CPI da Saúde: Vereadores de Lucas realizam primeira oitiva com ex-presidente do conselho de Saúde

A comissão investiga possíveis irregularidades na contratação de Oscip que presta serviços ao município na área de saúde.

23/11/2017 - 17:30:11

   

Foi realizado na manhã de hoje (23) na Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde a primeira oitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o termo de parceria entre a Prefeitura Municipal e a Oscip – Associação de Gestão e Programas, que gerencia a contratação de profissionais na área da Saúde.

A denúncia que foi protocolada pelo ex-presidente do Conselho Municipal de Saúde, Victor Stefanello, aponta que um orçamento apresentado pela Fundação Luverdense de Saúde para a realização do mesmo serviço, seria mais barata e daria uma diferença de cerca de R$ 40 mil do total por mês.

Na oitiva, Stefanello concedeu esclarecimentos aos membros da CPI, vereadores Jaime Floriano (presidente), Cristiane Dias (relatora) e Dirceu Cosma (membro), sobre reuniões que participou e sobre o surgimento desse orçamento. Um pouco atrapalhados, com perguntas repetidas e até em alguns momentos tendenciosos, a oitiva durou pouco mais de 30 minutos.

No final Stefanello afirmou à imprensa que acredita que a oitiva foi bem esclarecedora e espera que os vereadores tomem os cuidados na investigação pois trata-se de dinheiro público.

“Eu defendo a investigação, pois o preço da Fundação é sim mais barato do que foi contratado com a Oscip e se eles (vereadores) fizerem uma boa condução dos trabalhos aqui eles vão identificar isso sim” disse ele.

Dirceu Cosma, reconheceu que a primeira oitiva foi falha e que as próximas precisam melhorar, entretanto avaliou como positivo trabalho e que novos envolvidos devam ser ouvidos.

“Levamos de uma forma de julgamento, e na verdade era o dia de ouvir o Victor e não julgar, acredito que nesse ponto foi um pouco falho, mas deu para pegar vários pontos onde realmente a denúncia tem fundamento. A partir de agora precisamos ouvir os outros envolvidos, a Fundação, administração, pois o orçamento apresentado tem que ser considerado pois é mais barato e o dinheiro é público” declarou o membro da CPI.

O presidente da CPI, declarou que tentou conduzir os trabalhos em cima da denúncia de irregularidade do contrato e explicou os impedimentos do hospital em participar da licitação.

“O hospital como fundação, não pode participar de licitações e a partir do momento que o chegaram em uma acordo, a prefeitura tomou as rédeas da forma que precisava e fez a licitação convocando as Oscips. A partir daí o hospital (fundação) estava fora da concorrência” explicou o vereador Jaime Floriano.

A próxima etapa conforme disse Jaime, ainda será de análise das declarações do ex-presidente do conselho, para que assim possa dar sequência ou não nas oitivas.

MT Agora - Cenário MT

Mais Noticias

Política

Vereadores aprovam projeto que proíbe a inauguração de obras não concluídas

Gestão

Vereadores aprovam a destinação de recursos para o Hospital São Lucas e Alpatas

RGA

Presidente da Câmara Mano discute RGA com representantes dos sindicatos dos servidores

Legislativo 2018

Vereadores aprovam novos projetos denominando ruas do município

17/05/2018 -

“Eu fui punido porque o Câmara Cidadã fazia as funções do Executivo”, afirma Callai

A decisão do Tribunal de Contas não interfere no atual mandato, uma vez que em 2016, o processo estava em julgamento. O resultado ainda cabe recurso

16/05/2018 -

Traficante preso no nortão pode estar envolvido com políticos

Esquema teria envolvido 200 laranjas e movimentado até R$100 milhões entre 2014 e 2017

15/05/2018 -

Voluntários de Lucas do Rio Verde retomam campanha em prol do Hospital de Câncer de Mato Grosso

Serão arrecadados donativos que serão sorteado e leiloados, após almoço beneficente. O evento será no dia 8 de julho

14/05/2018 -

Vereador Dr. Wagner cria projeto de incentivo a doação de medicamentos

A ideia é que os medicamentos sejam entregues nas unidades de saúde e destinados as famílias carentes

14/05/2018 -

Vereadores se comprometem em discutir RGA com o Poder Executivo

A proposta encaminhada pela prefeitura é 3.3% de revisão anual e R$ 240 de vale-alimentação. Os servidores pedem 8% e R$ 280 de vale-alimentação

11/05/2018 -

"Pivetta é o candidato, independentemente do DEM", diz Zeca

Deputado diz que Democratas não definiu se é "oposição ou situação"

10/05/2018 -

“Querem jogar o nome da minha família no lixo; não vou permitir”

Governador do Estado disse nesta quinta que não conhece processo e citou direito à ampla defesa

10/05/2018 -

Sócio da EIG diz ter pago R$ 2,6 mi de propina a Paulo Taques

José Gonçalves Neto contou que valor era para que Estado mantivesse a contratação da empresa

09/05/2018 -

Assembleia não pode revogar prisão de deputado preso durante operação em MT, diz desembargador

Deputados revogaram decisão do STF e soltaram deputado preso no ano passado. Magistrado destacou que deputados estaduais não possuem as mesmas prerrogativas de deputados federais e senadores.

09/05/2018 -

Deputado Savi e ex-secretário Paulo Taques são presos pelo Gaeco por propina no Detran

Estão presos o deputado estadual Mauro Savi, que também foi afastado do Parlamento Estadual e o ex-chefe da Casa Civil, Paulo César Zamar Taques.

08/05/2018 -

TCE homologa veto a 13º salário de vereadores na atual legislatura

Conselheiro diz que aprovação de benefício por parlamentares atuais fere disposto constitucional

08/05/2018 -

Sefaz diz ter desarticulado esquema que sonegou R$ 13 milhões em MT

Mercadorias eram vendidas sem o recolhimento do ICMS em operações sujeitas a regime especial

08/05/2018 -

Deputados de MT retornam após feriadão prolongado do Dia do Trabalho e 13 dias sem sessão

Atividades devem ser retomadas nesta terça-feira (8). Última sessão foi realizada no dia 25 do mês passado.

04/05/2018 -

Pivetta cita Mauro, mas diz que tem “entusiasmo” para concorrer

Ex-prefeito de Lucas do Rio Verde diz que está andando pelo Estado e se apresentando como candidato

27/04/2018 -

Deputados autorizam governo de MT a emprestar R$ 51 milhões para a compra de maquinários e carros

Da oposição, Janaína Riva (MDB) criticou o empréstimo, mas votou favorável. Líder do governo na Assembleia alegou que estado tem capacidade de endividamento.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora