É só digitar o nome: site expõe endereço, telefone e e-mail de brasileiros

A página diz que os dados são repassados por operadoras e que sua atividade serve como uma lista telefônica, se baseando na Lei Geral de Telecomunicações

07/06/2017 - 06:15:43

   

Um site tem causado revolta de internautas brasileiros por expor dados pessoais sem autorização. A página "Telefone.Ninja" permite que se encontre dados de praticamente qualquer pessoa por meio de uma simples busca pelo nome.

O UOL Tecnologia testou o site e se deparou com a exposição de números de telefones (fixo ou celular), endereço residencial e e-mail (pessoal ou de trabalho) -- alguns eram dados antigos. Até o endereço de trabalho foi mostrado em um dos testes.

A página diz que os dados são repassados por operadoras e que sua atividade serve como uma lista telefônica, se baseando na Lei Geral de Telecomunicações e em duas resoluções da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). O UOL Tecnologia entrou em contato com a agência e aguarda resposta sobre a atividade do site.

Bloqueio dos dados
Segundo o site, é possível bloquear seu nome do site. Para isso, basta fazer uma busca pelo seu nome e, no fim da página, clicar em "solicitar pedido de privacidade e não exibição dos dados desta página".

Logo acima dessa opção, há a mensagem de que "os dados dessa página foram extraídos a partir de listas telefônicas públicas".

Mas a exclusão do nome na página pode não ser definitiva. Mesmo após você optar para que seus dados não sejam exibidos, o site diz que atualizações enviadas pelas operadoras podem fazer com que as informações pessoais voltem a aparecer.

Página informa endereço, telefones e e-mail de brasileiros
O site só garante que os dados sumam caso o usuário entre em contato com sua operadora de telecomunicações e peça a não divulgação de seus dados telefônicos.

Vírus?
Nesta terça, a Veja Rio divulgou o que seria um alerta emitido pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) contra o site. Sem muitos detalhes, citava a possibilidade "de roubar dados dos usuários e espalhar vírus associando seu IP de acesso aos dados pesquisados". O UOL Tecnologia entrou em contato com a polícia civil do Rio, que não sabia sobre o alerta e iria verificar a informação.

A empresa de segurança Kaspersky analisou a página a pedido do UOL e não viu ameaça na página.

"Analisamos o conteúdo do site e não vimos nenhum código malicioso sendo disseminado pelo site, nem pishing nem malware. A página tem os campos de busca, propaganda e o resultado das buscas. No link para remover dados também não há download de nada malicioso. É claro que a análise é deste momento, isso pode mudar", afirmou Fábio Assolini, analista da empresa.

Hospedagem fora dificulta tirar site do ar
A análise da Kaspersky revelou ainda que tanto o site quanto a suposta página para entrar em contato com os responsáveis pelo seu conteúdo estão hospedados em Budapeste, na Hungria. O servidor da página ainda conta com outros sites que oferecem serviço semelhante, provavelmente todos do mesmo dono. Pode ser uma estratégia para evitar que o site seja tirado do ar pela Justiça.

"Geralmente esse tipo de conteúdo não é hospedado no Brasil porque advogados poderiam pedir à Justiça para que ele fosse tirado do ar. Hospedando lá fora é mais fácil manter. Para tirar do ar teria que ser feito 'abuse report' para o site que está hospedado e na camaradagem solicitar que remova do ar. O dono do site geralmente vai para outro servidor", explica Assolini.

Assim, é muito difícil que uma ação na Justiça consiga derrubar o site. Segundo especialistas em direito digital, o site é ilegal se estiver vazando dados sigilosos. Um bom jeito de ver se seus dados estão públicas na internet é fazer buscas no Google por seu nome e telefone ou endereço.

Quem quiser tirar seu nome do site pode clicar na ferramenta e, se não for atendido, pode entrar na Justiça. O Ministério Público também pode entrar com ação para descobrir se os dados são públicos.

O Telefone.Ninja não é o primeiro site do tipo que aparece no Brasil e causa polêmica ao expor dados pessoais de qualquer pessoa. Em 2015, dados que seriam públicos como nome e CPF também foram expostos no site "Tudo sobre Todos" -- que continua no ar. O site pede pagamento para mostrar as informações.

A Justiça chegou a pedir a retirada do site do ar no Brasil -- ou seja, não poderia ser acessado no país, mas continuaria hospedado na Suécia.

Em maio do mesmo ano, o site Nomes Brasil --que também divulgava nome, número de CPF e a situação dos consumidores perante a Secretaria da Receita Federal foi alvo de polêmicas pois seria alimentados com dados vazados da Receita. Neste caso, o site foi retirado do ar após notificação do Ministério da Justiça.

Analistas criticam o país por não ter leis específicas para a proteção de dados – há projetos tramitando no Congresso, mas parados.

Fonte: https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/06/06/site-expoe-endereco-telefone-e-e-mail-de-brasileiros-em-busca-na-internet.htm

MT Agora - UOL

Mais Noticias

Inteligência Artificial

Facebook cria inteligência artificial que ''abre'' olhos de quem piscar em fotos

Redes Sociais

Facebook lança programa de parcerias entre produtores de vídeo e anunciantes

Redes Sociais

Caminhoneiros organizam movimento grevista em MT usando as redes sociais, diz representante

Escândalo Do Facebook

Na Câmara dos EUA, Zuckerberg nega que Facebook venda dados e diz estar aberto a regulamentação

09/04/2018 -

''Não fizemos o suficiente'', dirá Zuckerberg a deputados dos EUA sobre escândalo de dados

''Não basta conectar pessoas, temos que garantir que essas conexões sejam positivas'', afirmará o CEO da rede social na quarta, antes de responder a perguntas dos deputados.

08/03/2018 -

Pedidos de bloqueio de celular por roubo ou extravio já somam 9,5 milhões

As operadoras receberam, em fevereiro, 122 mil novos pedidos de bloqueio do acesso de aparelhos

05/03/2018 -

Mais de 96% dos mato-grossenses têm acesso à internet pelo celular, diz IBGE

Maioria utiliza a internet para trocar mensagens de texto, de voz, imagens e vídeos por aplicativos de celular. Dados da PNAD foram divulgados nesta segunda-feira.

02/02/2018 -

Número de assinantes de TV por assinatura cai 5% em 2017

Em dezembro houve uma redução de 0,7% em relação a novembro de 2017, com menos 125,7 mil assinantes.

25/01/2018 -

WhatsApp Business começa a funcionar no Brasil

O aplicativo especial permite a criação de um perfil empresarial com informações sobre o negócio.

05/01/2018 -

Pela primeira vez, vício em games é considerado distúrbio mental pela OMS

Comportamento viciado em videogame, sem controle de frequência e intensidade, pode representar um problema de saúde mental.

15/12/2017 -

Cell Store é inaugurada com linhas da Apple e JBL em Lucas

Linha de Produtos da Apple e JBL estão sendo oferecidos em uma estrutura inovadora.

09/12/2017 -

MT tem mais de um celular por habitante; jornalista com 15 aparelhos cita hobby

São quatro milhões de aparelhos em todo o estado. O índice corresponde a 20% da média na região Centro-Oeste.

27/11/2017 -

Estão usando sua Netflix de graça? saiba o que fazer

Descubra em alguns passos simples se alguma pessoa esteja usando sua conta Netflix

20/11/2017 -

iPhone X começa a ser vendido em 8 de dezembro no Brasil

Aparelho é a edição comemorativa de 10 anos da linha de smartphones da Apple.

20/11/2017 -

Apple inicia venda de versão ''desconectada'' do relógio inteligente Watch Series 3 no Brasil

Principal novidade da terceira geração do aparelho é acessar a internet sem precisar de um iPhone; modelos 'limitados' custam a partir de R$ 2,6 mil.

16/11/2017 -

Moto Z ganha acessório da Polaroid que imprime fotos

Gadget pode colocar no papel imagens tiradas pela câmera do aparelho ou de Facebook, Instagram e Google Photos.

16/11/2017 -

Como homem que vivia com ajuda do governo fundou o WhatApp e virou multimilionário do Vale do Silício

Imigrante da Ucrânia, Jan Koum tinha uma renda familiar baixa e precisou de subsídios do governo americano para sobreviver; hoje, faz parte da direção do Facebook, que comprou sua empresa, e tem uma fortuna estimada em R$ 31,7 bilhões.

13/11/2017 -

China e Taiwan desenvolvem satélite para prever terremotos

Tremores geram anomalias eletromagnéticas antes de ocorrer e podem ser antecipados. Cooperação é considerada marco.

17/10/2017 -

WhatsApp vai ganhar compartilhamento de localização em tempo real

Usuários poderão enviar posição atual e determinar por quanto tempo sua movimentação poderá ser vista. Novidade chega para aparelhos Android e iOS nas próximas semanas.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora