Política

Nenhum candidato autodeclarado preto é eleito senador, deputado federal e estadual em MT

Os dois senadores, oito deputados federais e 24 deputados estaduais são brancos e pardos. No registro de candidatura, o candidato pode se autodeclarar de cor preta, parda, branca, amarela ou de raça indígena.

Eleições 2018 | 09 de Outubro de 2018 as 22h 06min
Fonte: Pollyana Araújo | G1 MT

Nenhum entre os 34 eleitos para representar Mato Grosso no Senado Federal, na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa é preto. Todos os eleitos no domingo (7) são brancos e pardos. A maioria, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se autodeclaram de cor branca.

À Justiça eleitoral, no registro de candidatura, o candidato pode se autodeclarar de cor preta, parda, branca, amarela ou de raça indígena. Pardos e pretos são considerados como negros em conjunto, segundo a classificação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dos senadores eleitos no estado, um é branco e outro pardo. Já entre os oito deputados estaduais apenas Juarez Costa (MDB) se autodeclarou de cor parda. Os candidatos eleitos que irão preencher as outras vagas são brancos.

Sem nenhum negro, a nova composição da Assembleia Legislativa de Mato Grosso terá cinco parlamentares autodeclarados pardos e os outros 19, brancos.

Só 4% em todo o país

Entre todos os eleitos para ocupar as 1.626 vagas de deputados distritais, estaduais, federais e senador, só 65 foram preenchidas por candidatos que se autodeclaram pretos nas eleições 2018, que corresponde a 4%.

As proporções são inferiores à realidade do país. A maioria dos brasileiros se enquadra como negro – 47,1% pardo e 8,8% preto, totalizando 55,9%. Os dados são do segundo trimestre de 2018 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO