Juiz condena ex-prefeito de Sinop por improbidade e cassa direitos políticos

O magistrado julgou procedente a ação civil onde a promotoria aponta que, desde 2009, quando ele começou o primeiro mandato, não fez concurso público para contratação de servidores, o que constituiu irregularidade.

10/02/2017 - 22:53:38

   

O juiz da sexta Vara, Mirko Vincenzo Gianotte decidiu, hoje, condenar o ex-prefeito de Sinop Juarez Costa (PMDB) por improbidade administrativa, a suspensão dos direitos políticos por 3 anos e devolução de aproximadamente 10 vezes o valor do salário que recebeu a época em que a ação do Ministério Público foi ajuizada, em 2014. O magistrado julgou procedente a ação civil onde a promotoria aponta que, desde 2009, quando ele começou o primeiro mandato, não fez concurso público para contratação de servidores, o que constituiu irregularidade.

A promotora Audrey Ility sustentou, ao judiciário, que as contratações temporárias são “despojadas das verdadeiras situações excepcionais motivadoras, afrontando os princípios da administração pública e agindo com evidente desvio de finalidade, nos termos da Lei 8.429/1992”. Em 2014, ao apresentar a denúncia, que além de médicos e professores contratados no regime, a promotora também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”. O MP ainda refutou a justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal  “o que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”.

Além de médicos e professores contratados no regime, a promotora  Audrey Ility também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa [prefeito] vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”.

O MP ainda refuta a  justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal. “O que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do Município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”

- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/sinop-mp-cobra-concurso-e-quer-condenar-prefeito-por-improbidade#sthash.hxJ7IxkT.dpuf

Além de médicos e professores contratados no regime, a promotora  Audrey Ility também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa [prefeito] vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”.

O MP ainda refuta a  justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal. “O que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do Município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”

- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/sinop-mp-cobra-concurso-e-quer-condenar-prefeito-por-improbidade#sthash.hxJ7IxkT.dpufEm sua defesa, Juarez alegou que a contração de temporários foi com base na Lei Organica do Municipio para serem desempenhados serviços essenciais, de necessidades temporárias. Ele alega que sua decisão não causou prejuízos para a prefeitura.

Juarez Costa, que concluiu o segundo mandato, em dezembro passado, pode recorrer da decisão do juiz Mirko Gianotte, com embargos na justiça de Sinop. Se for mantida a condenação, ele corre o risco de não disputar as eleições do ano que vem.

MT Agora - Só Notícias

Mais Noticias

Nova Estrutura

Prefeitura terá nova estrutura administrativa organizacional

Qualificação

Escola do Senai de Lucas do Rio Verde será construída no Bairro Menino Deus

Acusação

Ex-governador do MT acusa Blairo de pagar para testemunha mudar depoimento

Tratamento de Resíduos

Novas tecnologias para o tratamento de resíduos serão discutidas em fórum nesta segunda-feira (14)

11/08/2017 -

Vereador Mano e presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho viabilizam recurso para a ampliação da Apae

Foram viabilizados R$ 140 mil, que correspondem a metade do valor orçado para a construção de três salas de aula e sanitários

08/08/2017 -

TSE mantém prefeito eleito de Primavera do Leste (MT) fora do cargo

Viana foi denunciado pela realização de despesas não legítimas com refeições e hospedagens, aquisição de bens e serviços sem processo licitatório e contratação e manutenção de servidores sem concurso público.

07/08/2017 -

Blairo confirma que presidente Temer estará 6ª em Lucas do Rio Verde inaugurando usina e lançando colheita

É a primeira vez que o presidente Michel Temer (PMDB) visitará Mato Grosso desde que assumiu a presidência, ano passad

04/08/2017 -

Primo de governador, ex-secretário é preso suspeito de mandar grampear políticos e jornalista

Paulo Taques foi secretário chefe da Casa Civil na gestão de Pedro Taques (PSDB). Ele foi preso nesta sexta-feira (4).

03/08/2017 -

Temer se livra de denúncia; 7 de MT votam contra investigação

O voto de número 172 foi da deputada Rosângela Gomes (PRB-RJ); presidente não será investigado pelo STF

28/07/2017 -

Vereador Callai cobra do Executivo auxílio aos universitários que estudam nos municípios da região

Em 2016, foram destinados R$ 61 mil para auxiliar no transporte dos acadêmicos que estudam em Sorriso e Nova Mutum esse valor deve ser reajustado.

19/07/2017 -

Vereadores aprovam destinação de recurso para melhorias na Central de Processamento de Resíduos da Construção Civil

Serão investidos R$ 77 mil em obras de readequação, instalação e ampliação da rede trifásica de energia elétrica

19/07/2017 -

Vereadores aprovam novo formato de Avaliação de Desempenho Individual dos servidores

A proposta foi aprovada com duas emendas, de autoria do vereador Callai, que garantem o recebimento do retroativo, referente ao primeiro semestre deste ano

19/07/2017 -

Vereadores aprovam projeto e agricultura familiar será beneficiada com 10 pasteurizadores

Serão investidos R$ 127 mil. Os recursos foram viabilizados por meio de um convênio com o Ministério da Agricultura

18/07/2017 -

Última sessão do semestre, termina com troca de ‘farpas’ entre vereadores

A sessão acabou sendo interrompida em razão da falta de energia no bairro

12/07/2017 -

Reforma trabalhista é aprovada no Senado; confira o que muda na lei

As alterações mexem em pontos como férias, jornada de trabalho, remuneração e plano de carreira; texto ainda depende da sanção do presidente da República.

10/07/2017 -

Vereador Callai recebe resposta do Executivo em relação as indicações

A devolutiva da prefeitura só foi possível graças ao Projeto de Lei n. 02/17, de autoria do vereador Dr. Jaime, que determina que o Executivo responda as indicações

05/07/2017 -

Vereadores aprovam dois projetos e apresentam seis indicações ao Executivo

Além da sessão ordinária, foi realizada uma extraordinária para a votação do projeto n. 46, que abre crédito suplementar no valor de R$ 1.2 milhão em favor do Saae

10/07/2017 -

Defesa nega que José Riva tenha feito delação e incriminado Blairo Maggi

Riva não fechou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR)

10/07/2017 -

Blairo Maggi usou precatórios para comprar apoio em MT, diz delator

Os pagamentos de precatórios foram realizados entre março de 2009 e dezembro de 2012.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora