Tecnologia

Como o WhatsApp ganha dinheiro?

Recentemente o WhatsApp lançou a versão “Business”, que tem como foco ajudar empreendedores a melhorar a comunicação com clientes

Fonte:Assessoria
22 de Agosto de 2018 as 13h 47min

Em uma busca rápida no Google, ao digitarmos as palavras “como o WhatsApp”, logo aparecem diversas opções para completar a frase, entre elas, nos primeiros resultados, a sequência “ganha dinheiro”. Uma das maiores dúvidas dos brasileiros, portanto, é: “como o WhatsApp gera capital?”.

O grande fator de curiosidade de quem pesquisa tem explicação, já que atualmente o mensageiro mais utilizado no país é disponibilizado de forma gratuita nas lojas de aplicativos Apple Store (iOS) e Google Play (Android). Faria sentido, se compararmos com outros aplicativos que utilizam modelo de negócio parecido ao WhatsApp, que o app de mensagem permitisse a veiculação de propagandas no software, mas não é o que acontece.

Inicialmente, logo que chegou ao Brasil, para utilizar o aplicativo era necessário que o usuário pagasse uma pequena taxa anual, mas depois de um tempo ele se tornou totalmente gratuito. Em 2014, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, havia dito que o app estava no caminho para “conectar 1 bilhão de pessoas”. De acordo com dados divulgados recentemente, o mensageiro atingiu a marca de 1,5 bilhão de usuários, com um total de 60 bilhões de mensagens enviadas diariamente.

Como, então, é possível receber mensagens de familiares nos grupos do aplicativo alertando sobre os mais diversos assuntos, desde os impactos do uso de agrotóxicos até como se condicionar a uma rotina mais saudável, já que não há mensalidade ou propagandas? A resposta é simples: o WhatsApp não gera receita, pelo contrário, ele dá prejuízo.

Desde que o Facebook adquiriu o aplicativo de mensagens, em 2014, diversos estudiosos do campo da tecnologia questionam o modelo de negócio da empresa e tentam mirar nas estratégias futuras para a companhia gerar receita. Em entrevista à BBC, o professor de Marketing da Fundação Getúlio Vargas, Leandro Guissoni, ressalta a barreira que o app encontrou para sua expansão quando cobrava tarifa — abolida em 2016. “Isso era um obstáculo para o aumento do número de usuários, porque era preciso pagar com cartão de crédito, e muita gente não tem”.

Quando Mark Zuckerberg adquiriu o mensageiro sabia dos déficits que teria como retorno; sua preocupação, no entanto, não era das maiores, já que o Facebook tinha capital suficiente para sustentar o modelo de negócio do aplicativo de mensagens.

Analistas projetam que o Facebook esteja estudando aos poucos maneiras efetivas de ganhar dinheiro com o WhatsApp, mas sem abrir mão da filosofia do aplicativo verde e desagradar bruscamente os usuários.

O mensageiro, no entanto, acaba servindo como contribuição para o Facebook, já que capta informações do comportamento do usuário e auxilia na personalização de propagandas que a rede social de Zuckerberg divulga. Essa função, no entanto, levantou debates sobre a privacidade dos usuários e as restrições tecnológicas que o programa de mensagens deveria ter no acesso a determinados dados. O governo britânico, inclusive, abriu investigações sobre uma eventual violação das leis de privacidade.

Recentemente o WhatsApp lançou a versão “Business”, que tem como foco ajudar empreendedores a melhorar a comunicação com clientes; a novidade, no entanto, é paga e uma maneira de gerar receita. As propagandas, porém, ainda não chegaram. “Sem anúncios! Sem jogos! Sem truques!”, foi o que escreveu Brian Acton, co-fundador do mensageiro, para dar o norte de como seria o plano de negócio de um dos aplicativos mais famosos da história. 


COMENTARIOS

Mais de Tecnologia

Tipografia

Tipografia - Qual a sua importância em projetos web?

É a tipografia que auxilia designers, publicitários e demais profissionais da comunicação a escolherem quais fontes são as ideais para um outdoor, as páginas de uma revista ou a embalagem de um produto.

11 de Dezembro de 2019 as 14h18

Governo

Portal Gov.br reúne serviços em um só local

Cerca de 1,6 mil sites do Executivo serão migrados para a nova plataforma e mais de mil serviços serão digitalizados até 2020

30 de Agosto de 2019 as 12h42

Novo Escândalo

Facebook empregou pessoas para transcrever áudios de usuários

Caso foi revelado pela Bloomberg e coloca o Facebook ao lado de Apple, Microsoft e Google, que já tinham admitido que também faziam transcrição de gravações.

13 de Agosto de 2019 as 20h49

Cartão De Crédito Virtual

Apple começa a emitir cartão de crédito para usuários selecionados

Iniciativa é parte da estratégia da empresa de focar em serviços. No segundo trimestre do ano, a empresa anunciou que tem 420 milhões de assinantes.

06 de Agosto de 2019 as 12h01

Mudança

Instagram deixa de mostrar número de curtidas das postagens

Mudança põe tema entre os mais discutidos na internet

17 de Julho de 2019 as 22h58

Liberdade De Expressão

ONU e organismos internacionais defendem liberdade de expressão online

Parlamentos e empresas de modo a assegurar esse exercício.

14 de Julho de 2019 as 23h51

Ranking

Qualidade de vida digital: conheça os países mais conectados do mundo

Conheça lugares que atraem pessoas do mundo todo com inovação, serviços online e um estilo de vida digital. Brasil está no final do ranking, em 50º lugar de 68 países.

14 de Julho de 2019 as 22h59

Tecnologia x Privacidade

Google admite que humanos escutam gravações do assistente de voz e defende prática

Empresa disse que 0,2% de áudios são ouvidos por especialistas em linguagem para ajudar a desenvolver tecnologia de reconhecimento de voz.

12 de Julho de 2019 as 19h31

Inovação

BRF digitaliza fábrica e passa a usar smartphones em controle de qualidade

O app utilizado pelos funcionários registra dados como diâmetro e temperatura das pizzas na linha de produção.

11 de Julho de 2019 as 07h27

Segurança

Instagram anuncia novos recursos para combater o bullying

Usuários poderão restringir mensagens maldosas sem que o autor sabia disso. Outra ferramenta dará um alerta a pessoa que escrever postagem ofensiva.

08 de Julho de 2019 as 21h25

Levantamento

Mais de 60% dos jovens usam celular para pagamentos, indica pesquisa

De acordo com o levantamento, 64% dos jovens realizam frequentemente ou ocasionalmente pagamentos por meio de aplicativos, enquanto 57% fazem essas operações em navegadores móveis.

06 de Julho de 2019 as 22h21

Proteção De Dados

Gigantes da tecnologia tentam dar mais privacidade a usuários, mas esbarram no próprio modelo de negócio

Pressionados, Google e Facebook fazem promessas sobre o tema, mas dados de usuários ainda são 'moeda' importante no setor, dizem analistas.

04 de Julho de 2019 as 21h23

Instabilidade

WhatsApp tem instabilidade e não baixa áudio ou faz download de imagens

Mensageiro apresenta problemas para baixar áudios e imagens no aplicativo para Android e iPhone (iOS), além da versão web; Instagram e Facebook também estão com falhas

03 de Julho de 2019 as 11h50

Dados

Banda larga cresce 5,5% nos últimos 12 meses

Os dados foram divulgados hoje (24) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), considerando as conexões registradas em maio.

24 de Junho de 2019 as 23h22

Invesigação

Congresso dos EUA vai investigar Facebook, Google, Microsoft e Apple

Objetivo é avaliar se empresas promoem práticas anticompetitivas

16 de Junho de 2019 as 16h17

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO