PF vasculha casa e escritório de ex-deputado que responde a mais de 100 ações na Justiça em Cuiabá

José Riva disse que mandados têm relação com a Operação Ararath, que investiga crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, por meio de 'bancos clandestinos'.

13/12/2017 - 19:30:19

   

José Riva é réu em mais de 100 ações em MT (Foto: Maurício Barbant/ALMT)

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na casa e no escritório do ex-deputado José Geraldo Riva nesta quarta-feira (13), em Cuiabá. O ex-deputado, que responde a mais de 100 na Justiça pelos crimes de corrupção e improbidade administrativa, afirmou que foram apreendidos documentos da casa dele. A PF disse que a operação corre em sigilo e, por isso, não pode dar detalhes.

Segundo José Riva, os mandados foram cumpridos depois de um novo depoimento do empresário Avilmar Araújo, que, em 2013, foi preso em Minas Gerais com cheques da Assembleia Legislativa de Mato Grosso(ALMT).

Ele disse que a operação é relacionada à Operação Ararath, que desde 2013 já teve mais de 10 fases. "É uma situação nova em função de um depoente, mas não tenho condições de avançar muito porque essa investigação está em sigilo. Mas ainda não tenho domínio desse depoimento. É difícil falar, porque os advogados acham que é temerário, mas estou tranquilo", afirmou.

Riva alegou que está tentando contribuir com a Justiça.

A operação Ararath investiga crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, por meio de 'bancos clandestinos'. Nas várias fases da operação, foram presos políticos, entre eles o próprio Riva, e empresários do estado.

O delator do esquema, empresário Gércio Marcelino Mendonça Júnior, afirmou que a fraude na ALMT ocorria por meio de licitações com direcionamento para que determinadas empresas que também faziam parte da quadrilha vencessem e, depois, as mercadorias compradas não eram entregues.

No acerto, as empresas sacavam o dinheiro, ficavam com 20% do valor, sendo que não tinham prestado qualquer serviço ou fornecido produtos, e 'devolviam' 80% do montante ao então presidente da Assembleia Legislativa, de acordo com a denúncia do Ministério Público Federal.

As empresas forneciam as notas fiscais como se tivessem fornecido o serviço e o setor de almoxarifado atestava ter recebido as mercadorias.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa de Júnior Mendonça, a polícia encontrou uma nota promissória emitida em favor do então deputado, como espécie de garantia para o recebimento do empréstimo concedido a ele. Diante disso, o delator foi questionado sobre supostas quantias emprestadas a Riva.

No depoimento, ele informou que, na maioria das vezes, os empréstimos eram quitados por meio de pagamentos com dinheiro em espécie pelo então secretário-geral da AL-MT dentro da própria Casa de Leis.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Eleições 2018

Pivetta entra na disputa ao Paiaguás

Creche

Durante visita do governador em Lucas, vereador Marcos Paulista assevera: “O que nossa cidade precisa é de creche”

Tabuleiro Eleitoral

“Não tenho conversado com Mauro por opção minha”, diz Taques

Delação Da JBS

Aécio Neves vira réu no Supremo por corrupção e obstrução de Justiça

16/04/2018 -

Pivetta: “Estou pronto para qualquer função que for escalado”

Ex-prefeito diz que "só restou decepção" em relação a Taques

11/04/2018 -

Lucas: Câmara aprova mudanças no projeto que regulamenta funcionamento do comércio aos sábados

Oito vereadores participaram da sessão extraordinária realizada na tarde desta quarta-feira.

11/04/2018 -

Prefeito Binotti organiza vinda do governador a Lucas do Rio Verde

O governador Pedro Taques estará em Lucas nos dias 13 e 14 apresentando juntamente com o prefeito Luiz Binotti importantes obras e projetos

11/04/2018 -

Lucas: Prefeitura realiza audiência pública para debater a LDO 2019

Audiência foi realizada com a população para debater diretrizes orçamentárias

11/04/2018 -

Binotti avisa que Patrulha Rural de Lucas do Rio Verde será entregue esta semana

Prefeito ainda informou que recursos para a construção do CIEC já estão disponíveis

11/04/2018 -

Advogado de Lula diz que defesa prepara recursos a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazos para defesa apresentar recorrer se encerra no próximo dia 23. Recursos terão de ser protocolados no TRF-4, que decidirá se os envia aos tribunais superiores.

11/04/2018 -

Temer pede otimismo e diz que país não está em ''desgraça absoluta''

Segundo o presidente, assim como todos os países, Brasil tem dificuldades. Ele participou de um evento do setor de cooperativas em um hotel em Brasília.

11/04/2018 -

Moro e advogado de Lula discutem em audiência de Marcelo Odebrecht

Discussão começou logo no início da audiência de empresário Marcelo Odebrecht, após o advogado Cristiano Zanin dizer que a defesa foi prejudicada.

11/04/2018 -

Câmara dos Deputados aprova projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública

Projeto de lei permite a integração de informações de inteligência entre governo federal e estados. Com aprovação dos deputados, texto segue agora para análise do Senado.

11/04/2018 -

Visitas para Lula são adiadas por questões de segurança, diz PF

Presos da Polícia Federal, em Curitiba, recebem visitas às quartas-feiras; as de Lula foram mudadas desta quarta-feira (11) para quinta-feira (12).

11/04/2018 -

Membro do MBL MT é ameaçado por militante comunista após ser agredido em manifestação

A manifestação de esquerda aconteceu no dia 06 de abril, na Praça Alencastro, em Cuiabá e tinha como objetivo defender a inocência do ex-presidente Lula.

10/04/2018 -

Lucas do Rio Verde terá uma unidade da Escola Estadual Militar Tiradentes

O decreto, criando a escola, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (05)

09/04/2018 -

Defesa de Lula tem até 23 de abril para recorrer a STJ e STF contra condenação no caso do triplex

Prazo passou a contar à 0h desta segunda. Recursos terão de ser protocolados na segunda instância e caberá à vice-presidente do TRF-4 decidir se serão enviados aos tribunais superiores.

09/04/2018 -

PT anuncia transferência simbólica da sede do partido para Curitiba

Segundo o partido, mudança vai fazer com que as decisões sejam discutidas e divulgadas pelas lideranças na capital paranaense. Fisicamente, sede segue em São Paulo.

09/04/2018 -

''Manda esse lixo janela abaixo''; áudio durante voo de Lula para Curitiba entra na frequência do aeroporto de Congonhas

FAB confirmou a autenticidade da gravação e diz que não foi de controladores de voo; especialistas dizem que é quase impossível identificar autoria das ofensas.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora