Última sessão do semestre, termina com troca de ‘farpas’ entre vereadores

A sessão acabou sendo interrompida em razão da falta de energia no bairro

18/07/2017 - 13:58:54

   

Na noite gelada desta segunda-feira (17) foi realizada a última sessão ordinária da Câmara de Vereadores do semestre, o marco da noite foi a troca de farpas entre alguns edis.

O vereador Wagner Godoy, vice-presidente, foi quem começou a falar e mesmo sem citar o nome do Presidente da casa, Jiloir Pelicioli – o Mano, criticou uma entrevista que o Presidente concedeu a um jornal local, o qual teria dito que economizou cerca de R$ 441 mil em relação ao ano passado, e que só não economizou mais devido ao número de assessores da casa, que os vereadores não abriam mão.

“Falar que não economizou mais, sendo que a economia é mérito de todos os vereadores, simplesmente porque temos assessores, para com essa demagogia, pois toda vez que sai dessa casa, pega um funcionário como motorista e leva o assessor de imprensa que não fica para nos auxiliar. Então vamos parar de demagogia, todos precisam de assessor, agora se tem alto suficiência, não me leva funcionário que é importante para casa, para fora” disse Godoy.

Outro ponto que o vereador criticou, foi quanto a outro trecho da entrevista em que o Presidente teria dito que a mesa diretora mantém conversas e harmonia nas decisões.

“Falar em entrevista que a mesa é coesa e que tem diálogo, não sou conivente com isso, várias portarias não me procuram para falar sobre elas e não serei conivente com coisa errada, se for necessário denunciar, vou denunciar” afirmou Godoy.

Vereador Jaime Floriano, também destacou a entrevista do Presidente e comentou que durante os seis meses como legislador, não utilizou o carro da câmara, do combustível, da assessoria de imprensa ou de qualquer funcionário para ser seu motorista.

“Como médico e tendo dificuldades para ficar em tempo integral na Câmara, não posso me dar o luxo de fazer economia com algumas coisas, parabenizo o presidente pela economia que tem feito, mas na minha situação é muito importante ter um assessor, pois é ela quem recebe os munícipes, é ela quem cuida das ligações e colabora com indicações, é ela quem me acompanha quando faço visitas, tira fotos e coloca nas redes sociais provando o meu trabalho e abrir mão de um assessor seria uma economia muito burra, como parlamentar” disse o vereador.

Em sua defesa, Mano disse que se colocou contrário a contratação de assessores devido ao momento econômico que o país está passando, mas que respeitou a decisão do coletivo, porém, afirmou que sempre que achar necessário vai utilizar a estrutura da câmara para as viagens e trabalhos.

“Toda vez que viajar e achar necessário e que tenha a importância de utilizar a estrutura da Câmara Municipal, seja através do servidor para dirigir ou da estrutura da comunicação, vou usar, e enquanto for no meu mandato eu vou pedir, pois é um direito” disse o vereador.

A vereadora Cristiani Dias mencionou em seu discurso sobre a questão do Recanto dos Macucos e inauguração de uma unidade de saúde, na gestão passada, sem estar totalmente pronta para funcionamento, contradizendo o discurso do Presidente da Casa, que afirmou que estava concluída.

A sessão acabou sendo interrompida em razão da falta de energia no bairro, tendo sua continuidade na manhã desta terça feira com a aprovação do Projeto de Lei que trata da Avaliação de Desempenhos dos servidores do Poder Executivo.

MT Agora - Maryuska Pavão | Cenário MT

Mais Noticias

Delação De Funaro

Advogado de Temer diz que ''jamais'' quis imputar prática de crime a Rodrigo Maia

Delação De Funaro

Presidente da Câmara chama advogado de Temer de ''incompetente''

Delação De Funaro

Ministro Moreira Franco diz que delação de Funaro foi ''encomenda remunerada'' de Janot a Joesley

Delação De Funaro

Defesa de Temer vê ''criminoso vazamento'' de vídeos da delação de Funaro

15/10/2017 -

Funaro diz que Cunha pediu R$ 1 milhão para ''comprar'' votos a fim de aprovar impeachment de Dilma

Doleiro disse que repassou dinheiro e que o então presidente da Câmara queria garantir que a petista fosse afastada do cargo. Cunha desafiou Funaro a provar conteúdo da delação.

15/10/2017 -

Acordo de delação de Funaro prevê pagamento de multa de R$ 45 milhões e 2 anos de prisão em regime fechado

Operador de políticos do PMDB, o doleiro terá 5 anos para pagar a multa. Além dos 2 anos na cadeia, ele também ficará detido em prisão domiciliar e prestará serviços à comunidade.

15/10/2017 -

Ao contrário do que diz Temer, vídeos de Lúcio Funaro não foram vazados e estão disponíveis no site da Câmara

Trechos dos depoimentos da delação premiada do doleiro começaram a ser divulgados na sexta. Ele acusa a existência de um suposto esquema de propina envolvendo o presidente.

15/10/2017 -

Funaro relata propina, pedido de Temer e empréstimo de helicóptero para campanha de Chalita em 2012

Doleiro afirmou ao MPF que presidente solicitou, por meio de Eduardo Cunha, doações para candidato do PMDB à prefeitura de São Paulo. Segundo ele, propina abasteceu a campanha.

15/10/2017 -

Funaro detalha divisão de propina em esquema que teria beneficiado Moreira e Cunha

Segundo doleiro, o atual ministro da Secretaria-Geral e o ex-presidente da Câmara recebiam dinheiro para facilitar liberação de recursos do FGTS. Os dois negam e acusam Funaro de mentir.

14/10/2017 -

Presidente da Casa de Leis de Sorriso realiza reunião com empresários do Bairro Verdes Campos

O objetivo da reunião foi ouvir dos empresários que possuem empreendimentos nesta localidade as necessidades que o bairro possui.

13/10/2017 -

Governo sanciona lei que prevê reajuste de até 15% em dois anos para agentes fazendários de MT

Agentes de arrecadação fazendária também irão contar com pagamento mensal de verba indenizatória. Lei foi publicada no Diário Oficial do Estado.

13/10/2017 -

Funaro diz que Yunes tinha ''certeza'' de que estava repassando dinheiro em envelope

Em vídeos divulgados pelo jornal ''Folha de S.Paulo'', doleiro fez acusações contra Michel Temer, Eduardo Cunha e peemedebistas. José Yunes nega e diz que vai processar Funaro.

13/10/2017 -

''Battisti quebrou a confiança do Brasil'', diz ministro da Justiça sobre decisão de extraditar italiano

Em entrevista à BBC Brasil, Torquato Jardim diz que ida de Cesare Battisti à Bolívia com mais de R$ 10 mil é ''fato novo'' que justifica extradição. Acusado nega que tivesse tentado fugir e diz que dinheiro não era todo dele.

13/10/2017 -

PT recua e Aécio fica com margem apertada para voltar

Senador tucano precisa de 41 votos para anular seu afastamento do cargo

11/10/2017 -

Defesa de Lula apresenta mais recibos de pagamento de aluguéis de imóvel investigado na Lava Jato

Ex-presidente é acusado de receber apartamento como propina da Odebrecht. Advogados disseram que possuem os recibos originais e pediram uma audiência com o juiz Sérgio Moro para entregá-los.

11/10/2017 -

Relator de denúncia contra Temer contesta críticas e se diz ''pronto para enfrentar quem quer que seja''

Bonifácio de Andrada responde críticas e disse que seu parecer, favorável a Temer, tem embasamento jurídico. Discussão e votação do texto devem ocorrer na semana que vem.

11/10/2017 -

Vereadores de Lucas aprovam nova estrutura administrativa e garantem mais direitos aos servidores

Entre as principais mudanças no regime de previdência, está o reconhecimento das uniões estáveis, das relações homoafetivas e a garantia da licença maternidade aos pais de filhos adotados, independente, da idade do adotado.

10/10/2017 -

Vereadores de Lucas aprovam a destinação de mais de R$ 1 milhão para obras de infraestrutura

Os recursos serão investidos na manutenção de pontes, estradas vicinais pavimentadas e na elaboração de projetos para o aeroporto.

10/10/2017 -

Vereadores de Lucas aprovam R$ 3.5 milhões para a construção de escola e reforma de quadra esportiva

A nova escola da rede estadual será construída no Loteamento Dalmaso e irá atender os moradores dos bairros, Bandeirantes, Parque das Emas, Téssele Junior e Dalmaso.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora