Tecnologia

A nova guerra da Netflix e a mudança na publicidade e mídia

A HBO e a Netflix não estão loucas. Elas tomaram uma decisão de negócios baseada em números.

21 de Agosto de 2018 as 16h 17min

"Não são horas por semana, não são horas ao mês. Nós (da HBO) precisamos de horas ao dia. Você está competindo com dispositivos que ficam nas mãos das pessoas e ganham suas atenções a cada quinze minutos". Esta é parte de um depoimento recente do executivo que lidera a HBO, John Stanley, que evidencia como eles querem deixar de ser conhecidos pelas suas grandes produções e entrar no dia dia do consumo de conteúdo.

O novo local de guerra da mídia: streaming de consumo recorrente
Pode parecer mais uma declaração de um canal, como tantas outras, mas me parece ser bastante simbólica, principalmente ao relatar sobre este novo cenário, que é ensaiado há anos. Ao que tudo indica, agora, o modelo Netflix não será a exceção, mas a regra.

Em 2018, a Netflix resolveu fazer um lançamento de filme ou série próprio por semana. Esse movimento é, claramente, uma preparação para receber, em 2019, o ataque do streaming da Disney e também da Amazon, Hulu, HBO Go, etc. E a estratégia é ter um grande acervo, não necessariamente de grande qualidade, para manter a liderança desse mercado.

Quantidade versus qualidade
Não existe milagre. Quando aumentamos a quantidade, a qualidade diminui. Antigamente, quando víamos uma série com o selo "uma produção original Netflix", sabíamos que seria algo relevante. Porém, isso se perdeu. A HBO mantinha este conceito e parecia que iria usar isso na guerra pelo mercado de streaming. Mas, agora, com essa declaração, tudo indica que eles vão seguir o mesmo caminho da Netflix. Vão lutar no mesmo terreno do principal player.

Nos negócios funciona assim: o líder dita as regras. Sabemos que o streaming é o futuro e, então, é natural todos seguirem o modelo Netflix. Mas esse posicionamento é realmente bom?

Negócios de mídia são uma mistura de grandes números com relevância
A HBO e a Netflix não estão loucas. Elas tomaram uma decisão de negócios baseada em números. E, de fato, parece que, nesse caso, a estratégia surte efeito. Porém, no médio prazo, uma mídia só sobrevive se casar números de acesso à relevância e credibilidade.

Parece que o segredo é ter movimentos em direção à quantidade e depois à relevância. E será que eles vão conseguir isso? Só o tempo dirá. Mas, mais importante do que prever em que vai dar essa estratégia um tanto ousada, é saber do impacto disso para o marketing e comportamento do consumidor.

O impacto no marketing do novo cenário de streaming
O fato é que as principais plataformas de streaming, o que já podemos arriscar a dizer que será o padrão em breve, estão, ao mesmo tempo, inundando seus usuários de opções de entretenimento digital, como também deixando uma lacuna para produções de maior qualidade e relevância.

Abaixo, preparei um resumo dos impactos na indústria da mídia e na vida dos consumidores, assim como suas consequências e oportunidades que surgem para as marcas.

Mudanças no consumo
A TV tradicional terá de fazer as iniciativas de streaming deslancharem. Hoje em dia, dificilmente, existe algum canal de TV tradicional que ainda não possua algum aplicativo para vídeos on demand. Porém, em 2019, essas plataformas terão de funcionar pra valer, uma vez que até lá, teremos uma enxurrada de opções no novo formato e, provavelmente, uma queda abrupta no consumo tradicional.

Por sua vez, a audiência também terá um desafio no sentido de selecionar o que quer, de fato, consumir, já que a oferta de conteúdos vai ser desenfreada.

Para as marcas, além da possibilidade de produzirem seus conteúdos, poderão fazer sua própria curadoria para também navegar nesse mundo de conteúdos.

Oportunidade para as marcas
A TV tradicional, por sua vez, terá que criar conteúdos com maior calma e profundidade. Uma marca, até por conhecer melhor seu nicho, não precisa lançar conteúdos novos toda semana. Mas, mesmo por isso, precisará de produções mais assertivas.

Mas o universo se expande. Trabalhar com vídeos em formatos curtos também é um oceano azul onde as produtoras de conteúdo tendem a ampliar sua atuação, abrindo espaço para as marcas. Enquanto as grandes produções se tornam filmes de uma hora e meia ou séries com episódios de 40 minutos, o consumo casual de vídeos de sete minutos ou menos fica por conta dos YouTubers e Instagrammers, que possuem um público mais fácil de competir, para gerar conteúdo diferenciado. Para exemplificar, eu recorreria à micro-série Homem de Verdade, produzida para o Instagram, com quinze episódios de um minuto.

Além disso, sabemos que as marcas podem exercer seu importante papel de curadoria, como citamos acima. Para navegar nesse mar de conteúdos, terá mais chances de êxito quem conseguir direcionar o melhor conteúdo para o público certo. Muito em breve, teremos diferentes profissionais com experiência em analisar filmes sendo contratados por grandes marcas.

* Diego Monteiro é diretor da Smarty Talks, produtora especializada em micro movies e produção de filmes de ficção e documentários para celular. Em 2009, cofundou o software de monitoramento de redes sociais Scup. É o autor do livro "Monitoramento e métricas de mídias sociais".


Fonte: Diego Monteiro

COMENTARIOS

Mais de Tecnologia

Internet Móvel

5G já é realidade nos EUA e na Coreia do Sul: quando chegará ao Brasil?

Nesta semana, países tiveram o lançamento dos primeiros serviços comerciais da tecnologia — mas a maior parte do mundo ainda está na fase de testes, como o Brasil.

08 de Abril de 2019 as 23h17

Dados Expostos

Dados de 540 milhões de usuários do Facebook ficam expostos

Entre as informações vazadas estavam curtidas, comentários, fotos, músicas, informações sobre amigos, eventos e reservas de voos e hotéis dos usuários

04 de Abril de 2019 as 09h33

eSports Brasil

Prêmio eSports Brasil marca o reconhecimento do mercado de games no Brasil

O evento coroou diferentes times e jogadores nacionais na categoria virtual, e também mostrou toda a força que este mercado tem no país

25 de Março de 2019 as 20h59

Propaganda

Procon notifica Empiricus por propaganda de Bettina

A moça disse que nunca falou que transformou 1520 reais em 1 milhão

20 de Março de 2019 as 13h16

Nas Redes Sociais

Apenas 2 deputados de MT estão entre 100 parlamentares mais influentes

No ranking geral, a maior nota foi da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP)

18 de Março de 2019 as 09h46

Tecnologia

Brasil lança nova estrutura de telecomunicações na Antártida

Presidente Jair Bolsonaro comandou sessão de videoconferência na inauguração do sistema.

12 de Março de 2019 as 19h37

Integração De Redes Sociais

Zuckerberg confirma integração de Whatsapp, Messenger e Instagram Direct

Primeira medida será permitir que os contatos de um app sejam acessíveis nos demais. Mas isso ainda não tem data para começar a valer.

06 de Março de 2019 as 21h34

Site Instável

Facebook tem problemas e fica instável nesta sexta-feira

Problema foi sentido por alguns usuários no Brasil e nos Estados Unidos. Site de detecção DownDetector confirmou problemas na plataforma.

22 de Fevereiro de 2019 as 22h42

InDeal

InDeal Consultoria em Mercados Digitais se manifesta através de nota de esclarecimento

A InDeal investe na capacitação de consultores para que todas as dúvidas sejam sanadas e os clientes satisfeitos.

22 de Fevereiro de 2019 as 08h16

Denúncia

Pedófilos usam YouTube para trocar informações sobre vídeos de crianças

Plataforma diz que está tomando ''medidas agressivas'' para conter o problema. Empresas como Disney e McDonald's retiraram anúncios de vídeos após divulgação de polêmica.

22 de Fevereiro de 2019 as 03h25

Ladrão de senhas

Criminosos brasileiros usam software espião de celular para roubar contas bancárias

Ladrão de senhas dá a criminosos a possibilidade de ver a tela do celular na vítima e controlar o aparelho pela internet. Software estava escondido em falsa atualização do WhatsApp.

22 de Fevereiro de 2019 as 02h22

Lançamento

Com preço salgado e seis câmeras, Samsung lança celular dobrável

Aparelho tem duas telas, uma na parte da frente e uma na dobra. Galaxy Fold foi anunciado por US$ 1.980.

22 de Fevereiro de 2019 as 02h11

Lançamento

''Buraco'' na tela, 5G, celular carregador e modo Instagram: Samsung lança os novos Galaxy S10

Nova aparelhos topo de linha da Samsung trazem novidades em relação aos anos anteriores, com mais conectividade e funções.

20 de Fevereiro de 2019 as 20h47

Vendas De Dados No Submundo Da Web

Sites confirmam invasões após dados de milhões de usuários serem vendidos por hackers

Publicação encontrou pacote à venda na web.

16 de Fevereiro de 2019 as 15h32

Atualização Do WhatsApp

Atualização do WhatsApp que limita encaminhamentos de mensagens começa a ser distribuída

Nova versão chega também com novas opções para fotos no aplicativo.

24 de Janeiro de 2019 as 00h46

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você concorda com a decisão do TRE que cassou o mandato da senadora Selma Arruda?

Sim

Não

Parcial
veja +

COTAÇÃO