Petrobras é a ''madame mais honesta dos cabarés do Brasil'', diz Machado

Para ex-diretor da Transpetro, Petrobras é estatal menos corrupta. Ele teve acordo de delação premiada na Lava Jato homologado.

16/06/2016 - 01:22:21

   

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado afirmou aos investigadores da Operação Lava Jato, em delação premiada, que a Petrobras é a “madame mais honesta dos cabarés do Brasil”, em referência às práticas corruptas que, segundo ele, existe em outras estatais do país.

 A delação de mais de 400 páginas foi homologada pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), e foi divulgada nesta quarta-feira (15). Na colaboração com as investigações da Lava Jato, Sérgio Machado admitiu ter repassado propina a mais de 20 políticos de seis partidos. Só para o PMDB, que apadrinhou sua nomeação, o executivo teria arrecadado R$ 100 milhões.

Em um dos termos de delação premiada, Machado afirma que a Petrobras possui uma estrutura “bastante regulamentada”, e que outras estatais adotam práticas “menos ortodoxas”.

“A Petrobras é 'a madame mais honesta dos cabarés do Brasil’, significando essa metáfora que era um organismo estatal bastante regulamentado e disciplinado; que pode citar, como organismos estatais com práticas menos ortodoxas que a Petrobras o DNIT, as companhias Docas, bancos oficiais tais como o Banco do Nordeste, Funasa e FNDE e DNOCS”, diz trecho da colaboração do ex-presidente da Transpetro.

“Modelo tradicional” de corrupção

Neste mesmo termo de delação, Machado afirma que existe no país um “modelo tradicional” de corrupção, com pagamento de percentuais de propina em contratos em nível federal, estadual e municipal. Segundo ele, mais recentemente as estatais passaram a ser incluídas nesse esquema de corrupção.

“O ‘custo político’ é o percentual de qualquer relação contratual entre empresa privada e poder público a ser destinado a propinas; que esse percentual é de 3% no nível federal, de 5 a 10% no nível estadual e de 10 a 30% no nível municipal; que recentemente, em todos os níveis de governos, as pessoas saíram desse padrão e foram além, envolvendo a estrutura das empresas estatais e dos órgãos públicos, o que antes não acontecia”, diz a delação.

Sérgio Machado é considerado, pelos investigados da Lava Jato, um dos operadores do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras. Ele foi nomeado pelo partido para presidir a Transpetro entre 2003 e 2015. Segundo o delator, entre os políticos que receberam propina estão o ex-presidente José Sarney, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o senador e ex-ministro do Planejamento Romero Jucá (PMDB-RR).

Devolução de R$ 75 milhões

Para viabilizar o acordo de delação, o ex-presidente da Transpetro se comprometeu a devolver aos cofres públicos R$ 75 milhões que teria recebido de propina enquanto comandou a estatal. Parte menor do valor, de R$ 10 milhões, deverá ser pago até o fim deste mês. Outros R$ 65 milhões até o final do ano que vem.

Pelo acordo, ele pegará uma pena máxima de 20 anos quando for condenado, mas cumprirá apenas 3 anos em prisão domiciliar. Nesse período, deverá permanecer em casa por 2 anos e 3 meses. Depois, poderá sair para prestar serviços comunitários. Em sua residência, em Fortaleza, poderá receber apenas advogados, profissionais de saúde e uma relação restrita de 27 familiares e amigos.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Durante O Ano De 2017

Sorriso: Vereador comemora indicações atendidas

Cassação De Mandato

Mesa Diretora da Câmara decide em agosto se Maluf deve perder mandato

Pela Terceira Vez

Cármen Lúcia assume interinamente a Presidência da República

Reconhecimento

Lucas: Vereadores aprovam a concessão de quatro Moções e um título de Cidadão Honorário

17/07/2018 -

Ninguém bate em cachorro morto, rebate Taques contra denúncias

O governador Pedro Taques (PSDB) minimizou o fato de seu antigo partido, o PDT, ter oferecido duas ações na Justiça, na última semana, contra atos praticados por ele e apontados como eleitoreiros pelos adversários políticos.

17/07/2018 -

Ninguém consegue enganar tanta gente por muito tempo, diz Pivetta sobre governador

Desta vez, Pivetta ironizou a tentativa do ex-aliado em convencer o deputado federal Adilton Sachetti (PRB) a disputar o senado na chapa governista.

16/07/2018 -

Lucas: Vereadores aprovam a destinação de recursos para o Hospital São Lucas

Serão destinados R$ 1.350.000,00, o valor será utilizado para cobrir despesas ocasionadas pelos atendimentos via SUS.

15/07/2018 -

Absolvição de Lula não invalida delação de Delcídio, dizem especialistas

Juiz do DF absolveu ex-presidente e outros 6 da acusação de obstrução de justiça baseada em delação do ex-senador. Colaboração de Delcídio ainda pode ser utilizada em outras investigações.

15/07/2018 -

Nova MP das loterias deve gerar R$ 1 bi para segurança, R$ 630 milhões para esporte e R$ 412 milhões para cultura

Informação foi dada nesta sexta-feira (13) pelo governo federal. Primeira MP editada por Temer tirava dinheiro das pastas do Esporte e da Cultura, e ministros reclamaram.

15/07/2018 -

Ministro Carlos Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

A informação de que o nome de Marun estaria envolvido foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, com base em um relatório obtido junto à Polícia Federal (PF), que apura irregularidades na concessão de registros sindicais pelo Ministério do Trabalho.

15/07/2018 -

Ministério da Segurança Pública vai unificar registro de ocorrências e crimes em todo país

Iniciativa vai auxiliar na investigação de infrações, além de facilitar acesso e cruzamento de informações, segundo o ministro. Integração deve estar em pleno funcionamento até 2019.

15/07/2018 -

PRB anuncia retirada da pré-candidatura a presidente do empresário Flávio Rocha

Partido argumenta que é necessário unir as ''forças de centro''. Executivo do grupo Guararapes, que controla as Lojas Riachuelo, tinha sido lançado pré-candidato no último dia 23 de março.

13/07/2018 -

Lucas: Vereadores aprovam a destinação de quatro servidores para a 49ª Ciretran

Inicialmente, serão destinados apenas dois servidores, um atuará na recepção, orientando quanto a documentação e o outro, atuará no setor de vistoria.

13/07/2018 -

Câmara de Lucas realiza última sessão ordinária antes do recesso com análise de projeto polêmico

A sessão foi realizada às 10 horas.

11/07/2018 -

Congresso conclui votação da LDO e derruba proibição a reajuste para servidores em 2019

Proibição estava prevista no texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano que vem, aprovado nesta quarta (11). Texto segue para sanção do presidente Michel Temer.

11/07/2018 -

Congresso aprova texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias; saiba principais pontos

Com aprovação do texto-base, deputados e senadores passaram a votar propostas de mudança no texto. Parlamentares querem derrubar proibição a reajuste para servidores.

11/07/2018 -

Deputados aprovam brecha para liberar indicações políticas nas empresas estatais

Proposta foi aprovada em comissão que discute novas regras para agências reguladoras. Se não houver recurso, pode ir direto para o Senado.

11/07/2018 -

Senado aprova MP dos fretes; texto prevê anistia a caminhoneiros

Medida provisória foi editada pelo governo após acordo com caminhoneiros para por fim à greve da categoria. Pelo texto, caberá à ANTT definir os preços; texto segue para sanção presidencial.

11/07/2018 -

Câmara aprova MP que estabelece preços mínimos de frete; texto concede anistia a multas de trânsito

Medida atende a reivindicação dos caminhoneiros, que paralisaram todas as atividades por 11 dias em maio. Texto não define o valor do preço mínimo, que será estipulado por tabela da ANTT.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora