Projeto de Lei

Senado aprova fim do sigilo bancário em operações com dinheiro público

O Senado aprovou nesta quarta-feira (12) projeto de lei que remove o sigilo bancário das operações de empréstimo realizadas com recursos do Orçamento público.

12 de Junho de 2019 as 22h 51min

O Senado aprovou nesta quarta-feira (12) projeto de lei que remove o sigilo bancário das operações de empréstimo realizadas com recursos do Orçamento público. Também não serão mais protegidas pelo sigilo, em caso de operações policiais, as contas bancárias que tenham sido usadas para movimentação de dinheiro público. O PLS 26/2014 segue para análise da Câmara dos Deputados.

A proposta modifica a Lei do Sigilo Bancário, que em sua versão original se referia apenas a empréstimos de bancos públicos para outros países ou que contassem com garantia, direta ou indireta, de nações estrangeiras. O texto do Senado estendeu a medida para quaisquer operações feitas por bancos públicos que usarem, total ou parcialmente, recursos provenientes do Orçamento público.

Outro dispositivo determina que bancos privados também retirem o sigilo quando efetuarem operações de empréstimo com dinheiro público. Dessa forma, fica estabelecido o fim do sigilo para as contas que movimentarem dinheiro público. O projeto também determina que os instrumentos contratuais e eventuais aditivos de operações de crédito sejam divulgados em página específica da instituição na internet. 

Governo federal

Em abril, o presidente Jair Bolsonaro retirou o sigilo bancário das operações de crédito envolvendo recursos públicos federais, inclusive em transações com estados, municípios, além de autarquias e fundações da administração pública.

"Nós temos que ser transparentes. Quantas vezes eu falei de caixa preta do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]? Tem melhorado o BNDES? Tem melhorado sim, mas nós queremos algo que seja aberto a toda administração pública. Não pode mais ter aquela história de que esse ministério, esse banco oficial ou essa estatal não pode [abrir os dados]", disse Bolsonaro ao assinar o parecer.  

Na ocasião, o advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, disse que o parecer cria efeito vinculante sobre toda a administração pública e deverá ser observado pelos gestores.
 
"Todos os órgãos de controle, Polícia Federal, tribunais de Conta, eles vão ter acesso livre ao dinheiro público, ou seja, tem um dinheiro da União que foi repassado ao BNDES, lá para o município ou para o estado, esses órgãos de controle vão ter acesso livre. Não vai poder ser defendido que não pode ter acesso por causa do sigilo bancário. Não tem sigilo bancário, a partir dessa assinatura, em relação ao dinheiro público federal", disse.  


Fonte: Heloisa Cristaldo | Agência Brasil

COMENTARIOS

Mais de Política

Encontro

Prefeito Luiz Binotti participa de audiência com ministro de Infraestrutura

O encontro para tratar sobre ferrovia foi realizado em Água Boa.

17 de Junho de 2019 as 16h08

Governo Bolsonaro

Presidente do BNDES pede demissão

O pedido foi feito hoje (16) em carta enviada ao ministro Paulo Guedes

16 de Junho de 2019 as 16h52

Aliança

Bolsonaro anuncia que Brasil foi aceito como aliado extra-Otan

Para ele, com a aliança o país terá mais assistência no campo militar

16 de Junho de 2019 as 16h49

Ataque De Hackers

Moro não reconhece autenticidade de mensagens de site

O Ministério da da Justiça e Segurança Pública divulgou nota à imprensa sobre o assunto, hoje (15),

15 de Junho de 2019 as 18h31

Atentado Contra Bolsonaro

Bolsonaro diz que vai recorrer da decisão que inocentou Adélio

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora, considerou Adélio inimputável por transtorno mental

15 de Junho de 2019 as 18h28

Reforma Da Previdência

Reforma da Previdência: parecer é bem recebido pelo mercado financeiro

Governadores se frustraram com retirada dos Estados

15 de Junho de 2019 as 18h24

Governo Bolsonaro

Presidente do BNDES está com ''cabeça a prêmio'', diz Bolsonaro

O motivo do descontentamento, disse Bolsonaro, foi a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do BNDES.

15 de Junho de 2019 as 18h18

Decreto De Armas

Bolsonaro pede que população cobre senadores sobre decreto de armas

Senado deve votar projeto na próxima terça-feira

15 de Junho de 2019 as 18h09

Aliança Por Brumadinho

Governo federal lança pacote de ações em favor de Brumadinho

Ministro Osmar Terra assinou termo que oficializa parceria

15 de Junho de 2019 as 17h23

Diálogo

Presidente diz que a intenção do governo é o Brasil estar aberto para o mundo

Em café da manhã com jornalistas, presidente falou também sobre Nova Previdência e articulação do governo.

15 de Junho de 2019 as 17h09

Verba Indenizatória

Vereadores de Sinop (MT) aumentam valor da verba indenizatória e amplia critérios para uso do benefício

Projeto diz que a verba é para cobrir todas as despesas do parlamentar dentro do estado.

14 de Junho de 2019 as 11h56

Declaração

''O que ele fez não tem preço'', diz Bolsonaro sobre Moro na Lava Jato

O presidente Jair Bolsonaro elogiou hoje (13) o trabalho do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, durante sua atuação como juiz da Operação Lava Jato.

13 de Junho de 2019 as 23h25

Governo Bolsonaro

Santos Cruz deixa Secretaria de Governo; general Ramos assume

General é o terceiro ministro a sair do governo Bolsonaro

13 de Junho de 2019 as 23h18

Carteira De Motorista

Governo acaba com obrigatoriedade de simulador para tirar carteira

Contran também diminuiu de 25 para 20 horas número de aulas práticas

13 de Junho de 2019 as 23h10

Vereadores Em Ação

15º Festival da Cultura Mato-grossense terá barraca da Câmara de Vereadores

Os vereadores e servidores estarão comercializando pastel. Toda a renda será revertida ao projeto Construtores do Futuro

13 de Junho de 2019 as 18h56

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você faz uso do sistema Público de Saúde?

Sim

Não – Eu tenho Plano de saúde

Parcial
veja +

COTAÇÃO