Política

Governador exonera 244 servidores comissionados até a 2ª semana de gestão em MT

Cortes atingiram 15 secretarias. Maioria dos servidores demitidos atuava nas secretarias de Cidades, Infraestrutura e Meio Ambiente.

Redução De Gastos | 11 de Janeiro de 2019 as 01h 50min
Fonte: G1 MT

Governo exonera 244 servidores comissionados de 15 secretarias — Foto: Marcos Vergueiro / GCOM MT

O governo do estado publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (10), 244 exonerações de servidores públicos comissionados. Os cortes atingiram 15 secretarias.

A maioria dos servidores demitidos estavam lotados nas secretarias estaduais de Cidades, Infraestrutura (Sinfra) e Meio Ambiente (Sema).

Desde que foi eleito, em outubro do ano passado, o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou a intenção de exonerar, pelo menos, três mil servidores comissionados, como forma para "enxugar" a folha de pagamento.

A redução de cargos comissionados também faz parte das medidas para recuperar os cofres públicos, já que, segundo Mauro Mendes, o estado tem uma dívida em torno de R$ 4 bilhões.

Pacote de medidas

Com um déficit de quase R$ 1,7 bilhão, o governo apresentou nesta quinta-feira (10) quatro projetos à Assembleia Legislativa.

Os projetos que visam reduzir de 24 para 15 secretarias; extinguir seis empresas mistas; criar uma nova edição do Fundo Estadual de Transportes e Habitação (Fethab); regulamentar os critérios para a concessão da Revisão Geral Anual (RGA); sancionar uma versão estadual da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019, com modificações.

O projeto prevê receita total pouco superior a R$ 19,2 bilhões e despesas estimadas em aproximadamente R$ 20,9 bilhões, ou seja, há déficit previsto de quase R$ 1,7 bilhão.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sábado

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO