5G será até 100 vezes mais rápido para suportar cidades inteligentes

Nova geração de redes móveis deve chegar ao consumidor após 2020, com a proposta de entrar na Internet das Coisas.

13/04/2016 - 07:16:08

   

A principal diferença do 5G não será o aumento da velocidade. A quinta geração de redes móveis terá como foco principal a entrada efetiva na era da Internet das Coisas, permitindo que cidades se tornem inteligentes com a ajuda de informações de novos dispositivos conectados, como lâmpadas, carros e até geladeiras.

Prevista para ser ofertada comercialmente após 2020, a internet 5G no Brasil ainda está em fase de pesquisa e definição de padrões como a frequência a ser utilizada.

De acordo com Marcelo Zuffo, professor do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da USP, a principal diferença do 5G é a possibilidade de gerenciar melhor o espectro. "Hoje, já no 4G você tem uma eficiência espectral absurda. Mas o 5G quer puxar isso pra cima", afirma.

Durante testes, o 5G chegou a registrar 20 Gb/s, mas deverá trabalhar com velocidades em torno de 100 Mb/s quando chegar ao usuário final. A velocidade é equivalente a uma conexão de fibra ótica. "A demanda por banda não vai ser somente por comunicação entre humanos, mas também entre máquinas", explica Zuffo.

Redes de baixo consumo

Apesar das velocidades alcançadas chamarem atenção, o objetivo não é oferecer somente uma conexão mais rápida. "O grande desafio está em desenvolver redes de baixo consumo", explica Eduardo Neger, presidente do conselho e diretor de Relações Institucionais da Abranet (Associação Brasileira de Internet). Com a expansão da Internet das Coisas, haverá mais dispositivos conectados, "mas não necessariamente aqueles que consomem muita parte da banda".

Segundo Neger, estes aparelhos não suportam uma conexão por conta do alto consumo que a rede 5G teria e dos padrões atuais de baterias. "São dispositivos que se forem conectados aos protocolos que temos hoje, tem problemas relacionados ao consumo de energia", explica.

Para Edvaldo Santos, diretor de inovação da Ericsson na América Latina, o 5G tem características que as gerações anteriores não conseguem entregar. "Em termos de velocidade, o usuário médio terá um aumento de 10 a 100 vezes em relação ao 4G".

Em parceria com instituições como USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e UFC (Universidade Federal do Ceará), a Ericsson realiza pesquisas sobre o 5G no Brasil. A empresa deve oferecer o 5G para universidades e indústrias realizarem testes no segundo semestre de 2016.

MT Agora - IG

Mais Noticias

Dicas

Está procrastinando? Apps te ajudam a fugir das tentações da internet

Mal-estar

Quanto mais tempo no smartphone, mais chances de divórcio

Apagar não lidas

WhatsApp deve permitir apagar mensagens já enviadas que não foram lidas

Tecnologia Móvel

Publicidade estraga o celular e consome mais bateria? Veja o que é verdade

05/01/2017 -

Loja de apps da Apple gerou US$ 20 bilhões para desenvolvedores em 2016

Receita é 40% ao que App Store enviou a criadores em 2015.

05/01/2017 -

Ford, Toyota e outras montadoras se unem por sistema multimídia

Consórcio quer desenvolver código aberto para carros. Ideia é rivalizar com as principais empresas da área: Apple e Google.

27/12/2016 -

Designer de Sinop participa do desenvolvimento da primeira prótese facial humana com o auxílio de impressão 3D

O molde foi criado através de fotografias registradas por smartphone e convertidas em 3D a partir de fotogrametria online.

20/12/2016 -

Hackers aceitam desafio e propõem ideias inovadoras em 54 horas

Desenvolvedores são desafiados a propor soluções inovadoras para três importantes áreas da sociedade: saúde, educação e segurança pública; O grupo que apresentar a melhor proposta será premiado na noite deste domingo

03/12/2016 -

Crise reduz número de assinantes de TV paga

O número de assinantes começou a cair já no início do ano passado. Em 2015, o setor perdeu 3,1% de sua base de clientes.

16/11/2016 -

Aplicativo para pedir comida e entregar na porta de sua casa

O cliente escolhe o prato, a quantidade de alimento, a hora da entrega (pode-se pedir com antecedência), os acompanhamentos, tendo todas as informações sobre os pratos – com preços bem visíveis e acessíveis – e o pagamento pode ser em cartão ou dinheiro.

25/10/2016 -

WhatsApp ganha chamadas em vídeo no Android

Versão beta do serviço de bate-papo traz nova função. Com nova função, app passa a competir com Messenger, Skype e Duo.

17/10/2016 -

Jovem registra BO após ter Facebook invadido e ser apontada como garota de programa em Lucas

O caso foi registrado na Polícia Militar de Lucas do Rio Verde, deve ser investigado.

06/10/2016 -

Como um menino de 12 anos acumulou uma dívida de 100 mil euros com o Google

Ele criou seu canal e começou a subir alguns vídeos. Para tentar faturar um dinheirinho, quis ativar o serviço AdSense, que paga por publicidade exibida nos uploads.

26/09/2016 -

Falsa promoção do Carrefour no WhatsApp infecta mais de 8 mi de brasileiros

Caso você tenha caído no golpe, é recomendado desinstalar o app malicioso, baixar um antivírus e fazer uma varredura no aparelho.

26/09/2016 -

WhatsApp libera citação de amigos em grupos; função ativa notificação

A pessoa receberá uma notificação no celular indicando que recebeu uma nova mensagem no grupo, mesmo que ele esteja silenciado.

26/09/2016 -

Aparelho promete criar bolha de privacidade e reduzir ruídos do ambiente

O Muzo se conecta nos smartphones através de Bluetooth 4.0 e possui bateria recarregável através de cabo microUSB com duração estimada de até 20h de uso

17/08/2016 -

Ford prevê carros sem volante e pedais nas ruas em 2021

Ford e Baidu fazem investimento de US$ 150 milhões na Velodyne. Empresa vai acelerar o desenvolvimento de sensores a laser.

17/08/2016 -

Aplicativo gratuito mede velocidade da internet móvel

O programa permite que o consumidor acompanhe a quantidade de dados que gasta e a qualidade do serviço em todo o país.

27/07/2016 -

O que os criminosos online esperam que você revele sobre sua identidade

Facebook e Twitter são os novos locais preferidos onde os criminosos escolhem suas vítimas.