Política

Servidores e parlamentares são alvos de nova operação e policiais cumprem mandados na ALMT

Mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo TJMT. Segundo o MP, operação apura crimes de peculato, supressão de documentos e associação criminosa.

Operação Dé Já Vu | 02 de Agosto de 2018 as 08h 37min
Fonte: G1 MT

Policiais cumprem mandados de busca e apreensão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (Foto: Karen Malagoli/ ALMT)

Mandados de busca e apreensão são cumpridos, na manhã desta quinta-feira (2), na sede da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), localizada no Centro Político e Administrativo de Cuiabá.

A ação faz parte da operação "Déjà vu", deflagrada hoje pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE).

Os mandados foram expedidos pelo desembargador João Ferreira Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e são cumpridos por membros do MPE e policiais civis e militares.

De acordo com o MP, a operação tem por finalidade a obtenção de provas para subsidiar investigações em curso e apuração dos crimes de associação criminosa, supressão de documentos e peculato, com envolvimento de servidores públicos, empresários e parlamentares estaduais.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO