Juiz condena ex-prefeito de Sinop por improbidade e cassa direitos políticos

O magistrado julgou procedente a ação civil onde a promotoria aponta que, desde 2009, quando ele começou o primeiro mandato, não fez concurso público para contratação de servidores, o que constituiu irregularidade.

10/02/2017 - 22:53:38

   

O juiz da sexta Vara, Mirko Vincenzo Gianotte decidiu, hoje, condenar o ex-prefeito de Sinop Juarez Costa (PMDB) por improbidade administrativa, a suspensão dos direitos políticos por 3 anos e devolução de aproximadamente 10 vezes o valor do salário que recebeu a época em que a ação do Ministério Público foi ajuizada, em 2014. O magistrado julgou procedente a ação civil onde a promotoria aponta que, desde 2009, quando ele começou o primeiro mandato, não fez concurso público para contratação de servidores, o que constituiu irregularidade.

A promotora Audrey Ility sustentou, ao judiciário, que as contratações temporárias são “despojadas das verdadeiras situações excepcionais motivadoras, afrontando os princípios da administração pública e agindo com evidente desvio de finalidade, nos termos da Lei 8.429/1992”. Em 2014, ao apresentar a denúncia, que além de médicos e professores contratados no regime, a promotora também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”. O MP ainda refutou a justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal  “o que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”.

Além de médicos e professores contratados no regime, a promotora  Audrey Ility também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa [prefeito] vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”.

O MP ainda refuta a  justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal. “O que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do Município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”

- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/sinop-mp-cobra-concurso-e-quer-condenar-prefeito-por-improbidade#sthash.hxJ7IxkT.dpuf

Além de médicos e professores contratados no regime, a promotora  Audrey Ility também menciona pessoal de apoio técnico, auxiliares e motoristas. “Vê-se, claramente, que o demandado Juarez Costa [prefeito] vem se utilizando da contratação temporária e em caráter “excepcional” para suprir os cargos da administração municipal, burlando o princípio constitucional do concurso público. Sim, pois as “leis casuísticas” e esdruxulas sequer “motivam validamente” e justificam a “excepcionalidade” autorizativa da dispensa de concurso público para a contratação de servidores públicos”.

O MP ainda refuta a  justificativa da prefeitura, que não teria condições de fazer concurso público, por atingir o limite prudencial de gasto com pessoal. “O que se afigura verdadeira confissão de má gestão pública, pois é dever do Município adequar-se aos mandamentos da Lei de Responsabilidade Fiscal e, sob o dogma constitucional, realizar os concursos públicos necessários para o atendimento do interesse público primário”

- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/sinop-mp-cobra-concurso-e-quer-condenar-prefeito-por-improbidade#sthash.hxJ7IxkT.dpufEm sua defesa, Juarez alegou que a contração de temporários foi com base na Lei Organica do Municipio para serem desempenhados serviços essenciais, de necessidades temporárias. Ele alega que sua decisão não causou prejuízos para a prefeitura.

Juarez Costa, que concluiu o segundo mandato, em dezembro passado, pode recorrer da decisão do juiz Mirko Gianotte, com embargos na justiça de Sinop. Se for mantida a condenação, ele corre o risco de não disputar as eleições do ano que vem.

MT Agora - Só Notícias

Mais Noticias

Contas do Pivetta

Vereadores votam nesta segunda contas do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde

Caso Revertido

Márcio Albieri reverte impugnação de candidatura no TSE

Audiência Pública

Audiência termina com a formação de uma comissão que irá avaliar a implantação do estacionamento rotativo

IPTU 2017

IPTU gera polêmica em Lucas do Rio Verde, secretário esclarece o projeto de Lei enviado para a câmara.

15/03/2017 -

Vereador Dirceu Cosma critica aumento de 20% no IPTU 2017

O projeto está sendo discutido no Legislativo. Amanhã (16), os vereadores se reunirão com o prefeito Luiz Binotti para propor um desconto sobre o valor

15/03/2017 -

Vereadora professora Cristiani promove debate sobre a Reforma da Previdência, amanhã (15), na Câmara

Antes da reunião, será realizado um apitaço com concentração a partir das 7h, na rotatória da Igreja Rosa Mística e caminhada até o Poder Legislativo

15/03/2017 -

Vereadores aprovam projeto que garante descontos no pagamento de impostos atrasados

Com o Refis, os contribuintes terão descontos no pagamento de impostos municipais, que poderão chegar a 100% sobre os juros e multas

15/03/2017 -

Servidores da educação param contra reforma da Previdência

O sindicato dos professores, o Sintep-MT, afirmou que a paralisação é de 100% e atinge servidores da rede estadual e municipal, o que representa mais de 100 mil trabalhadores no estado

14/03/2017 -

Vereadores aprovam projeto destinando R$ 1.8 milhão para o Hospital São Lucas

O valor será utilizado para o pagamento do salário dos médicos referente ao mês de dezembro de 2016 e alguns fornecedores.

09/03/2017 -

Vereadores aprovam projeto que autoriza a contratação de orientadores de atividade física

A contratação dos profissionais possibilitará o desenvolvimento do projeto “Cidade Viva”.

07/03/2017 -

Câmara promove audiência para debater a falta de vagas de estacionamento na área central

A audiência será realizada na próxima terça-feira (14), a partir das 19h, na Câmara de Vereadores

07/03/2017 -

Vereador Callai sugere trancar a pauta até que o Executivo encaminhe projeto destinando recursos ao HSL

A proposta conta com o apoio do presidente da Casa, vereador Mano e dos vereadores, Dirceu Cosma e Márcia Pelicioli

07/03/2017 -

"Se o cavalo passar arreado na minha frente, certamente eu vou"

Candidatura do ministro da Agricultura é defendida por lideranças do PP e de outras siglas

06/03/2017 -

Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde recebe ciclo de capacitações do TCE-MT

O evento começa na quarta-feira (08) e segue até o dia 10. Ainda na quarta-feira (08), será realizado o Programa Consciência Cidadã, com início às 19h, na Deseo Club

06/03/2017 -

Maggi diz como é pertencer a partido notório pela corrupção

Ministro também falou sobre constrangimento de conviver com colegas envolvidos em escândalos

04/03/2017 -

São apresentadas 26 projetos, 16 indicações e vários requerimentos durante a 4ª sessão ordinária

Foi concedido o titulo de Utilidade Pública a duas entidades do município: Associação Santuário Nossa Senhora do Sorriso e para a Associação de Protetores de Animais Focinhos Carentes de Sorriso

02/03/2017 -

Vereadores aprovam projeto e garantem mais recursos para a escola da Apae

Para este ano, está aprovado o repasse de R$ 1 milhão. O valor é aproximadamente 20% a mais do que no ano passado

02/03/2017 -

Vereadores indicam a necessidade de melhorias nos bairros e equipamentos públicos

As melhorias foram apresentadas pelos vereadores em forma de indicações ao Executivo. As solicitações receberam o apoio de toda a Câmara

02/03/2017 -

Vereadores aprovam e garantem mais de R$ 1.5 milhão para a compra de serviços de saúde

O recurso será aplicado na compra de consultas, exames e cirurgias por meio do Consórcio de Saúde