Debate

Vereadores pedem vistas ao projeto e votação da verba indenizatória é adiada

O pedido foi realizado pelo vereador Dr. Jaime Floriano, com o objetivo de discutir uma nova proposta, com a manutenção da verba somente para os secretários.

Por: Marcello Paulino | Ascom Câmara LRV
13 de Agosto de 2019 as 23h 55min

O Projeto de Lei n.65/19, que trata da criação da Verba Indenizatória, para o prefeito, vice e cargos do primeiro escalão do Poder Executivo ganhou mais duas semanas de análises e debates na Câmara de Vereadores.

A solicitação de vistas ao projeto, foi realizada pelo vereador Dr. Jaime Floriano (PDT), durante a sessão ordinária desta segunda-feira (12). O pedido foi aprovado com cinco votos.  

Segundo o vereador, uma nova proposta deve ser discutida com o prefeito Luiz Binotti, esta semana. A ideia é reduzir o valor e manter a verba indenizatória somente para os secretários municipais.

"Acho que os secretários têm que receber a verba ou teria que aumentar os salários, porque é pouco. Nós já perdemos bons profissionais por conta do baixo salário. Se queremos que o município cresça, precisamos de secretários bons ajudando o prefeito."

O projeto estabelece o pagamento do benefício para o prefeito (R$ 8 mil), vice (R$ 4 mil), secretários, procurador, diretor do Saae e diretores de Desenvolvimento Sustentável e de Desenvolvimento Humano (R$ 6 mil).

De acordo com o vereador Jiloir Pelicioli (Mano - PDT), o pagamento da verba indenizatória custará ao município aproximadamente R$ 1.3 milhão por ano, recurso que poderia ser investido em saúde e educação.

"Eu me manifestei contra esse projeto desde o início. Se olharmos para a situação do País, Estados e municípios, estão todos cortando gastos. Mais de 90% da população também é contra esse projeto. É preciso pensar no povo."

A verba indenizatória tem como objetivo substituir as diárias, adiantamentos, passagem e ajuda de transporte que são pagos ao prefeito e servidores, no desenvolvimento do trabalho, dentro do estado.

A vereadora Cristiani Dias (PT), ressaltou que o pagamento da verba irá facilitar o trabalho dos secretários, uma vez que, os pedidos de adiantamento de viagem são muito burocráticos.  

"A verba indenizatória resolve muita coisa. Com ela, o município não precisa custear as despesas dos secretários dentro do estado. Se você somar o valor gasto com os adiantamentos e o valor da verba fica muito parecido."

Com o pedido de vistas, o projeto tem 15 dias para ser novamente analisado e votado.


COMENTARIOS

Mais de Política

Campanha Nacional

PSL encerra dia 'D' de filiação com quase 4 mil filiados em MT

A sigla trabalha para encerrar o mês de agosto, com novas adesões e atingir a casa dos 5 mil filiados

17 de Agosto de 2019 as 21h55

Projeto de Lei

‘Lei da recompensa’ vai pagar quem denunciar criminosos

A medida já se aplica em São Paulo, Rio Grande do Sul, Maranhão e Ceará

20 de Agosto de 2019 as 13h57

Provocação

Senadora diz em Sinop que aprovação do projeto de abuso de autoridade “foi birra contra a Lava Jato”

Foi feita, na minha avaliação, de uma forma desonesta e antiética

20 de Agosto de 2019 as 09h31

Vereadores Unidos

União Parlamentar do Vale do Teles Pires se reúne com a bancada mato-grossense

Na pauta de reivindicações, a duplicação da BR 163, melhorias na área de telefonia e internet, recursos para a saúde, a transformação do Regional de Sinop em hospital universitário e a regularização fundiária.

16 de Agosto de 2019 as 01h05

Abuso De Autoridade

Câmara aprova projeto que define quais situações configuram abuso de autoridade

Como a proposta já foi aprovada pelo Senado, seguirá para sanção de Jair Bolsonaro. Deputados do PSL, partido do presidente, dizem que ele vetará alguns pontos do texto aprovado.

15 de Agosto de 2019 as 23h15

Auxílio-Transporte

Vereadores aprovam a destinação de R$ 40 mil para o transporte de universitários

O recurso irá beneficiar aproximadamente 120 alunos que diariamente se deslocam até Sorriso, em busca de ensino superior.

14 de Agosto de 2019 as 16h37

MP Da Liberdade Econômica

Câmara aprova texto-base da MP da liberdade econômica com regras para trabalho ao domingo

Governo diz que proposta visa reduzir burocracia e dar mais segurança jurídica a atividades econômicas. Deputados analisarão destaques nesta quarta; depois, texto seguirá para o Senado.

14 de Agosto de 2019 as 15h53

Reforma Da Previdência

Senado deve concluir votação da reforma da Previdência em 2 de outubro

Previsão é que proposta passe na CCJ no dia 4 de setembro.

13 de Agosto de 2019 as 21h44

Conselho De Controle De Atividades Financeiras

Governo deve editar medida provisória para criar novo Coaf

Objetivo é transformar o órgão na Unidade de Inteligência Financeira, vinculada ao Banco Central. MPs têm força de lei assim que publicadas, mas precisam ser aprovadas pelo Congresso.

13 de Agosto de 2019 as 21h40

Proteção De Dados

Implantação da lei de proteção de dados preocupa deputados

Adaptação de empresas é um obstáculo, dizem especialistas.

13 de Agosto de 2019 as 21h34

Reforma Da Previdência

CCJ do Senado começa a discutir reforma da Previdência esta semana

Relator pretende incluir emendas em PEC paralela

13 de Agosto de 2019 as 19h57

Partido Do Presidente

PSL decide expulsar deputado Alexandre Frota

Parlamentar, eleito com 155 mil votos, tem criticado publicamente o governo do presidente Jair Bolsonaro. Frota se absteve no segundo turno da votação da reforma da Previdência.

13 de Agosto de 2019 as 16h47

Infraestrutura

Presidente libera trechos duplicados de rodovia no Rio Grande do Sul

Os primeiros 47 km duplicados estão distribuídos em três trechos entre Porto Alegre e Pelotas e vai beneficiar diretamente 12 municípios gaúchos.

13 de Agosto de 2019 as 15h35

Movimento Político

MBL marca data de implantação em Sinop e Kim Kataguiri mobiliza simpatizantes

O MBL é uma organização não governamental que defende o liberalismo político e que foi fundado em novembro de 2014, quando começou a crescer nas redes sociais.

12 de Agosto de 2019 as 15h31

Infraestrutura

Proposta de deputado por MT destinando até 30% do FCO para ferrovias aguarda relator na Câmara

A matéria aguarda designação de relator e, se aprovada, será analisada por uma comissão especial e depois votada em dois turnos no plenário.

12 de Agosto de 2019 as 15h20

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO