''Manda esse lixo janela abaixo''; áudio durante voo de Lula para Curitiba entra na frequência do aeroporto de Congonhas

FAB confirmou a autenticidade da gravação e diz que não foi de controladores de voo; especialistas dizem que é quase impossível identificar autoria das ofensas.

09/04/2018 - 20:51:39

   

Avião Cessna 208 Grand Caravan que levou o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para cumprir pena em Curitiba (Foto: reprodução)

Um áudio divulgado na internet vaza a conversa em que uma pessoa disse, por rádio, "manda esse lixo janela abaixo" ao avião que transportava Lula a Curitiba, no último sábado (7). A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou a autenticidade do áudio. Depois de se apresentar à Polícia Federal, em São Paulo, no início da noite do sábado, Lula foi transferido para Curitiba.

Em nota, a FAB confirma que "os dois áudios recentes envolvendo comunicações aeronáuticas e contendo comentários externos são verdadeiros", ocorrendo nas torres de Congonhas, em São Paulo, e de Bacacheri, em Curitiba. Segundo o comunicado, as referências a Lula "não foram emitidas por controladores de voo".

A intromissão pode eventualmente configurar crime ou infração administrativa, prevista no Código Brasileiro da Aeronáutica, que regulamenta o tráfego aéreo do país.

"Manda esse lixo janela abaixo", diz uma voz não identificada na frequência de rádio, que é repreendida por outras duas pessoas, uma das quais se identifica como da torre de Bacacheri.

Especialistas aeronáuticos ouvidos pelo G1 acreditam ser difícil a Aeronáutica conseguir descobrir de onde partiu a interferência à frequência de rádio usada pela torre de controle, possivelmente a torre de controle de Bacacheri.

Conversa

Durante a interferência, é possível ouvir um piloto pedindo "o respeito ao trabalho" para outras pessoas que estão interferindo na fonia. Em seguida, o intruso responde: "Eu respeito, mas manda este lixo janela abaixo aí".

A controladora de voo da Força Aérea pede que se mantenham ao uso de fraseologia de tráfego aéreo na rede – referindo-se ao emprego de apenas frases padrão e uniformes de fonia referentes a orientações e comunicações de tráfego aéreo, como pousos e decolagens.

Em seguida, é possível ouvir um estouro semelhante ao de um rojão e latidos de um cão.

Invasão é ‘infelizmente normal”

Para o consultor aeronáutico Luiz Lupoli, que foi investigador do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), é praticamente impossível a Aeronáutica descobrir de onde partiu a intromissão na comunicação.

"Me parece que é uma pessoa que tem um rádio transmissor em casa e que mantém escuta dos órgãos de controle (como frequências da Polícia Militar e da rede de tráfego aéreo). O cachorro, me pareceu ser da casa desta pessoa pois, inclusive, há outros sons ambiente", afirma Lupoli.

"Infelizmente, é normal este tipo de invasão, isso ocorre direto, apesar de não estar certo. Não tem como o órgão de controle saber de quem veio, porque a frequência é aberta a quem selecioná-la e estiver no alcance", salienta ele.

O comandante Carlos Camacho, que também investiga acidentes aéreos privados, afirma que a interferência pode ter sido feita por alguém com um rádio VHF portátil. "Se fosse algum piloto voando na região, a Aeronáutica poderia até mesmo tentar rastrear por um protocolo de vozes, buscando semelhanças nas vozes emitidas por outros pilotos voando e atuando na região. Mas é difícil", afirma ele.

Já o especialista em Direito Aeronáutico Daniel Kalazans entende que todas as aeronaves que estavam estacionadas no Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, ou voando em rota de aproximação para o terminal têm acesso à rede de radiofrequência da torre e poderiam se comunicar pela frequência.

Caso anterior

Kalazans, que foi controlador e supervisor da torre dos aeroportos de Congonhas e do Campo de Marte avalia que também é possível que uma pessoa com um rádio transmissor portátil possa entrar na rede de frequência de controle de um aeroporto.

"Uma vez uma pessoa foi presa na região de Santana, na Zona Norte de São Paulo, pois ele ficava em um bar com um rádio transmissor portátil invadindo a rede e interferindo nas comunicações do Aeroporto de Campo de Marte", relembra, sem citar em que ano foi o ocorrido.

Kalazans concorda com Lupoli sobre a dificuldade de se descobrir de onde partiu a invasão. "É difícil, na realidade, identificar quem fez. Teria que pegar a caixa-preta de gravador de voz de todas as aeronaves que estavam voando na hora, e algumas não possuem a gravação", afirma.

O especialista também atentou para a possibilidade de um latido que se ouve durante a gravação ser uma imitação de um piloto. "Já ouvi isso outras vezes em gravações de controle, pois quando o controlador dá um puxão de orelha, outro piloto late. É como se fosse um cachorro tomando conta", afirma ele.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Creche

Durante visita do governador em Lucas, vereador Marcos Paulista assevera: “O que nossa cidade precisa é de creche”

Tabuleiro Eleitoral

“Não tenho conversado com Mauro por opção minha”, diz Taques

Delação Da JBS

Aécio Neves vira réu no Supremo por corrupção e obstrução de Justiça

Governo 2018

Pivetta: “Estou pronto para qualquer função que for escalado”

11/04/2018 -

Lucas: Câmara aprova mudanças no projeto que regulamenta funcionamento do comércio aos sábados

Oito vereadores participaram da sessão extraordinária realizada na tarde desta quarta-feira.

11/04/2018 -

Prefeito Binotti organiza vinda do governador a Lucas do Rio Verde

O governador Pedro Taques estará em Lucas nos dias 13 e 14 apresentando juntamente com o prefeito Luiz Binotti importantes obras e projetos

11/04/2018 -

Lucas: Prefeitura realiza audiência pública para debater a LDO 2019

Audiência foi realizada com a população para debater diretrizes orçamentárias

11/04/2018 -

Binotti avisa que Patrulha Rural de Lucas do Rio Verde será entregue esta semana

Prefeito ainda informou que recursos para a construção do CIEC já estão disponíveis

11/04/2018 -

Advogado de Lula diz que defesa prepara recursos a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazos para defesa apresentar recorrer se encerra no próximo dia 23. Recursos terão de ser protocolados no TRF-4, que decidirá se os envia aos tribunais superiores.

11/04/2018 -

Temer pede otimismo e diz que país não está em ''desgraça absoluta''

Segundo o presidente, assim como todos os países, Brasil tem dificuldades. Ele participou de um evento do setor de cooperativas em um hotel em Brasília.

11/04/2018 -

Moro e advogado de Lula discutem em audiência de Marcelo Odebrecht

Discussão começou logo no início da audiência de empresário Marcelo Odebrecht, após o advogado Cristiano Zanin dizer que a defesa foi prejudicada.

11/04/2018 -

Câmara dos Deputados aprova projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública

Projeto de lei permite a integração de informações de inteligência entre governo federal e estados. Com aprovação dos deputados, texto segue agora para análise do Senado.

11/04/2018 -

Visitas para Lula são adiadas por questões de segurança, diz PF

Presos da Polícia Federal, em Curitiba, recebem visitas às quartas-feiras; as de Lula foram mudadas desta quarta-feira (11) para quinta-feira (12).

11/04/2018 -

Membro do MBL MT é ameaçado por militante comunista após ser agredido em manifestação

A manifestação de esquerda aconteceu no dia 06 de abril, na Praça Alencastro, em Cuiabá e tinha como objetivo defender a inocência do ex-presidente Lula.

10/04/2018 -

Lucas do Rio Verde terá uma unidade da Escola Estadual Militar Tiradentes

O decreto, criando a escola, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (05)

09/04/2018 -

Defesa de Lula tem até 23 de abril para recorrer a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazo passou a contar à 0h desta segunda. Recursos terão de ser protocolados na segunda instância e caberá à vice-presidente do TRF-4 decidir se serão enviados aos tribunais superiores.

09/04/2018 -

PT anuncia transferência simbólica da sede do partido para Curitiba

Segundo o partido, mudança vai fazer com que as decisões sejam discutidas e divulgadas pelas lideranças na capital paranaense. Fisicamente, sede segue em São Paulo.

09/04/2018 -

Polícia indicia ex-vereador de Diadema por agressão a empresário em frente ao Instituto Lula

Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Maninho, e o filho dele foram indiciados após confusão quando mandado de prisão de Lula foi expedido. Vítima passou por cirurgia e estado de saúde é estável.

09/04/2018 -

PF apura conduta de delegado que postou no Facebook que ''é hora'' de prender Temer, Alckmin e Aécio

Após repercussão, delegado fez nova postagem, dizendo que ''é opinião exclusivamente pessoal como cidadão'' e ''indignado'' com corrupção.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora