Política

TRE nega recurso e prefeito de Rondonópolis deve deixar o cargo

Prefeito perdeu o cargo por gasto irregular de recurso na campanha. Defesa do prefeito disse que vai recorrer da decisão ao TSE.

Redação | 09 de Maio de 2012 as 07h 54min
MT Agora - G1

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) decidiu negar, na sessão ordinária realizada na noite desta terça-feira (8), o recurso impetrado pela defesa do prefeito de Rondonópolis, a 210 km de Cuiabá, José Carlos do Pátio (PMDB), e da vice Marília de Souza Sales (PSDB). Eles tiveram os mandados cassados no início de abril deste ano e permaneciam no comando da prefeitura por conta de um recurso contra a primeira decisão do tribunal. Agora, segundo decisão do do TRE, os políticos devem deixar a administração municipal.

Pátio e Marília tiveram os diplomas cassados por suspeita de captação e gasto irregular de recursos na campanha eleitoral de 2008. Assim que a decisão for publicada no Diário da Justiça, a Câmara de Vereadores de Rondonópolis será notificada para que o presidente da casa, vereador Ananias Martins de Souza Filho, tome posse como prefeito.

O prefeito e a vice informaram, por meio da assessoria de imprensa, que vão recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Eles disseram ainda que vão respeitar o prazo de três dias que o TRE tem para divulgar o relatório com o conteúdo do processo para só depois deste prazo deixar o comando da prefeitura.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Ensolarado com muitas nuvens

27º

COTAÇÃO