Representantes da Rota do Oeste virão a Lucas do Rio Verde explicar atrasos nas obras de duplicação da BR 163

A audiência foi uma solicitação do presidente da Câmara, vereador Mano, durante audiência pública, realizada ontem (06), em Cuiabá

11/04/2017 - 05:54:08

   

Uma audiência pública deve ser realizada em Lucas do Rio Verde para que a população e autoridades dos municípios da região possam questionar a concessionária Rota do Oeste sobre os atrasos nas obras de duplicação da BR 163.

O encontro ainda não tem data marcada. A solicitação foi do presidente da Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde, vereador Mano (Jiloir Pelicioli), durante audiência pública, realizada na tarde de ontem (06), em Cuiabá.

“Não tivemos muitos representantes da nossa região na audiência. Então, para que a gente possa esclarecer para a população de Lucas e dos municípios da região, vamos fazer uma audiência em Lucas do Rio Verde e tentar reunir as lideranças da região”, explicou o presidente da Câmara, vereador Mano.

O encontro em Cuiabá, foi promovido pelo deputado estadual Jajah Neves (PSDB), com o objetivo de questionar a Rota do Oeste e debater com a população, o atraso nas obras de duplicação da rodovia BR 163.

“Está claro que a empresa não está cumprindo com o contrato e parece que ninguém está percebendo isso. Então, nós queremos respostas, o contrato tem que ser cumprido, se não, nós temos que suspender esses pedágios”, ressaltou o deputado.

O contrato de concessão entre a empresa e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) é de 855 km ao longo da 163, com a duplicação de 453 km e a manutenção de manutenção de 561. A previsão é investir R$ 6.8 bilhões em investimentos em 30 anos.

Segundo o representante da concessionária, Roberto Madureira, o atraso nas obras é devido ao descumprimento do acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BDNES), que interrompeu o financiamento para continuidade do projeto.

“A partir do momento que a gente tenha uma definição do governo federal em relação ao financiamento de longo prazo, as obras serão retomadas. O governo já está buscando uma solução para isso. Resolvendo essa questão, ainda neste semestre, a gente pode trazer boas notícias, inclusive para Lucas do Rio Verde.”

O evento também contou com a participação do deputado estadual Guilherme Maluf, do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte, representantes da Rota do Oeste, prefeitos, dos vereadores de Lucas do Rio Verde, Marcos Paulista, Márcia Pelicioli e Wagner Godoy e parlamentares de outros municípios.

MT Agora - Marcello Paulino | Ascom

Mais Noticias

Legislativo

Vereadores aprovam um projeto, uma Moção e apresentam três indicações

Baleia Azul

Vereadores, Educação, Saúde e órgãos de segurança se unem contra os jogos da internet

Renúncia Coletiva

Advogados deixam Silval após ele dizer que irá confessar crimes

Casa de Apoio

Vereador dr. Jaime solicita a criação de uma casa para abrigar os familiares dos pacientes internados no HSL

23/04/2017 -

Silval nega acordo de delação, mas diz que vai confessar crimes

Ex-governador do Estado afirma que nova postura é fruto de "reflexão" e orientação da família

23/04/2017 -

“Pró-família” vai custar R$ 48,6 milhões e atender 35 mil famílias

Auxílio será de R$ 100 mensais, conforme o Governo do Estado; beneficiários receberão cartões

19/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e Lucas do Rio Verde será a “Capital da Agroindústria”

Ainda no segmento da produção de alimentos, foi aprovada uma Moção de Aplausos ao Show Safra BR 163

19/04/2017 -

PF combate fraudes no seguro-desemprego em MT e mais 3 Estados

Investigações apontam rombo de mais de R$ 3 milhões por meio de benefícios concedidos de maneira irregular

19/04/2017 -

Vereador cobra redução do pedágio na BR-163 entre Sinop e Sorriso

"Neste momento vemos que é necessário a intervenção de todos os poderes para que não ocorram mais prejuízos aos cidadãos brasileiros"

18/04/2017 -

Presidente da Assembleia minimiza polêmica criada por título de cidadão mato-grossense para Lula

. Apesar do nome de Lula estar envolvido nos escândalos recentes de corrupção, ainda não há nenhuma condenação - o que não desabonaria a homenagem.

18/04/2017 -

Treze de Mato Grosso são citados em delações da Odebrecht

O último nome de Mato Grosso revelado foi o do ex-prefeito de Colniza Assis Raupp (PMDB). Ele aparece na lista da Odebrecht como um dos beneficiários de repasses de propina da empresa, de acordo com o Estadão.

18/04/2017 -

Projeto prevê verba indenizatória de R$ 6 mil a jornalistas e assessores jurídicos da ALMT

Proposta da Mesa Diretora prevê verba indenizatória a assessor de imprensa de gabinete e assessor jurídico de gabinete. Projeto ainda precisa ser aprovado.

13/04/2017 -

Associação Batista Luverdense é declara de “Utilidade Pública”

O título possibilita que a entidade possa firmar convênio com o poder público municipal e receber recursos para a realização de projetos sociais

13/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto destinando R$ 45 mil para a Comunidade São Cristóvão

Serão nove parcelas, sendo a primeira de R$ 9 mil e as outras de R$ 4.500,00.

13/04/2017 -

Prefeito recua e revoga decreto que liberava comércio de funcionar no feriado municipal

Com sua decisão, as empresas que estavam se organizando para abrir agora terão que ficar fechadas.

11/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e supermercados poderão funcionar até às 22h

A alteração no Código de Posturas do Município permite que os estabelecimentos comerciais funcionem até mais tarde sem a necessidade de alvará especial

10/04/2017 -

Câmara de Vereadores aprova Moção de Repúdio contra a Reforma da Previdência

A moção tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a proposta que mexe nos direitos do trabalhador

05/04/2017 -

Vereadores autorizam e prefeitura destinará recursos para a Groslândia e Itambiquara

Para a Groslândia serão destinados R$ 90 mil e para Itambiquara, R$ 27.500. Os valores devem ser investidos na limpeza e manutenção das comunidades

05/04/2017 -

Vereadores aprovam projeto e campanha do IPTU 2017 será lançada este mês

Em relação ao valor cobrado em 2016, houve um aumento de aproximadamente 11%