Sorriso

"Neste momento vemos que é necessário a intervenção de todos os poderes para que não ocorram mais prejuízos aos cidadãos brasileiros"

18/04/2017 -

Presidente da Assembleia minimiza polêmica criada por título de cidadão mato-grossense para Lula

. Apesar do nome de Lula estar envolvido nos escândalos recentes de corrupção, ainda não há nenhuma condenação - o que não desabonaria a homenagem.

18/04/2017 -

Treze de Mato Grosso são citados em delações da Odebrecht

O último nome de Mato Grosso revelado foi o do ex-prefeito de Colniza Assis Raupp (PMDB). Ele aparece na lista da Odebrecht como um dos beneficiários de repasses de propina da empresa, de acordo com o Estadão.

18/04/2017 -

Projeto prevê verba indenizatória de R$ 6 mil a jornalistas e assessores jurídicos da ALMT

Proposta da Mesa Diretora prevê verba indenizatória a assessor de imprensa de gabinete e assessor jurídico de gabinete. Projeto ainda precisa ser aprovado.

13/04/2017 -

Associação Batista Luverdense é declara de “Utilidade Pública”

O título possibilita que a entidade possa firmar convênio com o poder público municipal e receber recursos para a realização de projetos sociais

13/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto destinando R$ 45 mil para a Comunidade São Cristóvão

Serão nove parcelas, sendo a primeira de R$ 9 mil e as outras de R$ 4.500,00.

13/04/2017 -

Prefeito recua e revoga decreto que liberava comércio de funcionar no feriado municipal

Com sua decisão, as empresas que estavam se organizando para abrir agora terão que ficar fechadas.

11/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e supermercados poderão funcionar até às 22h

A alteração no Código de Posturas do Município permite que os estabelecimentos comerciais funcionem até mais tarde sem a necessidade de alvará especial

11/04/2017 -

Representantes da Rota do Oeste virão a Lucas do Rio Verde explicar atrasos nas obras de duplicação da BR 163

A audiência foi uma solicitação do presidente da Câmara, vereador Mano, durante audiência pública, realizada ontem (06), em Cuiabá

05/04/2017 -

Vereadores autorizam e prefeitura destinará recursos para a Groslândia e Itambiquara

Para a Groslândia serão destinados R$ 90 mil e para Itambiquara, R$ 27.500. Os valores devem ser investidos na limpeza e manutenção das comunidades

05/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e campanha do IPTU 2017 será lançada este mês

Em relação ao valor cobrado em 2016, houve um aumento de aproximadamente 11%