Política

Pivetta cita Mauro, mas diz que tem “entusiasmo” para concorrer

Ex-prefeito de Lucas do Rio Verde diz que está andando pelo Estado e se apresentando como candidato

Governo | 04 de Maio de 2018 as 10h 40min
MT Agora - Camila Ribeiro | Mídia News

O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (PDT) afirmou que está entusiasmado com a possiblidade de concorrer ao Governo do Estado nas eleições de outubro.

Ele já está, inclusive, percorrendo Municípios do interior na condição de pré-candidato ao Paiaguás e pensando a elaboração de um plano de Governo a ser apresentado à população.

“Estou andando o Estado, me apresentando como pré-candidato. O PDT está fechado comigo. Tenho entusiasmo, tenho vontade. Acumulei bastante conhecimento ao longo de minha vida nesse setor", disse Pivetta.

“Além de andar pelos Municípios, estou procurando conhecer a situação do Estado. Temos que fazer o plano que queremos para Mato Grosso, uma coisa simples, de linguagem fácil e que a população consiga entender. Sem aqueles ‘catataus’ que acabam não cumprindo nada depois”, afirmou.

As declarações foram dadas na manhã desta quinta-feira (3), em entrevista concedida à Rádio Capital FM.

Na ocasião, Pivetta disse que o modelo de gestão implantado em Lucas do Rio Verde, município do qual ele foi prefeito por três mandatos, poderá ser usado como exemplo daquilo que ele pode realizar em Mato Grosso.

Ele citou ainda a cidade de Nova Mutum, administrada por seu irmão, Adriano Pivetta. Ambos chegaram a liderar o Ranking IKGM de Aprovação Popular dos Prefeitos de Mato Grosso, em 2015.

“Acho que o que fizemos em Lucas e em Mutum é um protótipo, um mostruário do que devemos fazer em Mato grosso. A questão é ampliar o modelo desses Municípios para as necessidades do Estado. O modelo existe, precisamos ampliá-lo”, disse.

Um dos principais pontos destacados por ele é a Educação de Lucas.

“Todas as avaliações que temos (Prova Brasil, Ideb...) mostram Mato Grosso entre os piores Estados do Brasil. A escola é ruim, a ambiência é ruim. É preciso ter ambiência, alimentação adequada, nutrição das crianças, professores motivados e, especialmente, a escola tem que ser um lugar atrativo, onde crianças e jovens se sintam bem”, disse.

“O que fizemos em Lucas foi isso: escolas com ginásio de esportes, piscina semiolímpica, refeitórios e cozinhas semiindustriais, merendeiras treinadas permanentemente por nutricionistas. No início de meu mandato, vi crianças depredando escolas, porque a escola maltratava a criança. Isso em Lucas acabou. Em Nova Mutum acabou. Educação foi definida como prioridade”, afirmou.

Efeito Mauro
Ainda durante a entrevista, Otaviano Pivetta lembrou a possibilidade de o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM) sair candidato ao Governo.

Apesar de apontar entusiasmo com seu projeto ao Paiaguás, Pivetta diz que pode recuar para apoiar Mauro.

“O Mauro ainda pende algumas questões. Eu estou definido como pré-candidato. Porém, o Mauro tem meu fiel companheirismo. Sabemos que ele é nome mais fácil, mais difundido. Não tenho problema nenhum em apoiá-lo. Se ele sai, eu apoio. Caso ele não saia, estou percorrendo o Estado”, concluiu.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

30º

COTAÇÃO