CPMI Da JBS

Marun desiste de pedir indiciamento de Janot e Pelella em relatório de CPMI

Ao invés do indiciamento, o relator pede uma ''investigação profunda'' pelo Ministério Público dos dois, inclusive com quebra dos sigilos telefônicos e telemáticos.

13 de Dezembro de 2017 as 22h 02min

O deputado Carlos Marun apresenta relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Sob pressão e após muitas críticas, o relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da JBS, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), voltou atrás na decisão anunciada terça-feira (12) de pedir no relatório final dos trabalhos do colegiado o indiciamento do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e de seu ex-chefe de gabinete Eduardo Pelella. Ao invés do indiciamento, o relator pede uma “investigação profunda” pelo Ministério Público dos dois, inclusive com quebra dos sigilos telefônicos e telemáticos.

“Realmente no indiciamento tem que restar comprovadas a materialidade [dos fatos]. Podem existir indícios fortes de autoria, mas materialidade precisa estar efetivamente comprovada. Na apresentação do relatório, citei diversos fatos, nenhum contestado. Do que eu apresentei nada foi contestado, todavia refleti sobre essas questões de materialidade e indícios fortes de autoria”, justificou.

O relator destacou ainda que diante desses fatos, não gostaria de incorrer no mesmo erro, que segundo ele, foi cometido por Janot e Pelella, o açodamento.

Outro fato destacado por Marun que, segundo ele, influenciou sua decisão, foi o comportamento sereno da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que ao saber da intenção do deputado de pedir o indiciamento dos procuradores disse que iria receber e analisar com calma o relatório da CPMI para se manifestar.

“Mas que fique claro, não estou aqui assinando embaixo para que exista uma casta de intocáveis que não pode ser investigada por ninguém. Penso que a CPMI provou que situações ilícitas aconteceram no processo de delação. Confio que a procuradora-geral Raquel Dodge irá investigar tudo”, disse Marun.

O relatório mantém os pedidos de indiciamento do ex-procurador Marcello Miller, dos empresários donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, além do ex-executivo do grupo Ricardo Saud, que já estão presos.

Propostas

Sobre a proposta do deputado Wadih Damous (PT-RJ), que estabelece novas regras para o fechamento de acordos de delação premiada, Carlos Marun também foi mais ameno. Recomenda que a matéria “seja discutida e votada com a maior brevidade”. “Deve ser encontrado um caminho através do qual sejam garantidas a transparência e a voluntariedade para que esse continue sendo um instrumento forte”, defendeu.

Essa proposta foi duramente criticada por deputados contrários ao relatório de Marun, como João Gualberto (PSDB-BA). Para ele, a proposta tem como objetivo acabar com as delações no país.

Outra proposta defendida pelo relator no parecer é a que trata de abuso de autoridade. O texto, já aprovado no Senado, também é polêmico e ainda precisa ser analisado pela Câmara dos Deputados. Marun também recomenda a discussão e votação na Câmara dos Deputados da proposta que trata da quarentena para procuradores, também já aprovada no Senado.

Votação

Os parlamentares seguem debatendo o relatório, mas como está havendo sessão do Congresso Nacional nesta manhã, a votação do texto foi marcada para as 15h. A votação do documento será o último ato de Carlos Marun como deputado. Amanhã (14) ele toma posse como ministro da Secretaria de Governo, no lugar de Antônio Imbassahy.


MT Agora - Agência Brasil

COMENTARIOS

Mais de Política

Desenvolvimento Econômico

Vereadores aprovam lei que estabelece o turismo rural em Lucas do Rio Verde

O projeto é de autoria do vereador Fernando Pael e visa organizar e incentiva o turismo no município

17 de Abril de 2019 as 14h34

Transmissão ao vivo

Vereadores aprovam projeto e licitações deverão ser transmitidas pela internet

O objetivo é garantir mais transparência as ações do poder público e facilitar os acesso da população

17 de Abril de 2019 as 09h20

Senadora Cassada

Fávero: “Quem pretendia sentar na cadeira vai ter que esperar”

Caso um novo pleito ocorra, PSL deve colocar novo nome na disputa; Silvio Fávero pode ser um deles

13 de Abril de 2019 as 19h41

Educação

Vereadores, Paulista e professora Cristiani, conseguem a liberação de recurso atrasado

Foram liberados pouco mais de R$ 1 milhão, o valor será investido na ampliação do número de vagas da educação infantil

12 de Abril de 2019 as 19h46

Cenário Melhor

Rombo nas contas cai pela metade e fica em R$ 60 mi em março

Déficit no balanço poderia ser ainda menor se não fosse o pagamento de dívidas com bancos

12 de Abril de 2019 as 19h40

Cassação de Selma

Fávero declara que pode ser candidato e Janaina Riva afirma que faltou maturidade política a Selma

Selma Arruda era suspeita de ter praticado caixa dois e abuso de poder econômico durante o período de pré-campanha e campanha eleitoral do pleito de 2018.

12 de Abril de 2019 as 08h10

Apreensão de Veículos

Projeto apresentado na ALMT proíbe apreensão de veículos por falta de pagamento do IPVA

Caso aprovado, o projeto de Lei, de autoria do deputado Ulisses Morais, altera dispositivo da Lei nº 7.301, de 17 de Julho de 2000.

11 de Abril de 2019 as 10h04

Julgamento

Senadora Selma diz estar tranquila e vai recorrer da cassação decidida pelo TRE

“Não houve qualquer desequilíbrio. Não houve abuso de poder político. Todos os concorrentes ao Senado eram pessoas de alto poder econômico. Já entrando em outubro, ela estava em sexto lugar e um dos candidatos era um dos mais ricos”, concluiu.

11 de Abril de 2019 as 09h57

Senadora Cassada

TRE-MT cassa Selma Arruda e suplente por caixa 2 e abuso de poder econômico e determina nova eleição

Senadora do PSL omitiu o correspondente a 72% das despesas de campanha. Ela foi a mais votada para o cargo na eleição passada.

10 de Abril de 2019 as 19h38

Julgamento

TRE começa julgar ação que pode resultar na cassação do diploma da senadora Selma; assista

Duas ações foram propostas contra Selma, uma pelo candidato Sebastião Gomes de Carvalho (que foi candidato) e outra pelo diretório estadual do PSD, que teve como candidato ao Senado Carlos Favaro.

10 de Abril de 2019 as 09h46

Indicações

Vereador Pedro de Góis apresenta cinco indicações ao Poder Executivo

As indicações solicitam melhorias na parte pavimentação, iluminação pública, sinalização e recuperação de estradas

09 de Abril de 2019 as 10h20

Reforma da Previdência

Deputado federal defende a Reforma da Previdência e afirma que 'direitos adquiridos serão mantidos'

Para Barbudo, o 'Ministério do Trabalho é o maior inibidor de emprego no país'.

09 de Abril de 2019 as 09h29

Embaixada Em Israel

Presidente se diz decidido a transferir Embaixada do Brasil em Israel

Proposta é mudar a representação de Tel Aviv para Jerusalém

08 de Abril de 2019 as 23h52

Governo Bolsonaro

Bolsonaro diz que mais de 90% das metas dos 100 dias serão cumpridas

''Não é fácil sentar nesta cadeira'', diz o presidente.

08 de Abril de 2019 as 23h49

Proposta

Bolsonaro quer mudar distribuição de royalties do petróleo

Governo deve anunciar linhas de crédito para estados e municípios

08 de Abril de 2019 as 23h47

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você concorda com a decisão do TRE que cassou o mandato da senadora Selma Arruda?

Sim

Não

Parcial
veja +

COTAÇÃO