Política

Deputados prorrogam CPI que investiga o governo de MT por uso de verba de fundos por mais 180 dias

O prazo, segundo os integrantes da CPI, foi prorrogado para a conclusão dos trabalhos e a entrega do relatório final. Comissão foi aberta em janeiro deste ano.

Mais 180 Dias | 05 de Julho de 2018 as 16h 55min
MT Agora - G1 MT

Os deputados de Mato Grosso prorrogaram por 180 dias a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a aplicação de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Fundo Estadual de Transportes e Habitação (Fethab).

O prazo, segundo os integrantes da CPI, foi prorrogado para a conclusão dos trabalhos e a entrega do relatório final. A decisão foi tomada na terça-feira (3).

A CPI foi criada em janeiro deste ano. A criação da comissão foi proposta por lideranças partidárias para investigar os recursos arrecadados por meio desses fundos e onde aplicou esse dinheiro.

À época, em nota, o governo do estado nega irregularidades no recolhimento e na aplicação de recursos do Fethab e Fundeb.

Quinze deputados assinaram o requerimento par a abertura da CPI.

Segundo o documento, é de longa data o descontentamento acerca dos montantes arrecadados e distribuídos no estado e que, por diversas veses, os prefeitos buscam obter informações sobre os repasses e não conseguem.

Ainda na reunião, os membros da CPI aprovaram a efetivação do deputado Wagner Ramos (PSD) como membro da comissão. Ele substituí o deputado Mauro Savi (DEM), preso durante uma operação.

Os membros da comissão alegam aguardar a remessa de documentos do Tribunal Estadual de Contas (TCE-MT).

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO