Nova Previdência

Presidente confia na aprovação da Nova Previdência no primeiro semestre

Segundo Bolsonaro, o objetivo da proposta é cortar privilégios.

13 de Março de 2019 as 21h 59min

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quarta-feira (13), em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, que confia na aprovação da Nova Previdência, tanto na Câmara quanto no Senado, até o final do primeiro semestre. 

O presidente não descartou mudanças no texto enviado ao Congresso, mas destacou que a proposta não deve ser "desidratada". Bolsonaro lembrou que na da Argentina, as alterações foram consideráveis e não surtiram os efeitos desejados. “Não pode ser a reforma desidratada da Argentina. O Brasil entra em colapso em dois, três anos, assim como a Grécia e Portugal”, afirmou. “A boa reforma é aquela que será aprovada. O objetivo é cortar privilégios”, reforçou. 

O presidente afirmou que se Parlamento e Executivo trabalharem juntos, em um ano, o Brasil dará um salto. "Vamos saber se estamos jogando juntinhos ou não na primeira votação de admissibilidade na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça)”.

Tramitação

A proposta da Nova Previdência, conforme prevê as regras de tramitação, vai começar a ser discutida na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, que analisa se o texto do projeto está em acordo com os princípios constitucionais em prazo de no máximo cinco sessões do plenário da Casa. Em caso de aprovação, é criada uma comissão especial para debater as questões específicas do tema abordado na PEC (Proposta de Emenda à Constituição). A comissão especial analisa o mérito da proposta, ou seja, o seu conteúdo. Nos debates, os deputados podem apresentar emendas ao texto proposto, propondo alterações. O parecer aprovado pela comissão sugere como o texto deve ser apreciado, seguindo para o plenário da Câmara. Para entrar em vigor, a emenda precisa ser aprovada por três quintos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. 


Fonte: Planalto

COMENTARIOS

Mais de Política

Raio X

Deputados criam comissão para raio-X de 400 obras paradas e cobrar do governo de MT conclusões ao invés de lançar novos projetos

Principal objetivo dos deputados é apurar a quantidade oficial de obras paradas e fazer um diagnóstico. Ao fim dos trabalhos, os deputados devem apresentar soluções para as obras.

26 de Maio de 2019 as 12h10

Verba Indenizatória

Projeto que previa a redução de verba indenizatória em 50% e prestação de contas é barrado pelos deputados e arquivado na ALMT

Deputados afirmaram que necessitam da verba de R$ 65 mil para conseguir realizar o trabalho legislativo e alegaram que prestar contas seria muito difícil.

26 de Maio de 2019 as 12h07

Infraestrutura e Logística

Callai e Binotti buscam recursos do Estado para a pavimentação e recuperação de estradas

Os assuntos foram discutidos nesta quinta-feira (23), em Cuiabá, com o secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo de Oliveira e Silva

23 de Maio de 2019 as 19h42

Saúde

Callai, Binotti e diretor do São Lucas se reúnem com o secretário de Saúde do Estado

O objetivo da reunião, realizada na manhã desta quinta-feira (23), em Cuiabá, foi discutir a renovação do convênio referente as UTIs do Hospital São Lucas

23 de Maio de 2019 as 12h55

Audiência Pública

Vereador Callai quer ouvir a população sobre empréstimo de R$ 34 milhões

O objetivo é dar a oportunidade para que a prefeitura apresente onde será investido o recurso e a população possa opinar. A audiência ainda não tem data marcada

22 de Maio de 2019 as 20h42

Orçamento

Vereadores aprovam alteração no orçamento para entrada de R$ 12.6 milhões

O recurso é proveniente de uma financiamento que o município fez junto a Caixa Econômica Federal. O valor será investido em obras de abastecimento de água

22 de Maio de 2019 as 20h41

Auxílio Financeiro

Vereadores aprovam auxílio-financeiro para o transporte de universitários

Serão destinados R$ 40 mil para a Associação dos Universitários de Lucas do Rio Verde, que reúne aproximadamente 150 estudantes

22 de Maio de 2019 as 20h39

Prestação de Contas

Ex-governador de MT omitiu cerca de R$ 7 milhões na prestação de contas de campanha, diz ex-secretário

Permínio Pinto revelou doações não contabilizadas durante a campanha de Pedro Taques ao governo do estado. Total arrecadado foi R$ 34 milhões, entretanto, apenas R$ 27 milhões foi declarado ao TRE.

22 de Maio de 2019 as 10h21

Comemoração

Palco com autoridades cede durante comemoração do aniversário de Alta Floresta (MT)

Um inquérito deve ser aberto pelos bombeiros para apurar e verificar o motivo da queda. Segundo os bombeiros, não houve registro de feridos.

20 de Maio de 2019 as 09h55

Verba Indenizatória

Presidente da Assembleia diz que não abre mão da verba indenizatória de R$ 65 mil

A discussão é motivada por uma proposta de Ulysses que visa diminuir em 50% o valor repassado para a Verba de Gabinete

20 de Maio de 2019 as 09h50

Verba Indenizatória

Deputados de MT têm maior verba indenizatória do Brasil, com R$ 65 mil enquanto média nacional é de R$ 31 mil

Além do salário de R$ 25 mil, os parlamentares recebem verbas complementares para custeio. A maior delas é a verba indenizatória. que subiu mais de 300% entre 2010 e 2015.

18 de Maio de 2019 as 17h04

Redução de V.I

Janaina vê demagogia; Ulysses rebate: “De Riva quero distância”

Cada parlamentar tem direito a R$ 65 mil de verba para cobrir despesas do exercício da função

17 de Maio de 2019 as 09h54

Investimento

Projeto pretende destinar 50% da arrecadação de multas pagas por gestores municipais à saúde

Atualmente, os recursos provenientes das multas são transferidos ao Fundo de Reaparelhamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

16 de Maio de 2019 as 21h44

Gestão

Vereadores aprovam projeto e servidores municipais terão 4.58% de RGA

O índice corresponde a reposição inflacionária dos últimos 12 meses, medida pelo IPCA. A data base do funcionalismo público municipal é o mês de maio

16 de Maio de 2019 as 20h59

Verba Indenizatória

Comissão aprova pela 2ª vez projeto que prevê redução da verba indenizatória de deputados de MT de R$ 65 mil para R$ 32,5 mil

O relator do projeto na CFAEO, o deputado estadual Sílvio Fávero (PSL), emitiu parecer favorável à aprovação da propositura, sendo acompanhado pelos deputados Valmir Moretto (PRB) e Nininho (PSD).

16 de Maio de 2019 as 10h41

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO