Terminal de integração causa polêmica na Câmara de Lucas

Nesta segunda feira (09/07) aconteceu a 22ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde do ano de 2018. Dentre os assuntos em pauta, dois são polêmicos.

10/07/2018 - 20:04:40

   

Nesta segunda feira (09/07) aconteceu a 22ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde do ano de 2018. Dentre os assuntos em pauta, dois são polêmicos. O assunto que causou maior discussão foi a sugestão da instalação do Terminal de Integração do Transporte Público (para ônibus urbanos) no espaço da Avenida Mato Grosso, entre as Avenidas Rio Grande do Sul e Amazonas, no Centro de Lucas do Rio Verde. Porém, na gestão passada, quando o projeto arquitetônico foi feito e a licitação realizada, foi proposta a mudança de local, dessa vez para a Praça dos Migrantes. O terminal ainda não foi implantado por falta de consenso quanto ao local.

O vereador Airton Callai deixou bem claro em sua fala que o local não é o ideal para o Terminal, acrescentando que o mesmo é definido pelo município, e não por quem ganha a concessão.  Na sua opinião o terminal poderia ser instalado no estacionamento do Parque dos Buritis, entre a Rua Santa Fé e a Avenida Mato Grosso, visto que é um local de melhor acesso aos bancos e comércio em geral, mais seguro (pois fica quase em frente ao quartel da Polícia Militar), não seria necessário desalojar nem prejudicar nenhum comerciante e nem alteraria o trânsito. Callai ainda sugeriu o estudo mais detalhado e consequente atualização do Projeto de Mobilização Urbana, para que atenda às necessidades do município.

O vereador Dirceu Cosma também se manifestou contra o local da instalação. Segundo ele “na gestão passada não houve, e também hoje em dia não há quem tenha coragem suficiente para executar as mudanças necessárias no Projeto de Mobilização Urbana”.

Em seu pronunciamento, o vereador Jaime Floriano também se posicionou contra o local. A seu ver, a Praça dos Migrantes precisa ser revigorada, inclusive com a instalação de quiosques para venda de produtos feitos pelos artesãos de Lucas do Rio Verde, para que a praça volte a ser utilizada pelas famílias como espaço de lazer (da mesma forma que acontecia em outros tempos).

O outro projeto polêmico, que causou muita discussão, é o de número 67/2018 do poder executivo, que autoriza o chefe do executivo a firmar acordo de cooperação com o Departamento Estadual de Trânsito de MT (49ª CIRETRAN de Lucas do Rio Verde) e dá outras providências.

O vereador Airton Callai se manifestou contra o projeto. Segundo ele, “nós temos um órgão que só arrecada, não tem concorrência nenhuma e não consegue prestar um serviço decente para a população. Nem razoável. Porque você vai lá e tem 80, 90, 100 pessoas aguardando. Não é culpa dos funcionários, porque eles estão trabalhando no seu limite. Esse órgão que só arrecada não é capaz de, no mínimo, melhorar a sua estrutura física. E nós aqui defendemos que o prefeito enxugue a máquina e estamos querendo ceder funcionários para o Estado”, disse Callai. “Se nós reclamamos aqui que nesse governo e no governo passado o município quase sustenta eles (sic), sustenta na educação com 30% a mais dos alunos na rede pública municipal e não na estadual, nos arranca investimentos, essa cidade teve que construir um CDP e até hoje não recebeu nem do governo passado, tivemos que construir a parte das UTI’s, tivemos que construir para os menores, temos que ajudar o CONSEG para pagar a Polícia Militar, temos que ajudar a Polícia Militar na manutenção, e agora nós temos que dar mais quatro funcionários, dois estagiários e dois técnicos. Dois de nível superior (que o salário não é barato) e dois de nível médio, para desenvolver atividade administrativa para melhoria dos serviços prestados à população”.

Callai deixou claro que não tem nada contra o atendimento da CIRETRAN, e relatou que “enquanto nós fizermos o serviço do estado como estamos fazendo, com o nosso poder de investimento, com a nossa gente, com os servidores, com o médico, o professor, o atendimento odontológico, com o ônibus, com as escolas, os postos de saúde, o CRAS, a farmácia, nós tiramos da nossa gente. De quem precisa. E essa responsabilidade não é nossa”.

O vereador enfatizou que “ao mesmo tempo que eu peço ao prefeito para economizar, para sobrar dinheiro ao município – seja para manutenção ou para investimentos futuros, não posso fazer com que ele fique pagando servidor quando temos ‘de rodo’ em Cuiabá, sem fazer nada”. Quase todos os vereadores concordaram com Callai, exceto Cristiane, que pediu vistas do projeto.

A próxima sessão ordinária será a última do semestre e acontecerá na manhã de sexta-feira (13/07), a partir das 10 horas.

MT Agora - Cenário MT

Mais Noticias

Saúde

Lucas: Vereadores aprovam a destinação de recursos para o Hospital São Lucas

Operação Lava Jato

Absolvição de Lula não invalida delação de Delcídio, dizem especialistas

MP Das Loterias

Nova MP das loterias deve gerar R$ 1 bi para segurança, R$ 630 milhões para esporte e R$ 412 milhões para cultura

Supostas Irregularidades

Ministro Carlos Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

15/07/2018 -

Ministério da Segurança Pública vai unificar registro de ocorrências e crimes em todo país

Iniciativa vai auxiliar na investigação de infrações, além de facilitar acesso e cruzamento de informações, segundo o ministro. Integração deve estar em pleno funcionamento até 2019.

15/07/2018 -

PRB anuncia retirada da pré-candidatura a presidente do empresário Flávio Rocha

Partido argumenta que é necessário unir as ''forças de centro''. Executivo do grupo Guararapes, que controla as Lojas Riachuelo, tinha sido lançado pré-candidato no último dia 23 de março.

13/07/2018 -

Lucas: Vereadores aprovam a destinação de quatro servidores para a 49ª Ciretran

Inicialmente, serão destinados apenas dois servidores, um atuará na recepção, orientando quanto a documentação e o outro, atuará no setor de vistoria.

13/07/2018 -

Câmara de Lucas realiza última sessão ordinária antes do recesso com análise de projeto polêmico

A sessão foi realizada às 10 horas.

11/07/2018 -

Congresso conclui votação da LDO e derruba proibição a reajuste para servidores em 2019

Proibição estava prevista no texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano que vem, aprovado nesta quarta (11). Texto segue para sanção do presidente Michel Temer.

11/07/2018 -

Congresso aprova texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias; saiba principais pontos

Com aprovação do texto-base, deputados e senadores passaram a votar propostas de mudança no texto. Parlamentares querem derrubar proibição a reajuste para servidores.

11/07/2018 -

Deputados aprovam brecha para liberar indicações políticas nas empresas estatais

Proposta foi aprovada em comissão que discute novas regras para agências reguladoras. Se não houver recurso, pode ir direto para o Senado.

11/07/2018 -

Senado aprova MP dos fretes; texto prevê anistia a caminhoneiros

Medida provisória foi editada pelo governo após acordo com caminhoneiros para por fim à greve da categoria. Pelo texto, caberá à ANTT definir os preços; texto segue para sanção presidencial.

11/07/2018 -

Câmara aprova MP que estabelece preços mínimos de frete; texto concede anistia a multas de trânsito

Medida atende a reivindicação dos caminhoneiros, que paralisaram todas as atividades por 11 dias em maio. Texto não define o valor do preço mínimo, que será estipulado por tabela da ANTT.

11/07/2018 -

Câmara aprova isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda

Medida foi incluída no projeto relacionado à venda das distribuidoras de energia. Pelo projeto, isenção valerá para famílias que tiverem renda de até meio salário mínimo e consumirem até 70 kwh/mês.

11/07/2018 -

Senado aprova projeto que define regras para proteção de dados pessoais

Proposta tem sido chamada pelos parlamentares de ''marco legal de proteção, uso e tratamento'' de dados pessoais no Brasil. Texto, já aprovado pela Câmara, segue para sanção de Temer.

11/07/2018 -

Temer sanciona lei que criou Ministério da Segurança Pública

Pasta foi criada em fevereiro, por meio de uma medida provisória. Congresso Nacional aprovou a MP e agora, com sanção, criação do ministério passa a ser lei.

10/07/2018 -

Lucas: Vereadores pedem vistas aos dois projetos de lei pautados na sessão

Os projetos tratam de crédito suplementar em favor da empresa terceirizada na área de saúde e da parceria e destinação de quatro servidores para a Ciretran.

09/07/2018 -

Decisão de soltar Lula provoca impasse jurídico

O conflito de competência envolvendo o TRF chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF).

09/07/2018 -

PT e defesa de Lula divulgam notas com críticas à PF, desembargadores e Moro

Desembargador de plantão do TRF-4 ordenou cumprimento imediato da soltura de Lula; relator da Lava Jato no TRF e juiz Sergio Moro contrariaram decisão.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora