IPTU gera polêmica em Lucas do Rio Verde, secretário esclarece o projeto de Lei enviado para a câmara.

"Estamos estudando um desconto maior para quem realizar o pagamento à vista, esse é o conteúdo real do projeto e não de aumento do IPTU"

15/03/2017 - 21:43:58

   

Após o posicionamento contrário do vereador Dirceu Cosma sobre o possível aumento de 20% do IPTU do ano de 2017 de Lucas do Rio Verde, uma grande polemica foi gerada e grandes debates foram registrados nas redes sociais principalmente na página do Vice-prefeito Dr. Sílvio Fávero que se pronunciou declarando que o aumento não foi uma das promessas de campanha “Este não foi o compromisso de campanha. Como eu disse desde o início, eu seria o maior defensor do povo estando ou não na prefeitura. Uma notícia dessa não tem como não ficar indignado. Se calar diante de tantas atrocidades cometidas em tão pouco tempo é o mesmo que dizer que sou conivente com tudo isso.” Declarou Sílvio em sua página na rede social.

A nossa equipe de reportagem falou com o secretário de Finanças Mauro Chagas para explicar os detalhes do projeto encaminhado para a Câmara de Vereadores.

O aumento a qual o vereador Dirceu Cosma se refere é da lei 2196/2013, que definia um redutor na base de cálculo do imposto na Planta Genérica de Valores, o qual estabelecia desconto de 40% no ano de 2014; 30% no ano de 2015 e 20% no ano de 2016, aumento assim respectivamente em 2017. “Não há projeto de aumento do IPTU na gestão de Luiz Binotti, o que acontece é que no ano passado não foi realizado nenhum estudo de desconto para 2017 e automaticamente teria esse aumento, mas nós já estamos estudando um desconto maior para quem realizar o pagamento à vista, pois infelizmente não podemos mudar a lei para esse ano, apenas para 2018” declarou o secretário.

 De acordo com o atual projeto, quem pagar em cota única o imposto até dia 17 de abril o desconto é de 30%. O qual segundo o secretário esse valor está sendo revisto. “Estamos realizando todos os cálculos para apresentar um desconto que não impacte o bolso do luverdense” relatou o Mauro.

Para quem pagar até 12 de maio, o desconto é de 25%. Os moradores que optarem por parcelamento em até oito vezes, o desconto é de 20%. Além disso, os imóveis que tiverem grama plantada terão mais 20% de desconto e os que tiverem calçada, mais 5%. As chácaras urbanas produtivas e utilizadas para moradia própria ou localizadas em área de proteção ambiental terão 15% de desconto.

Está marcada uma nova reunião com a participação de todos os vereadores para amanhã quinta-feira (16), às 6h, com o prefeito Luiz Binotti, o qual será apresentado os cálculos com os descontos já estabelecidos pelo Executivo.

MT Agora com Cenário MT

Mais Noticias

Multa

Ex-prefeito de Tapurah é multado pelo TCE por prática de nepotismo

Legislativo

Vereadores aprovam um projeto, uma Moção e apresentam três indicações

Baleia Azul

Vereadores, Educação, Saúde e órgãos de segurança se unem contra os jogos da internet

Renúncia Coletiva

Advogados deixam Silval após ele dizer que irá confessar crimes

23/04/2017 -

Vereador dr. Jaime solicita a criação de uma casa para abrigar os familiares dos pacientes internados no HSL

A casa deve estar localizada próxima ao hospital e deve oferecer toda a infraestrutura aos familiares do paciente

23/04/2017 -

Silval nega acordo de delação, mas diz que vai confessar crimes

Ex-governador do Estado afirma que nova postura é fruto de "reflexão" e orientação da família

23/04/2017 -

“Pró-família” vai custar R$ 48,6 milhões e atender 35 mil famílias

Auxílio será de R$ 100 mensais, conforme o Governo do Estado; beneficiários receberão cartões

19/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Lucas do Rio Verde será a “Capital da Agroindústria”

Ainda no segmento da produção de alimentos, foi aprovada uma Moção de Aplausos ao Show Safra BR 163

19/04/2017 -

PF combate fraudes no seguro-desemprego em MT e mais 3 Estados

Investigações apontam rombo de mais de R$ 3 milhões por meio de benefícios concedidos de maneira irregular

19/04/2017 -

Vereador cobra redução do pedágio na BR-163 entre Sinop e Sorriso

"Neste momento vemos que é necessário a intervenção de todos os poderes para que não ocorram mais prejuízos aos cidadãos brasileiros"

18/04/2017 -

Presidente da Assembleia minimiza polêmica criada por título de cidadão mato-grossense para Lula

. Apesar do nome de Lula estar envolvido nos escândalos recentes de corrupção, ainda não há nenhuma condenação - o que não desabonaria a homenagem.

18/04/2017 -

Treze de Mato Grosso são citados em delações da Odebrecht

O último nome de Mato Grosso revelado foi o do ex-prefeito de Colniza Assis Raupp (PMDB). Ele aparece na lista da Odebrecht como um dos beneficiários de repasses de propina da empresa, de acordo com o Estadão.

18/04/2017 -

Projeto prevê verba indenizatória de R$ 6 mil a jornalistas e assessores jurídicos da ALMT

Proposta da Mesa Diretora prevê verba indenizatória a assessor de imprensa de gabinete e assessor jurídico de gabinete. Projeto ainda precisa ser aprovado.

13/04/2017 -

Associação Batista Luverdense é declara de “Utilidade Pública”

O título possibilita que a entidade possa firmar convênio com o poder público municipal e receber recursos para a realização de projetos sociais

13/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto destinando R$ 45 mil para a Comunidade São Cristóvão

Serão nove parcelas, sendo a primeira de R$ 9 mil e as outras de R$ 4.500,00.

13/04/2017 -

Prefeito recua e revoga decreto que liberava comércio de funcionar no feriado municipal

Com sua decisão, as empresas que estavam se organizando para abrir agora terão que ficar fechadas.

11/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e supermercados poderão funcionar até às 22h

A alteração no Código de Posturas do Município permite que os estabelecimentos comerciais funcionem até mais tarde sem a necessidade de alvará especial

10/04/2017 -

Câmara de Vereadores aprova Moção de Repúdio contra a Reforma da Previdência

A moção tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a proposta que mexe nos direitos do trabalhador

11/04/2017 -

Representantes da Rota do Oeste virão a Lucas do Rio Verde explicar atrasos nas obras de duplicação da BR 163

A audiência foi uma solicitação do presidente da Câmara, vereador Mano, durante audiência pública, realizada ontem (06), em Cuiabá