Planalto confirma exoneração de Bruno Araújo do Ministério das Cidades

Integrante da ala ''Cabeças pretas'' do PSDB, Araújo entregou carta de demissão a Temer nesta segunda. Nota do Planalto diz que reforma ministerial começará ''agora''.

13/11/2017 - 21:53:17

   

Ministro das Cidades, Bruno Araújo, do PSDB, pede demissão

O Palácio do Planalto confirmou na noite desta segunda-feira (13) a exoneração de Bruno Araújo (PSDB) do comando do Ministério das Cidades.

Mais cedo, nesta segunda, Araújo encaminhou a carta de demissão ao presidente Michel Temer. Com a saída do governo, o tucano reassumirá o mandato de deputado federal na Câmara.

"O Presidente Michel Temer recebeu na tarde de hoje o pedido de exoneração do ministro das Cidades, Bruno Araújo, a quem agradece pelos bons serviços prestados. O presidente dará início agora a uma reforma ministerial que estará concluída até meados de dezembro."

A saída de Bruno Araújo aconteceu em meio ao racha no PSDB sobre apoiar ou não o governo do presidente Temer.

Enquanto a chamada "Ala Jaburu" defende a permanência do partido nos cargos, a ala dos "Cabeças pretas" quer o desembarque.

A decisão de Bruno de Araújo de deixar o Ministério das Cidades dá início à reforma ministerial do governo, já esperada no meio político, diante da pressão do "Centrão", grupo de partidos que reivindica mais espaço no Executivo para votar no Congresso conforme os interesses do Palácio do Planalto.

Trajetória

Bruno Araújo tem 45 anos e estava no governo desde maio do ano passado, quando Temer assumiu a presidência da República de maneira interina.

Político e advogado pernambucano, Araújo está em no terceiro mandato consecutivo como deputado. Na Câmara, foi líder da oposição e do PSD.

No dia 17 de abril do ano passado, quando a Câmara casa autorizou o prosseguimento do processo de impeachment de Dilma Rousseff, Bruno Araújo foi o responsável por dar o voto decisivo, de número 342, que fez com que o processo seguisse para o Senado.

Nascido em 1972 em Recife, Araújo se formou pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco. Foi oficial de gabinete do governo do estado em 1991 e chefe de gabinete de deputado entre 1992 e 1998. O primeiro cargo eletivo dele foi o de deputado estadual, em 1998.

Foi eleito novamente deputado estadual em 2002 e chegou a exercer diversos cargos na Assembleia Legislativa, como o de líder do governo Jarbas Vasconcelos entre 2003 e 2006, líder do PSDB entre 2006 e 2007 e presidente e membro de diversas comissões.

Já na Câmara dos Deputados, Araújo ganhou projeção em 2015, quando se tornou líder da oposição. Contrário ao governo Dilma, ele usava as redes sociais constantemente para criticar a gestão da petista.

 

Íntegra

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo Palácio do Planalto:

Nota à imprensa

O Presidente Michel Temer recebeu na tarde de hoje o pedido de exoneração do ministro das Cidades, Bruno Araújo, a quem agradece pelos bons serviços prestados.

O presidente dará início agora a uma reforma ministerial que estará concluída até meados de dezembro.

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

MT Agora - G1

Mais Noticias

Fim Da Greve

Lucas: Trabalhadores da educação decidem em assembleia pelo fim da greve

Saúde

Lucas: Vereadores derrubam veto do prefeito e mantêm projeto Dose uma Vida

Segurança Pública

Lucas: Vereadores aprovam a destinação de recursos ao Conselho Comunitário de Segurança

Balanço Fiscal

TCE aprova por unanimidade contas de Governo Taques de 2017

18/06/2018 -

No Paraguai, Temer defende acordos do Mercosul com União Europeia e Aliança do Pacífico

Presidente participou de reunião de cúpula do Mercosul, realizada nesta segunda (18) em Assunção. Ele também falou sobre a crise na Venezuela e a ameaça do crime organizado para os países do continente.

18/06/2018 -

Temer diz que governo vai esperar decisão do STF sobre fretes

Temer acrescentou que o governo vai obedecer à decisão do Supremo. Ele também avaliou que a posição do Conselho de Administrativo Econômico (Cade), contrária ao tabelamento, não irá atrapalhar a solução da questão.

18/06/2018 -

Funcionário da OAS diz que gerente o convocou para reforma no ''sítio do presidente Lula''

Misael de Jesus Oliveira afirmou à Justiça que executou obras do sítio em Atibaia, atribuído ao ex-presidente Lula, com dinheiro da OAS. Ele diz ter atendido a pedidos da ex-primeira dama Marisa Letícia.

18/06/2018 -

PF indicia ex-procurador Marcelo Miller e empresário Joesley Batista por corrupção

O indiciamento aconteceu no âmbito do processo que apura se Joesley Batista, Francisco de Assis e as advogadas tentaram corromper Miller enquanto ele atuava no Ministério Público.

18/06/2018 -

Temer sanciona lei que permite venda direta do óleo do pré-sal

A venda será feita pela estatal Pré-Sal Petróleo S/A (PPSA), que poderá negociar diretamente com outras empresas a parte de óleo devida à União, tendo como base o regime de partilha, vigente desde 2010.

18/06/2018 -

Ministério da Segurança Pública está na pauta do Senado de terça-feira

A nova pasta absorve algumas atribuições antes vinculadas ao Ministério da Justiça.

18/06/2018 -

PGR pede prorrogação de inquéritos sobre Aécio Neves no STF

As investigações são relatadas pelos ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

18/06/2018 -

Temer vai a Roraima para verificar ações de acolhimento a venezuelanos

Viagem ocorrerá nesta quinta-feira.

18/06/2018 -

Entenda por que Maia e Eunício viajam ao exterior sempre que Temer sai do país

Temer participa de reunião do Mercosul no Paraguai nesta segunda; Maia vai a Portugal e Eunício à Argentina. Cármen Lúcia assumirá a Presidência enquanto os três estiverem no exterior.

18/06/2018 -

Temer viaja, e Cármen Lúcia assume a Presidência da República pela segunda vez

Presidente do STF fica no exercício da Presidência da República até a noite desta segunda, quando Temer volta de reunião do Mercosul, no Paraguai. Presidentes da Câmara e do Senado também viajaram.

18/06/2018 -

PGR e PF querem ouvir Marcelo Odebrecht e doleiros em inquérito que investiga Temer

Raquel Dodge quer ouvir mais seis pessoas e concorda com prorrogação do inquérito. Decisão de estender a investigação caberá ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato.

18/06/2018 -

Políticos tentam se aproveitar do clima de Copa do Mundo

Estratégia de pegar carona em eventual sucesso da Seleção em campo é tradição que se repete a cada quatro anos no Brasil

18/06/2018 -

MDB, PT e PSDB receberão quase 37% do fundo eleitoral, informa TSE

Fundo destinará R$ 1,7 bilhão aos partidos neste ano; trio terá direito a R$ 632 milhões.

18/06/2018 -

Collor investe em aproximação com Coreia do Norte

O Brasil mantém relações diplomáticas com a Coreia do Norte desde 2001

18/06/2018 -

Câmara de Vereadores de Lucas promove audiência pública para debater LDO 2019

A audiência é a oportunidade de a população conhecer e opinar sobre o planejamento do município. O encontro será nesta terça-feira, a partir das 7h30.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora