Política

Vereadores finalizam a aprovação dos projetos que tratam do planejamento do município

Foram aprovados na última segunda-feira (04), os projetos que tratam da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o orçamento de 2018 (LOA)

Planejamento | 12 de Dezembro de 2017 as 13h 28min
MT Agora - Marcello Paulino | Ascom

Em uma sessão ordinária e duas extraordinárias, os vereadores concluíram a aprovação dos projetos que tratam do planejamento orçamentário do município para 2018.

Foram aprovados na última segunda-feira (04), em segunda votação, o projeto n. 72/17 que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2018) e, em duas votações, o projeto n. 100/17, que estabelece o orçamento para 2018 (LOA).

Segundo o presidente da Câmara, vereador Mano, o debate e a aprovação dos projetos são importantes para que a Prefeitura de Lucas do Rio Verde possa executar as ações previstas para o próximo ano.

“Os vereadores cumpriram com o seu papel, debateram as propostas, ouviram a população e contribuíram com o desenvolvimento do município, aprovando o planejamento para o ano que vem.”

O orçamento estimado para 2018 é de R$ 263 milhões. A Educação ficou com a maior parte, R$ 81 milhões, seguida da Saúde, R$ 61 milhões e da Secretaria de Obras, com R$ 30 milhões. 

O vereador Airton Callai chamou a atenção sobre os valores investidos na manutenção dos serviços públicos. Segundo ele, mais de 50% do orçamento vai para educação e saúde.

“Em outras épocas, a Secretaria de Obras era a que detinha o maior orçamento, hoje, ela está em terceiro lugar. O que mostra que o poder de investimento do município está diminuindo. Estamos gastando mais pra manter os serviços.”

Ainda dentro do planejamento para o próximo ano, os vereadores elaboraram e aprovaram 27 emendas, sendo 20 aditivas e sete modificativas.

Entre as principais propostas estão, a implantação do castramóvel, a ampliação do Centro de Educação de Infantil Anjo Gabriel e a destinação de recursos para a manutenção de projetos como a Horta Comunitária.

O vereador Dr. Jaime explicou que as emendas surgem de reuniões dos vereadores com a própria comunidade. “São solicitações que recebemos da população, que muitas vezes, não estão previstas no planejamento do município.”

Além da aprovação das propostas, os vereadores destinaram aproximadamente R$ 1 milhão do orçamento próprio. Essa devolução antecipada visa custear as emendas apresentadas pelo Legislativo.

“Essa devolução de recursos mostra o compromisso da Câmara com a população de Lucas do Rio Verde. Economizamos e vamos terminar o ano de 2017 com a devolução de pelo menos R$ 1.2 milhão e no orçamento de 2018, já reduzimos quase R$ 1 milhão. É um recurso a mais pra investir na comunidade”, ressaltou o presidente.

Dentro da gestão pública, existem três instrumentos de planejamento, o Plano Plurianual (PPA), que estabelece as metas para os quatro anos, aprovado na sessão do dia 21 de novembro, a LDO e a LOA, aprovadas na sessão do dia 4 de dezembro.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sábado

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

24º

COTAÇÃO