Política

Governo publica prorrogação dos incentivos do Recine e da Lei do Audiovisual até 2019

Promulgação foi publicada nesta terça-feira no ''Diário Oficial da União''. Em agosto, Temer vetou a prorrogação dos incentivos, porém o Congresso derrubou o veto na última semana.

Até 2019 | 28 de Novembro de 2017 as 13h 10min
MT Agora - G1

O presidente Michel Temer promulgou nesta terça-feira (28) a prorrogação até dezembro de 2019 de incentivos previstos na Lei do Audiovisual e no Regime Especial de Tributação para Desenvolvimento da Atividade de Exibição Cinematográfica, o Recine.

Em agosto, Temer vetou a prorrogação, aprovada pelo Congresso Nacional na medida provisória 770. O veto do presidente, porém, foi derrubado na última quarta-feira (22) por deputados e senadores. Com isso, a prorrogação foi mantida e publicada no “Diário Oficial da União” desta terça.

O Recine incentiva a construção e a reforma de salas de cinema no país. O prazo previsto para utilizar o benefício fiscal terminaria no final do ano. Contudo, parlamentares alteraram para dezembro de 2019 durante a tramitação da medida provisória.

O texto aprovado no Congresso também previu a prorrogação do incentivo da Lei do Audiovisual. A legislação estimula pessoas jurídicas e físicas a apoiarem obras cinematográficas em troca de abatimento no Imposto de Renda. O recurso é direcionado a projetos aprovados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Quando justificou o veto à prorrogação, Temer informou que os dispositivos previstos na legislação violavam o teto de gastos e a Lei de Responsabilidade Fiscal "por não apresentarem o impacto orçamentário e financeiro decorrente da renúncia fiscal nem a respectiva medida de compensação".

Segundo o Ministério da Cultura, com a derrubada do veto, as pastas da Fazenda e do Planejamento terão de enviar ao Congresso Nacional a previsão orçamentária dos custos da prorrogação do Recine e da Lei do Audiovisual até 2019.

Depois da queda do veto de Temer, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou ainda na quarta-feira, via Facebook, que não havia “razão para celebrar” o resultado da votação no Congresso. “Trata-se de ouro de tolo”, escreveu.

“Pode-se cair num limbo legal, devido à ausência do estudo de impacto orçamentário”, destacou o ministro.

Sá Leitão defendeu a aprovação de outra medida provisória editada pelo governo federal sobre o mesmo tema, a MP 796. Segundo ele, o texto também prorroga os benefícios do Recine e da Lei do Audiovisual até o final de 2019.

A MP 796, de acordo com o ministro, tem estudo de impacto orçamentário e traz mudanças não previstas na MP 770, como a entrada do setor de games na legislação e a o aumento do tetor do aporte de recursos por projeto audiovisual. O ministro ainda lembrou que é necessário incluir na Lei Orçamentária a previsão de recursos para o Recine e a Lei do Audiovisual.

“Espero que a derrubada do veto não crie a ilusão de que a situação foi resolvida; e assim enfraqueça a luta pela aprovação da MP 796 e a alteração da Lei Orçamentária. A derrubada do veto não resolve”, disse.

Conforme o Ministério da Cultura, a MP 796 precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional até 20 de dezembro. Caso contrário, perderá a validade.

COMENTARIOS

Mais de Política

Eleições 2018

Com ‘painel vazio’ e críticas a gestão Taques, Pivetta inicia campanha política em Lucas

O hoje candidato a vice-governador lembra que coordenou a transição governamental e tomou ciência das condições em que Silval Barbosa entregou o cargo.

17 de Agosto de 2018 as 10h48

Recursos Aprovados

Vereadores aprovam a destinação de recursos para o Lar Bom Samaritano

Serão destinados aproximadamente R$ 65 mil. O valor será investido no pagamento de funcionários e manutenção da casa

17 de Agosto de 2018 as 10h45

Eleições 2018

Mauro inicia campanha em Cuiabá e Várzea Grande e Pivetta em Lucas do Rio Verde

Para prestigiar as cidades que os projetaram no cenário político, Mauro Mendes faz o ato em Cuiabá e Otaviano Pivetta em Lucas do Rio Verde.

16 de Agosto de 2018 as 18h46

Eleições 2018

Com regras rígidas e claras, começa propaganda eleitoral

Até 6 de outubro, os partidos e coligações poderão distribuir material gráfico, promover caminhada, carreata, passeata ou utilizar carro de som pelas ruas para divulgar jingles e mensagens de candidatos.

16 de Agosto de 2018 as 10h24

Eleições 2018

Prazo termina e todos os 13 candidatos se registram no TSE

Patrimônio de presidenciáveis chega a R$ 834 milhões

15 de Agosto de 2018 as 23h51

Eleições 2018

PT registra chapa de Lula; saiba etapas do processo se candidatura for contestada

Candidatura pode gerar questionamentos na Justiça. Lula está preso após condenação em segunda instância, o que o torna inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa.

15 de Agosto de 2018 as 23h23

Veja Mais
Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Parcialmente nublado

25º

COTAÇÃO