Secretário de Segurança de MT deve ser afastado e usar tornozeleira por suspeita de prejudicar investigação

Justiça ainda determinou busca e apreensão na Secretaria de Segurança Pública e a apreensão do celular de Rogers Jarbas.

20/09/2017 - 17:19:23

   

Secretário Rogers Jarbas deve ser afastado do cargo (Foto: Lenine Martins/Sesp-MT)

A Justiça determinou nesta quarta-feira (20) o afastamento do secretário estadual de Segurança Pública, Rogers Jarbas, além de busca e apreensão nas dependências da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) e o monitoramento dele por meio de tornozeleira eletrônica. Ele está sendo investigado por suspeita de prejudicar as investigações sobre o esquema de grampos, que vigorou entre 2014 e 2015. O governo informou que vai emitir uma nota sobre a decisão.

Jarbas se apresentou na presidência do Tribunal de Justiça (TJMT) nesta tarde, na companhia de um grupo de aproximadamente 40 delegados da Polícia Civil, para cumprir a decisão do desembargador Orlando Perri, relator do caso dos grampos no TJMT.

O secretário está impedido de manter contato com servidores e pessoas ligadas ao governo do estado, bem como com outros investigados por suposto envolvimento nas interceptações clandestinas feitas pela Polícia Militar, tanto por telefone quanto por WhatsApp ou quaisquer outros meios de comunicação. O celular dele também deve ser apreendido.

Ele também não deverá frequentar qualquer órgão público, principalmente os ligados à Sesp e à Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e delegacias de polícia, e nem sair do país. O secretário deve entregar o passaporte à Justiça, em 24 horas.

Há indícios de que o secretário, além de tentar atrapalhar a investigação, também cometeu abuso de autoridade, usurpação de função pública, denúncia caluniosa e prevaricação.

As investigações apontam que ele teria se valido do cargo e de sua influência enquanto integrante do primeiro escalão do governo do estado para interferir no processo que apura o crime de interceptações ilegais, tentando obter documentos sigilosos, ou constrangendo autoridades e militares e intimidando pessoas ligadas aos fatos.

Jarbas teria tentado investigar por conta própria a conduta da delegada Alana Cardoso, da Polícia Civil, e do ex-secretário de Segurança Pública, promotor de Justiça Mauro Zaque, sem que houvesse nenhum processo administrativo e judicial e sem a competência devida para investigar delegados de polícia.

No mês passado, o desembargador Orlando Perri determinou que o secretário fosse investigado por suspeita de tentar atrapalhar e intimidar as equipes envolvidas na investigação comandada pela delegada Ana Cristina Feldner, da Polícia Civil.

A investigação partiu de uma representação feita pelo promotor Mauro Zaque, que denunciou o caso dos grampos em maio deste ano. Zaque alegou que Jarbas tentou investigá-lo a partir da convocação da delegada Alana Cardoso para prestar esclarecimentos, no mesmo mês em que a denúncia sobre as escutas ilegais veio à tona.

A delegada Alana Cardoso teria sido contestada pelo secretário Rogers Jarbas sobre a condução de uma operação na Polícia Civil que, além de monitorar o crime organizado, também investigou duas mulheres: uma ex-assessora da Casa Civil do estado e uma ex-amante do advogado Paulo Taques, que é primo do governador Pedro taques (PSDB) e, naquela época, era secretário estadual.

Alana Cardoso foi questionada por Jarbas não apenas sobre as escutas ilegais, mas também sobre o comportamento de Mauro Zaque.

Segundo Zaque, o secretário de Segurança tentou arrumar indícios para desqualificar a denúncia que Zaque fez à Procuradoria-Geral da República, na qual acusa o governador de ter conhecimento sobre o esquema de grampos clandestinos, mas não ter feito nada para impedir.

Em seu depoimento, Alana Cardoso não ligou Mauro Zaque ao caso dos grampos e afirmou que Paulo Taques foi quem pediu para que a ex-assessora e a ex-amante fossem investigadas. O ex-chefe da Casa Civil chegou a ser preso por uam semana sob suspeita de participar do esquema de interceptações clandestinas.

Rogers Jarbas também é suspeito de tentar intimidar as equipes envolvidas na investigação.

MT Agora - G1 MT

Mais Noticias

Eleições 2018

''Abro mão de ser candidato'': pensando em ter um deputado eleito em Lucas do Rio Verde

Eleições 2018

Lucas do Rio Verde terá dois candidatos à Câmara Federal

Eleições 2018

''Lucas do Rio Verde vive momento político ímpar'', avalia sociólogo

Legislativo

Câmara de Sorriso: dois suplentes de vereador serão empossados na próxima sessão

08/08/2018 -

TRE-MT deve iniciar distribuição das mais de 8 mil urnas aos municípios este mês

Ao todo, o estado possui 1.491 locais de votação que precisam receber os aparelhos até o final de setembro. Antes do transporte, todos os equipamentos são testados e ajustados.

08/08/2018 -

Nova Aliança: vereadores de Sorriso cobram informações sobre paralisação das obras de cemeis

A obra – orçada em mais de dois milhões de reais – começou em julho de 2016 e deveria ter sido entregue em julho de 2017. Nesse período, a construção foi paralisada várias vezes.

08/08/2018 -

Lucas do Rio Verde reúne dez possíveis candidatos à Assembleia Legislativa

Com base eleitoral no município luverdense, pré-candidatos estão com nomes à disposição para concorrerem a uma cadeira.

08/08/2018 -

Recurso para compra de serviços do São Lucas será repassado em três parcelas, diz vereador

A informação é do vereador Airton Callai. Ele representou a Câmara de Vereadores numa reunião administrativa nesta terça-feira (07).

07/08/2018 -

Mano diz que Câmara vai garantir repasse para manutenção do Hospital São Lucas

A unidade de saúde aguarda celebração de convênio para a manutenção de serviços por meio do Sistema Único de Saúde.

07/08/2018 -

Seis projetos são apresentados durante Sessão dessa segunda feira (06)

Além dos projetos, foram votados também duas indicações ao Executivo.

07/08/2018 -

Câmara homenageia Guarda Municipal e garante custeio de curso de formação

Verba de cerca de R$ 100 mil para pagar o curso de formação da Guarda será cedida pelo Legislativo.

07/08/2018 -

Noite de homenagens na Câmara de Lucas do Rio Verde marca retorno aos trabalhos

Moções de Aplausos e Títulos de Cidadão Honorário foram entregues. Legislativo estava em recesso parlamentar desde o último dia 13.

07/08/2018 -

Personalidades e entidades são homenageadas em sessão solene na Câmara de Vereadores de Lucas

Foram entregues 12 títulos de ''Cidadão Honorário de Lucas do Rio Verde'' e 11 Moções de Aplausos.

07/08/2018 -

Vereadores vão destinar R$ 1.5 milhão para o pagamento de serviços médicos do HSL

O valor necessário é R$ 2.5 milhões, o restante, R$ 980 mil, virá da Prefeitura de Lucas do Rio Verde

05/08/2018 -

Taques é confirmado candidato à reeleição com Prado vice e Leitão ao Senado

A convenção dos tucanos prossegue em um hotel na capital onde já passaram aproximadamente mil militantes dos partidos que saudaram os candidatos.

04/08/2018 -

Confirmado: Binotti e Pivetta no mesmo palanque

Conforme adiantado, Binotti, Fávaro e Pivetta dividirão o mesmo palanque na campanha eleitoral deste ano.

03/08/2018 -

Esquema com notas frias para justificar gastos de deputados de MT desviou mais de R$ 500 mil, diz MP

Mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo TJMT. Segundo o MP, operação apura crimes de peculato, supressão de documentos e associação criminosa.

02/08/2018 -

Servidores e parlamentares são alvos de nova operação e policiais cumprem mandados na ALMT

Mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo TJMT. Segundo o MP, operação apura crimes de peculato, supressão de documentos e associação criminosa.

01/08/2018 -

Brasil tem 147,3 milhões de eleitores; aumento de 3,14% desde 2014

Os eleitores estão distribuídos pelos 5.550 municípios e em 171 localidades de 110 países.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora