Pedido De Propina

Nomes de Taques e de secretário foram usados para pedir propina

Denúncias foram encaminhadas para Secretaria de Segurança e acusados foram presos.

Fonte:MT Agora - Mídia News
17 de Fevereiro de 2016 as 04h 15min

O secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, revelou, nesta segunda-feira (15), que tem recebido denúncias de que pessoas estariam usando seu nome e o do governador Pedro Taques (PSDB) para pedir propina.

Em evento de posse da nova diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindepol), o secretário relatou os casos que envolveram servidores públicos e pessoas se passando por membros da família Taques.

“Quero fazer um registro público de um assunto que até o momento foi tratado com discrição, mas que sempre angustiou a mim e ao Pedro Taques. Desde que assumimos o Governo, já recebemos várias denúncias de pessoas utilizando o nome dele e o meu”, disse.

“O primeiro foi no mês de março de 2015, quando um deputado me ligou disse que a sua frente estavam dois prefeitos e que passaram o nome e o celular de um homem que estava visitando as prefeituras dizendo ser meu assessor especial para firmar convênios entre o Governo e a prefeitura, mas que precisava de um adiantamento de R$ 2 mil. Um senhor de mais de 60 anos, o que prova que os canalhas também envelhecem”, disse.

Taques disse ter encaminhado a denúncia à Secretaria de Segurança e que o acusado foi preso.

O segundo caso se passou em Barra do Garças (cidade a 521 km de Cuiabá).

“Recebemos uma denúncia que um servidor da Sema de Barra do Garças estava comercializando licença ambiental por R$ 5 mil. E ele dizia que desse valor R$ 2,5 mil era para ser dividido entre eu e o governador.  Ou seja, R$ 1,250 mil para cada um. Eu falei para o Pedro: 'é metade para cada um'”, brincou.

Parentes dos Taques

Os dois últimos casos, relatados por Paulo Taques, foram de pessoas que se diziam membros da família Taques.

“Agora, mais recentemente, havia um servidor de cargo comissionado em uma autarquia. Estranharam quando viram que o seu computador tinha na tela de descanso duas fotos, uma de cada lado, minha e do governador. Ele dizia ser meu sobrinho, primo do governador, que conosco compartilhava os finais de semana, que conosco gozava de intimidade e estava aprendendo ‘facilidades’ nessa autarquia”, disse.

“Outra denúncia de um conhecido meu, que é pecuarista, de que uma moça cujo prenome não vou dizer, mas que estava dizendo que o último nome era Taques. Ela dizia que era minha prima, e sobrinha do governador, e pedia dinheiro que seria para mim e para o governador. Encaminhamos a denúncia ao secretário [Fábio] Galindo, que deve ter tomado às providências”, afirmou.

Voz de prisão

Por fim, o secretário afirmou que ninguém está autorizado a falar em seu nome ou do governador.

“Essas são as denúncias que chegaram, mas e as que não chegaram? Não sabemos. Então, estou tornando esses fatos públicos e pedindo, em meu nome e do governador, que toda vez que chegar denúncia de que estão usando os nossos nomes, não hesitem em dar voz de prisão. Porque ninguém está autorizado a fazer isso, seja que assunto for”, completou.


COMENTARIOS

Mais de Política

Escola Militar

Emenda garante R$ 480 mil para escolas militares; recurso contempla Lucas do Rio Verde

Meio milhão de reais não é nada perto do que realmente queremos destaca o deputado Silvio Fávero

22 de Fevereiro de 2020 as 13h51

Novo Batalhão

Com emenda de deputados, prefeitura inicia primeira fase das obras do novo Batalhão da PM em Lucas do Rio Verde

O município de Lucas do Rio Verde foi contemplado com R$ 2 milhões em emendas parlamentar para a construção do novo batalhão

22 de Fevereiro de 2020 as 13h45

Afastamento

Justiça determina o afastamento de presidente da Câmara de Campos de Júlio (MT)

Rodrigo Lemes de Paula (Pros) foi afastado e está proibido de acessar as dependências do Legislativo e do Executivo. Segundo o MP, há indícios de que ele estava tentando atrapalhar investigação.

20 de Fevereiro de 2020 as 09h07

Energia Elétrica

Fávero quer isenção de ICMS para pacientes do sistema ‘Home Care’

O proprietário do imóvel deverá requer o benefício junto ao sistema de processo eletrônico da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

18 de Fevereiro de 2020 as 11h31

Eleições Suplementares

Candidatos ao Senado em MT podem gastar no máximo R$ 3 milhões cada durante a campanha

A eleição suplementar acontecerá no dia 26 de abril. Vaga foi aberta depois de cassação de Selma Arruda (Podemos).

18 de Fevereiro de 2020 as 07h06

Ameaça

Vereador procura a polícia e diz que está sendo ameaçado de morte após votar pela cassação de colega em Cuiabá

Toninho de Souza conta que na noite desse domingo (16) recebeu um telefonema de um homem teria dito que é “defensor do vereador Abílio”.

18 de Fevereiro de 2020 as 07h04

Limpa Pauta

Deputados devem votar 35 vetos para limpar pauta da Assembleia Legislativa de MT

As sessões ordinárias são realizadas na terça-, quarta e quinta-feira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

17 de Fevereiro de 2020 as 14h38

Capital do Nortão

Fávero apresenta pacote de indicações que contemplam Sinop

Pedidos foram encaminhados ao Governo do Estado e ao DNIT.

11 de Fevereiro de 2020 as 09h13

Decisão STF

Senadora de MT cassada ingressa com ação contra decisão do STF que determinou posse de 3º colocado

Selma foi cassada pela Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico e caixa dois na campanha eleitoral de 2018.

04 de Fevereiro de 2020 as 09h44

Aposentadoria

Deputados de MT votam alteração nas regras da aposentadoria e cota zero durante a semana

O presidente da ALMT também adiantou que os deputados precisam votar em redação final o projeto do aumento da alíquota previdenciária do funcionalismo de 11% para 14%.

04 de Fevereiro de 2020 as 09h43

Saúde

Indicação aponta necessidade de ambulância com UTI para Lucas do Rio Verde

Pedido foi encaminhado ao Governo do Estado, com cópia à Secretaria de Estado de Saúde (SES).

02 de Fevereiro de 2020 as 19h00

Senado

Toffoli manda terceiro colocado assumir vaga no Senado pelo MT até o resultado das novas eleições

Decisão valerá se Senado declarar vacância do cargo da juíza Selma Arruda, cassada no ano passado. Escolha de novo senador está marcada para 26 de abril.

02 de Fevereiro de 2020 as 09h55

Banda Larga

Fávero propõe ‘MT Conectado’ para alcançar localidades socialmente vulneráveis

Intuito, segundo o parlamentar, é desenvolver e fomentar ações que diminuam as desigualdades e dificuldades de acesso às tecnologias de informação e comunicação

30 de Janeiro de 2020 as 10h40

Artilheiro

Fávero é o único parlamentar de MT que mais teve leis sancionadas na AL

Em 11 meses de mandato, o parlamentar conseguiu sancionar 11 leis que já estão em vigor em Mato Grosso.

28 de Janeiro de 2020 as 14h30

Eleição Suplementar

Pivetta aposta em apoio de Mauro Mendes na disputa pelo Senado

A eleição já possui uma lista de pré-candidatos com pelo menos 20 postulantes

22 de Janeiro de 2020 as 15h46

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO