Vereadores questionam o aumento na tarifa de água concedido pela prefeitura

O aumento, de 9.22%, foi concedido pelo Poder Executivo sem antes, discutir com os vereadores e com a população

07/02/2017 - 16:43:11

   

A partir deste mês, as contas de água de aproximadamente 20 mil domicílios atendidos pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Lucas do Rio Verde sofrerão um reajuste de 9.22%.

O assunto foi um dos mais discutidos pelos vereadores, durante a última sessão ordinária, realizada na tarde de ontem (06).

Com o plano de governo do prefeito eleito, Luiz Binotti em mãos, o vereador Dirceu Cosma (PV), ressaltou que uma das propostas do prefeito durante a campanha era a redução da tarifa, não o aumento.

“Acho inadmissível o fato de que no material de campanha do prefeito, consta como proposta de governo, a redução da tarifa de água. Agora com pouco mais de um mês, ele concede aumento, sem ao menos, discutir ou informar a população.”

O aumento foi concedido com base no Decreto n. 2.983, de 30 de dezembro de 2015, assinado pelo então prefeito em exercício Miguel Vaz. O documento previa um reajuste nas contas de água para o ano de 2016, o que não ocorreu durante o ano.

Segundo o vereador dr. Jaime Floriano (PDT), apesar do decreto, a gestão passada não concedeu o reajuste devido ao aumento do desemprego e da crise financeira instalada no País.

O percentual de 9.22%, é resultado da média da inflação, medida durante o ano de 2015, por três índices, IGPM, IPCA e INPC. De acordo com o decreto, o aumento tinha como objetivo, manter os custos dos serviços e os investimentos necessários para a ampliação da rede de distribuição de água.

“Mesmo com a necessidade de um reajuste, o ex-prefeito Otaviano Pivetta, não concedeu o aumento, por entender que aquele não era o momento. A população não tinha condições de arcar com mais um reajuste”, ressaltou Floriano.

A forma como o aumento foi oficializado também foi alvo de questionamentos pelos vereadores. Para o presidente da Câmara, vereador Jiloir Pelicioli (Mano – PDT), o Executivo deveria ter discutido o reajuste com a comunidade.

“A população foi informada do aumento por uma notinha na conta de água. Não houve diálogo com o Legislativo e nem mesmo com a população. Utilizaram um decreto de 2015 para reajustar a água em 2017.”

A Câmara de Vereadores aguarda o posicionamento do prefeito Luiz Binotti.

MT Agora - Marcello Paulino | Ascom

Mais Noticias

Ex-Deputados

Câmara paga por mês R$ 127,8 mil de aposentadoria para deputados cassados

Projeto De Lei

Filhos de universitários poderão ter vagas garantidas nas creches de MT

Agenda Sustentável

Governo de MT apresenta estratégia PCI para investidores em Londres

Sessão Suspensa

Maioria dos deputados falta após feriado e ALMT tem sessão suspensa

14/11/2017 -

Lucas: CPI não detecta irregularidades em concessão de serviços em saúde

A CPI foi instaurada em 26 de outubro. O prazo previsto para conclusão dos trabalhos é de 90 dias.

14/11/2017 -

Lucas: Vereadores aprovam projeto e garantem auxílio-transporte para universitários

Serão destinados R$ 25 mil, pagos em cinco parcelas mensais, mediante a prestação de contas. O recurso irá beneficiar 110 universitários.

14/11/2017 -

Previdência: saiba itens que ainda podem ser aprovados pelos deputados e o que deve ficar de fora da reforma

Com objetivo de aprovar reforma ainda este ano, governo passou a trabalhar com hipótese de colocar texto enxuto em votação. Relator prevê que análise na Câmara acontecerá até 15 de dezembro.

14/11/2017 -

Temer sanciona sem vetos lei que permite Banco Central fechar acordo de leniência com instituições financeiras

Texto foi aprovado na Câmara e no Senado antes de ir para a sanção presidencial. Na leniência, empresa admite conduta ilícita e, em troca de benefícios, colabora com investigações.

13/11/2017 -

Orçamento de Lucas do Rio Verde está previsto em R$ 263 milhões para 2018

A Câmara de Vereadores reduziu o orçamento próprio e destinou quase R$ 1 milhão para custear projetos como o Castramóvel e a ampliação da Anjo Gabriel.

13/11/2017 -

Temer afirma que vai aprovar reforma da Previdência e diz que mudanças vão cortar ''privilégios''

Presidente deu declarações ao participar de evento no Planalto. Objetivo do governo é aprovar reforma ainda neste ano, mas falta consenso entre partidos sobre texto a ser votado.

13/11/2017 -

Em dezembro, ex-presidente Lula visita Cuiabá e Juína

A intenção é que o presidenciável passe ainda por algum município da região Oeste ou Araguaia.

13/11/2017 -

Planalto confirma exoneração de Bruno Araújo do Ministério das Cidades

Integrante da ala ''Cabeças pretas'' do PSDB, Araújo entregou carta de demissão a Temer nesta segunda. Nota do Planalto diz que reforma ministerial começará ''agora''.

13/11/2017 -

Ministro Bruno Araújo encaminha carta de demissão a Temer em meio a racha entre alas do PSDB

Decisão de Araújo ocorre em meio a racha entre alas do PSDB

13/11/2017 -

Novo chefe da Lava Jato promete ampliar combate à corrupção, ao tráfico de drogas e armas: ''sociedade pode ficar tranquila''

Ricas atualmente é secretário de Controle e Transparência do Espírito Santo e esteve reunido, em Vitória, com o diretor-geral da PF no país, Fernando Segóvia, e o governador Paulo Hartung (PMDB).

13/11/2017 -

Senado pode votar ainda em 2017 projeto para legalizar jogos de azar

Segundo governadores, jogos podem gerar R$ 18 bi ao ano em impostos. Projeto legaliza jogo do bicho, bingo, videobingo, apostas e cassinos.

13/11/2017 -

Cristovam Buarque anuncia licença do mandato de senador para avaliar candidatura à Presidência

Parlamentar do DF afirmou que, em dezembro, se licenciará do Senado por 120 dias. Com o afastamento de Cristovam, o suplente Wilmar Lacerda (PT-DF) assumirá a cadeira temporariamente.

13/11/2017 -

Sorriso: Em virtude dos feriados, Câmara irá transferir data das próximas sessões

Segundo o presidente da Câmara, vereador Fabio Gavasso (PSB), as alterações já estavam previstas no Calendário Anual de Sessões e não acarretam prejuízos ao bom andamento da Casa.

10/11/2017 -

Deputados articulam aprovação de projeto para derrubar decisão do STF sobre aplicação da Ficha Limpa

Supremo decidiu que lei também vale para condenados por abuso antes de 2010. Autor do projeto que visa limitar aplicação da lei, Nelson Marquezelli (PTB) diz que objetivo é dar ''segurança jurídica''.

08/11/2017 -

Vencedores de concurso de decoração de Natal ganharão isenção do IPTU 2018

O julgamento ficará sob a responsabilidade da Associação Comercial e Empresarial (Acilve) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora