Maggi diz como é pertencer a partido notório pela corrupção

Ministro também falou sobre constrangimento de conviver com colegas envolvidos em escândalos

06/03/2017 - 06:06:52

   

O ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) afirmou, em entrevista a Revista Veja que circula a partir deste sábado (04), ter conhecimento do histórico de filiados do PP denunciados por corrupção, mas que se filiou ao partido com o objetivo de desenvolver “um bom trabalho” no Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Na entrevista das páginas amarelas da revista, intitulada  “Legítimo e impopular," Maggi disse que chegou a avisar as lideranças da sigla que não aceitaria o convite para comandar o ministério se fosse para “fazer negócios para o partido”.

“Entrei para o partido para poder cumprir meu papel no Ministério da Agricultura. Quando me filiei, os fatos que pesam hoje contra o PP já estavam apresentados e eu sabia de todos eles. Para mim não é novidade o que é dito sobre o partido. Acho que as pessoas terão a oportunidade de se defender no momento certo”, disse.

O ministro negou haver constrangimento em conviver com colegas de ministério envolvidos em escândalos, muitos citados em delações da Operação Lava Jato.

Segundo ele, as delações são “parte de um processo” e cada um terá que responder por seus atos.

Maggi ainda defendeu a legitimidade do Governo do presidente Michel Temer (PMDB), mesmo reconhecendo sua impopularidade.

“Temos um governo legitimo, mas que não veio pelo voto popular, e vejo que existe um ressentimento em certos setores. Mas temos dois anos pela frente para realizar as reformas de que o país precisa. A sociedade está entendendo que mudanças profundas são necessárias e que elas podem ser implementadas. O Governo Temer conseguiu aprovar praticamente todas as propostas encaminhadas ao Congresso, mas ainda é impopular na sociedade. Na minha avaliação, se conseguirmos aprovar as mudanças na Previdência e em outros setores vitais, teremos chances de passar para a história como um governo reformista”, disse.

A Veja ainda questionou o fato de o ministro ter sido citado na Operação Ararath, que investiga esquema de corrupção que ocorreu durante sua gestão como governador de Mato Grosso.

“Passei oito anos no Governo de Mato Grosso e reconhecidamente alguns problemas aconteceram nesse período. Não diretamente no governo, mas em paralelo ao governo, na área política. Há várias operações policiais e investigações no estado sobre o período que fui governador e sobre o período seguinte. Estou acompanhando com tranquilidade esse processo”, afirmou.

Sobre sua atuação no Mapa, a reportagem diz que o ministério é um dos poucos que apresenta uma agenda positiva, entre elas a desburocratização do setor.

No final da entrevista, Maggi disse que mesmo tendo o título de bilionário, seus proventos são "limitados".

Confira a íntegra da entrevista:







 

MT Agora - Douglas Trielli | Mídia News

Mais Noticias

Nova Estrutura

Prefeitura terá nova estrutura administrativa organizacional

Qualificação

Escola do Senai de Lucas do Rio Verde será construída no Bairro Menino Deus

Acusação

Ex-governador do MT acusa Blairo de pagar para testemunha mudar depoimento

Tratamento de Resíduos

Novas tecnologias para o tratamento de resíduos serão discutidas em fórum nesta segunda-feira (14)

11/08/2017 -

Vereador Mano e presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho viabilizam recurso para a ampliação da Apae

Foram viabilizados R$ 140 mil, que correspondem a metade do valor orçado para a construção de três salas de aula e sanitários

08/08/2017 -

TSE mantém prefeito eleito de Primavera do Leste (MT) fora do cargo

Viana foi denunciado pela realização de despesas não legítimas com refeições e hospedagens, aquisição de bens e serviços sem processo licitatório e contratação e manutenção de servidores sem concurso público.

07/08/2017 -

Blairo confirma que presidente Temer estará 6ª em Lucas do Rio Verde inaugurando usina e lançando colheita

É a primeira vez que o presidente Michel Temer (PMDB) visitará Mato Grosso desde que assumiu a presidência, ano passad

04/08/2017 -

Primo de governador, ex-secretário é preso suspeito de mandar grampear políticos e jornalista

Paulo Taques foi secretário chefe da Casa Civil na gestão de Pedro Taques (PSDB). Ele foi preso nesta sexta-feira (4).

03/08/2017 -

Temer se livra de denúncia; 7 de MT votam contra investigação

O voto de número 172 foi da deputada Rosângela Gomes (PRB-RJ); presidente não será investigado pelo STF

28/07/2017 -

Vereador Callai cobra do Executivo auxílio aos universitários que estudam nos municípios da região

Em 2016, foram destinados R$ 61 mil para auxiliar no transporte dos acadêmicos que estudam em Sorriso e Nova Mutum esse valor deve ser reajustado.

19/07/2017 -

Vereadores aprovam destinação de recurso para melhorias na Central de Processamento de Resíduos da Construção Civil

Serão investidos R$ 77 mil em obras de readequação, instalação e ampliação da rede trifásica de energia elétrica

19/07/2017 -

Vereadores aprovam novo formato de Avaliação de Desempenho Individual dos servidores

A proposta foi aprovada com duas emendas, de autoria do vereador Callai, que garantem o recebimento do retroativo, referente ao primeiro semestre deste ano

19/07/2017 -

Vereadores aprovam projeto e agricultura familiar será beneficiada com 10 pasteurizadores

Serão investidos R$ 127 mil. Os recursos foram viabilizados por meio de um convênio com o Ministério da Agricultura

18/07/2017 -

Última sessão do semestre, termina com troca de ‘farpas’ entre vereadores

A sessão acabou sendo interrompida em razão da falta de energia no bairro

12/07/2017 -

Reforma trabalhista é aprovada no Senado; confira o que muda na lei

As alterações mexem em pontos como férias, jornada de trabalho, remuneração e plano de carreira; texto ainda depende da sanção do presidente da República.

10/07/2017 -

Vereador Callai recebe resposta do Executivo em relação as indicações

A devolutiva da prefeitura só foi possível graças ao Projeto de Lei n. 02/17, de autoria do vereador Dr. Jaime, que determina que o Executivo responda as indicações

05/07/2017 -

Vereadores aprovam dois projetos e apresentam seis indicações ao Executivo

Além da sessão ordinária, foi realizada uma extraordinária para a votação do projeto n. 46, que abre crédito suplementar no valor de R$ 1.2 milhão em favor do Saae

10/07/2017 -

Defesa nega que José Riva tenha feito delação e incriminado Blairo Maggi

Riva não fechou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR)

10/07/2017 -

Blairo Maggi usou precatórios para comprar apoio em MT, diz delator

Os pagamentos de precatórios foram realizados entre março de 2009 e dezembro de 2012.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora