Política

Mais de 29% dos candidatos eleitos não têm ensino superior e 61% não nasceram em MT

Dos eleitos, 24 têm curso superior, oito possuem ensino médio e dois concluíram o fundamental. Dos 24 eleitos deputado estadual, 14 não são naturais de MT e destes um é português naturalizado no Brasil.

Eleições 2018 | 10 de Outubro de 2018 as 19h 46min
Fonte: G1 MT

Entre os 34 senadores, deputados federais e estaduais eleitos por Mato Grosso neste pleito, 29% não possuem ensino superior. Destes, dois não concluíram o ensino médio. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O senador eleito Jayme Campos (DEM) possui ensino médio completo. Ele foi eleito em segundo lugar com 17,82% dos votos. Ele e Selma Arruda (PSL), eleita com 24,65% dos votos, serão senadores por Mato Grosso nos próximos oito anos.

Dos eleitos deputado federal, Emanuel Pinheiro da Silva Primo (PTB), o Emanuelzinho, possui o ensino superior incompleto; Neri Geller (PP) concluiu apenas o ensino médio e Juarez Costa (MDB) declarou ao TSE não ter concluído nem o ensino médio.

O empresário Valmir Luiz Moretto (PRB), que vai vaga na Assembleia Legislativa, também não possui o ensino médio completo.

Já Ondanir Bortolini (PSD), Dilmar Dal Bosco (DEM), que foram reeleitos deputados estaduais, e o futuro colega deles na Casa de Leis, Elizeu Nascimento (DC), têm ensino médio. Já o deputado reeleito Max Russi (PSB) não concluiu o ensino superior.

Eles e outros 19 vão ocupar cadeira na Assembleia pelos próximos quatro anos.

Origem

Treze dos 34 eleitos para vagas nas três esferas de Poder Legislativo nasceram em Mato Grosso. Dos senadores, Jayme nasceu em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e Selma é do interior do RS.

Dos oitos federais eleitos, só dois nasceram em Mato Grosso: Emanuelzinho e o reeleito, Carlos Bezerra (MDB). Os outros são naturais de SP, RN, RS, GO, BA e PR.

Entre os 24 que vão ocupar vaga na Assembleia Legislativa, 14 não são mato-grossenses natos. Seis deles são do Paraná, dois de São Paulo e o restante de MG, PE, RS, PA, e SC.

Um deles, inclusive, não é brasileiro de nascença. É o médico português João José de Matos (MDB), que é naturalizado no Brasil.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO