Maggi diz como é pertencer a partido notório pela corrupção

Ministro também falou sobre constrangimento de conviver com colegas envolvidos em escândalos

06/03/2017 - 06:06:52

   

O ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) afirmou, em entrevista a Revista Veja que circula a partir deste sábado (04), ter conhecimento do histórico de filiados do PP denunciados por corrupção, mas que se filiou ao partido com o objetivo de desenvolver “um bom trabalho” no Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Na entrevista das páginas amarelas da revista, intitulada  “Legítimo e impopular," Maggi disse que chegou a avisar as lideranças da sigla que não aceitaria o convite para comandar o ministério se fosse para “fazer negócios para o partido”.

“Entrei para o partido para poder cumprir meu papel no Ministério da Agricultura. Quando me filiei, os fatos que pesam hoje contra o PP já estavam apresentados e eu sabia de todos eles. Para mim não é novidade o que é dito sobre o partido. Acho que as pessoas terão a oportunidade de se defender no momento certo”, disse.

O ministro negou haver constrangimento em conviver com colegas de ministério envolvidos em escândalos, muitos citados em delações da Operação Lava Jato.

Segundo ele, as delações são “parte de um processo” e cada um terá que responder por seus atos.

Maggi ainda defendeu a legitimidade do Governo do presidente Michel Temer (PMDB), mesmo reconhecendo sua impopularidade.

“Temos um governo legitimo, mas que não veio pelo voto popular, e vejo que existe um ressentimento em certos setores. Mas temos dois anos pela frente para realizar as reformas de que o país precisa. A sociedade está entendendo que mudanças profundas são necessárias e que elas podem ser implementadas. O Governo Temer conseguiu aprovar praticamente todas as propostas encaminhadas ao Congresso, mas ainda é impopular na sociedade. Na minha avaliação, se conseguirmos aprovar as mudanças na Previdência e em outros setores vitais, teremos chances de passar para a história como um governo reformista”, disse.

A Veja ainda questionou o fato de o ministro ter sido citado na Operação Ararath, que investiga esquema de corrupção que ocorreu durante sua gestão como governador de Mato Grosso.

“Passei oito anos no Governo de Mato Grosso e reconhecidamente alguns problemas aconteceram nesse período. Não diretamente no governo, mas em paralelo ao governo, na área política. Há várias operações policiais e investigações no estado sobre o período que fui governador e sobre o período seguinte. Estou acompanhando com tranquilidade esse processo”, afirmou.

Sobre sua atuação no Mapa, a reportagem diz que o ministério é um dos poucos que apresenta uma agenda positiva, entre elas a desburocratização do setor.

No final da entrevista, Maggi disse que mesmo tendo o título de bilionário, seus proventos são "limitados".

Confira a íntegra da entrevista:







 

MT Agora - Douglas Trielli | Mídia News

Mais Noticias

Audiência Pública

Rede de esgoto do Menino Deus será debatida em audiência pública amanhã (27)

Palestra

Grupo Mais Vida promove palestra sobre “Adolescência” amanhã (27)

PSB

Taques evita avaliar embate no PSB com retorno de Valtenir e elogia lideranças aliadas

Ex PSB

PDT que retorno de ex-prefeito de Lucas

21/06/2017 -

Vereadores aprovam alteração na lei e criam a Semana de Combate ao Bullyng

A alteração na lei é de autoria dos vereadores Airton Callai e dr. Wagner. A campanha será realizada no mês de abril, junto ao Dia Nacional de Combate ao Bullying e a Violência na Escola

20/06/2017 -

Justiça Eleitoral cassa mandato da prefeita Lucimar Campos

A decisão é do juiz Carlos José Rondon Luz; prefeita só deixa o cargo caso TRE mantenha a decisão

15/06/2017 -

Vereadores aprovam destinação de área para criação de Centro de Triagem de Animais Silvestres

O centro será implantado pela ong Amibem. Serão destinados aproximadamente dez mil metros quadrados de área para o trabalho de acolhimento e tratamento de animais abandonados e machucados

14/06/2017 -

Vereadores derrubam veto e prefeitura terá de responder as indicações

Com a derrubado do veto, o Executivo terá 30 dias para responder as indicações, podendo esse prazo ser prorrogado por mais 15 dias

07/06/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Clube do Idoso De Bem com a Vida será beneficiado com recursos

Serão destinados R$ 12.600,00. O valor será dividido em sete parcelas pagas, mediante a prestação de contas

06/06/2017 -

Vereadores cobram participação no grupo que irá avaliar a gestão dos hospitais regionais

Após a reunião com os deputados, a comissão será formada por seis deputados, seis prefeitos, seis vereadores e técnicos da Secretaria de Saúde

30/05/2017 -

Servidores do Poder Legislativo de Lucas do Rio Verde terão 7% de reajuste salarial

No caso do prefeito, vice, secretários municipais e vereadores, foi aprovado o índice de 4,57%, que corresponde somente as perdas inflacionárias

29/05/2017 -

Advogado protocola pedido de impeachment do governador de MT após grampos clandestinos

Petição foi protocolada na Assembleia Legislativa nesta sexta-feira (26). O pedido foi motivado pelo esquema de escutas clandestinas denunciadas pelo Fantástico.

24/05/2017 -

Vereador Callai sugere que deputados tranquem a pauta até o Estado resolver a questão do Regional de Sorriso

Com dívidas de R$ 8 milhões, esta semana, a direção do hospital anunciou o possível fechamento da unidade por falta de medicamentos e alimentação

23/05/2017 -

Vereador Marcos Paulista é eleito 2º secretário da Mesa Diretora da Câmara

A eleição foi realizada a noite de ontem (22), durante a sessão ordinária. Paulista ocupará a vaga da vereadora professora Cristiani Dias que se tornou primeira suplente

23/05/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Executivo terá 30 dias para responder as indicações

Segundo o autor do projeto, vereador dr. Jaime, o objetivo é poder dar uma resposta a população

23/05/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Saae poderá contratar reeducandos do sistema penitenciário

Inicialmente, serão contratados seis detentos que serão responsáveis pela fabricação de tubos de concreto, utilizados nas obras públicas

17/05/2017 -

Dono da JBS gravou Temer dando aval para comprar silêncio de Cunha, diz jornal

Planalto nega que presidente tenha solicitado pagamentos. Segundo o colunista Lauro Jardim, de 'O Globo', informação faz parte do conteúdo da delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Depoimentos também citam Aécio Neves e Guido Mantega.

17/05/2017 -

Joelson Souza deixa secretaria da gestão Binotti Fábio Raabe assume

Fábio Raabe já trabalhou por quatro anos no serviço público na Gestão do ex-prefeito Marino Franz onde agregou experiência na área de desenvolvimento.

17/05/2017 -

Vereadores aprovam projeto e garantem a reposição salarial dos servidores municipais

Os servidores terão 7% de reajuste e os profissionais da educação, terão 9%. O aumento será pago no salário do mês de maio

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora