Reforma Da Previdência

Senadores estudam proposta paralela para incluir estados na Previdência

PSB decide abrir processo contra os 11 deputados que votaram a favor da reforma da Previdência e contrariaram a orientação do partido.

Fonte:Fonte: Jornal Nacional
15 de Julho de 2019 as 22h 38min

Senadores estudam proposta para incluir estados na Previdência

O relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Tasso Jereissati, afirmou nesta segunda-feira (15) que senadores estão avaliando uma proposta paralela que inclua estados e municípios nas mudanças. 

Com 51 deputados presentes, o mínimo necessário, a Câmara dos Deputados abriu a sessão e, assim, começou a contar o prazo para a votação do segundo turno da reforma da Previdência. Governistas querem voltar do recesso, no dia 1º de agosto, com tudo bem adiantado para a segunda votação, em 6 de agosto. 

Em discurso no plenário, o deputado Luiz Lima, do PSL, criticou as mudanças no texto - aprovadas na Câmara - que beneficiaram algumas categorias como os policiais federais e os rodoviários federais. Privilégios que tiveram o apoio do partido dele, o mesmo do presidente Jair Bolsonaro. O deputado fez um apelo aos senadores, que também vão votar a proposta. 

“Foi um erro, na minha opinião, um erro crasso ter cedido ao peso e à pressão de certas corporações. Nós pedimos ao Senado Federal que não abra mais opções. Não é porque houve um erro aqui na Câmara dos Deputados que esse erro vai ser novamente cometido no Senado”. 

O coordenador da bancada do Rio Grande do Sul na Câmara, Giovani Cherini, do PL, também defendeu a necessidade de se incluir estados e municípios na reforma. 

“Meu estado não paga salário. Não vai pagar salário de junho, vai pagar em agosto. Isso vai acontecer com as aposentadorias também. Quem não enxerga é só quem não quer ver. Quer fazer o discurso fácil, quer ganhar a população, só que logo aí na frente a população vai ver quem está certo, que é realmente uma necessidade”. 

Aprovada na Câmara, a proposta vai para o Senado. 

O ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, chegou a prever a conclusão da reforma da Previdência até a segunda quinzena de setembro. Mas a senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, por onde começa a discussão no Senado, não está tão otimista. 

“Quarenta e cinco dias no Senado é muito otimismo. Mas com 60 dias é um tempo confortável. Agosto e setembro. E a PEC paralela pode estender um pouquinho para outubro”. 

O relator no Senado, Tasso Jereissati, do PSDB, reconheceu nesta segunda-feira que a pressão de algumas categorias para manter privilégios vai ser pesada. Mas disse também que só vai entrar na chamada PEC paralela o que o regimento do Senado permitir e defendeu a inclusão dos servidores públicos estaduais e municipais. Assim, os senadores poderiam aprovar o texto que sairá da Câmara e, ao mesmo tempo, discutir as regras específicas para estados e municípios que, segundo o senador, não podem ficar de fora da reforma. 

Tasso Jereissati disse que faltou à Câmara inclui-los na proposta. 

“Ela fica capenga porque você resolveu o problema da União, mas não resolveu o problema dos estados e municípios que, somados, têm um problema igual ao da União, se não maior, relativamente maior. Já fiz uma consulta preliminar, como amostra, com alguns senadores com quem eu tive oportunidade de conversar, e senti que o ambiente é bastante favorável”. 

O PSB decidiu abrir um processo contra os 11 deputados que votaram a favor da reforma da Previdência e contrariaram a orientação do partido. A punição vai ser decidida em agosto, pode ir de uma advertência até a expulsão. 


COMENTARIOS

Mais de Política

Fundo Antidroga

Arrecadação para Fundo Antidrogas dobra em 2019

Ministro Moro promete quintuplicar valor até 2022

14 de Janeiro de 2020 as 19h09

Desenvolvimento Econômico

Paulo Nunes irá assumir a secretaria de Desenvolvimento em Lucas Rio Verde

Formado em Direito e com Pós-Graduação em Gestão Pública. É empresário e comerciante, tendo atuado no ramo de combustível e imobiliário

14 de Janeiro de 2020 as 07h50

Contas Aprovadas

Deputados de MT aprovam contas do ex-governador Pedro Taques referentes ao exercício 2018

Contas haviam sido reprovadas na Comissão de Fiscalização e Orçamento pela relatora do processo, deputada Janaína Riva (MDB).

13 de Janeiro de 2020 as 14h34

Segurança Pública

141 cidades mato-grossenses serão contempladas por lei de Fávero

Silvio Fávero recebeu apoio dos colegas e conseguiu derrubar veto do governo de projeto que destina recurso para Saúde

11 de Janeiro de 2020 as 19h42

Saúde

AL garante que 50% das multas arrecadas pelo TCE vão para Saúde de MT

Atualmente, recursos vão integralmente para fundo de reaparelhamento do TCE

11 de Janeiro de 2020 as 17h51

Eleição Senado

Data para eleição de senador em MT deve ser definida após recesso do TRE

Mato-grossenses irão às urnas para eleger o senador que deve assumir o lugar de Selma Arruda.

07 de Janeiro de 2020 as 15h12

Inativos do Estado

Mais de 77% se aposentaram antes de completar 60 anos em MT

A informação consta em levantamento feito pelo Mato Grosso Previdência (MT Prev)

06 de Janeiro de 2020 as 21h23

De volta ao trabalho

Deputados de MT devem votar contas de ex-governador e LOA após pausa para festas de fim de ano

Segundo a assessoria da Assembleia Legislativa, nenhum deputado vai receber a mais por trabalhar em janeiro, além do salário deles.

06 de Janeiro de 2020 as 20h51

Saúde

Geller anuncia recurso no valor de R$ 1,5 milhões para Hospital São Lucas

O valor é oriundo de recurso extra-orçamentário, o qual o parlamentar trabalhou para beneficiar a população luverdense.

29 de Dezembro de 2019 as 08h21

Limpa Pauta

Vereadores fazem 5 sessões no mesmo dia para limpar pauta após feriado de Natal

Depois da 'limpeza', o vereadores entram em recesso e devem retornar as atividades no início de fevereiro.

27 de Dezembro de 2019 as 08h39

Impeachment de Trump

Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump; processo segue para o Senado

Ele foi acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso e foi o terceiro presidente na história do país a sofrer impeachment. Trump continua no cargo enquanto espera julgamento no Senado, que deve acontecer em janeiro.

18 de Dezembro de 2019 as 23h03

Visita

Deputado estadual Silvio Favero visita FCDL/MT

Esse é um trabalho que vem somar com a entidade e que trará bons resultados para a classe empresarial.

18 de Dezembro de 2019 as 00h50

Comissão

CCJR aprova derrubada de veto a projeto que autoriza criação de aplicativo em defesa da mulher

Colegiado analisou 20 matérias em reunião ordinária

18 de Dezembro de 2019 as 00h39

Emendas

Emendas de Fávero priorizam segurança, saúde e educação

Parlamentar também indica aporte financeiro à agricultura familiar e esporte.

18 de Dezembro de 2019 as 00h38

Multa

Gestor da Câmara de Lucas e fiscal de contrato são multados em 10 UPFs

As contas de gestão de 2018, de responsabilidade de Mano, foram julgadas pela 1ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso em sessão ordinária na semana passada.

17 de Dezembro de 2019 as 07h54

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO