Política

Pivetta articula Mauro ao governo e diz que Taques está “testado e reprovado”

Na postagem sobre a reunião, Pivetta lembrou do movimento Mato Grosso Muito Mais que elegeu Taques senador em 2010.

Rumo as Eleições | 09 de Março de 2018 as 15h 27min
MT Agora - Jacques Gosch | RD News

Embora discretamente, o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) está se movimentando na tentativa de viabilizar sua pré-candidatura a governador para contrapor a reeleição de Pedro Taques (PSDB). Ontem (8), se reuniu com Otaviano Pivetta (sem partido) para debater as primeiras diretrizes do projeto político que pretende apresentar para Mato Grosso. O encontro aconteceu em Cuiabá, na residência do democrata.

Ex-prefeito de Lucas do Rio Verde por três mandatos não consecutivos, Pivetta coordenou a campanha e a transição de Taques em 2014 quando ainda eram correligionários no PDT. Depois, divergiu principalmente por questões relacionadas à saúde e rompeu com o tucano.

“O Pedro foi um bom procurador, bom senador, foi nossa esperança de ser um bom governador, mas nessa ultima frustrou. Está testado e reprovado”, declarou Pivetta em entrevista.

Na postagem sobre a reunião, Pivetta lembrou do movimento Mato Grosso Muito Mais que elegeu Taques senador em 2010. Naquela eleição foi candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Mauro.

“Hoje relembramos de nossos sonhos em 2010 quando honrosamente fui candidato a vice do Mauro, eleição em que o senador Pedro Taques nasceu na política. Falamos também sobre o momento que MT e os Mato-Grossenses estão passando e pra encerrar falamos sobre o futuro que queremos” diz trecho da postagem.

A exemplo de Pivetta, Mauro também está descontente com Taques. Na última entrevista que concedeu, afirmou que o governador reclama da crise por não ter “feito o dever de casa”.

Pivetta, que deixou o PSB ainda em 2016 e disse que "pendurou as chuteiras" na política, descarta nova filiação partidária e candidatura nas eleições de outubro. No entanto, garante que está à disposição de Mauro para ajudá-lo no que for preciso com objetivo de vencer as eleições.

“Estamos reunindo os pares e o time será escalado. Os desencantados estão se mobilizando. O movimento será forte e consistente com homens e mulheres que darão um novo e bom rumo para Mato Grosso”, concluiu.

Enquanto Mauro se movimenta, o DEM segue reafirmando candidatura própria à majoritária, o que fortalece seu projeto político. O ex-senador Jayme Campos também coloca o nome à disposição da sigla e a definição do candidato deve ocorrer somente em julho às vésperas das convenções partidárias.

Após Mauro deixar o PSB, sua filiação ao DEM que chegou a ser colocada em dúvida, foi confirmada com sua presença na convenção nacional em Brasília. Para o projeto da pré-candidatura a governador e consolidar, deverá resolver suas questões empresárias já que o Grupo Bipar, que chegou a entrar em recuperação judicial no período em que esteve na Prefeitura de Cuiabá, ainda está no processo de reestruturação conduzido pelo ex-prefeito.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO